WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘ibge’

Polêmica: Vitória da Conquista não está localizada no Sudoeste da Bahia

Por Wal Cordeiro

 Estamos realizando uma campanha para transformar Conquista em Região Metropolitana, será a segunda RM do Estado do Bahia. Temos recebido muitas adesões ao movimento. Sobre os benefícios que virão para a cidade e região são muitos, principalmente em relação à destinação de verbas federais para o município e cidades integrantes ao projeto e a diminuição no preço das tarifas cobradas pelas operadoras de telefonia, gás de cozinha e transporte urbano, que passa de intermunicipal para local.

Fomos procurados, recentemente, por Sílvio (formado em geografia pela UESB), o mesmo fez uma reclamação interessante em relação à localização geográfica do município conquistense. Segundo ele, a cidade não está localizada no sudoeste baiano e sim no sudeste do Estado. Fizemos questão de averiguar o mapa da Bahia e de fato detectamos que a reclamação é pertinente, e merece uma discussão mais apropriada pelos acadêmicos conquistenses. Entretanto está lançada uma boa polêmica para que as autoridades competentes possam corrigir o problema junto ao IBGE e Governo do Estado.

Veja abaixo mapa ilustrativo sobre a polêmica.

IBGE: Conquista ultrapassa 300 mil habitantes

Em julho de 2009, O IBGE – Instituto Brasileiro de Estatística apresentava dados estimados de população de 318 mil habitantes para a cidade de Vitória da Conquista. Na atualização desta 2ª feira (29), o IBGE mostra população de 306.374 habitantes com a seguinte distribuição:

Mulheres / 158.697
Homens / 147.677
Zona Urbana / 274.805
Zona Rural / 31.569 habitantes

A cidade de Vitória da Conquista consolida posição de 3ª maior cidade do Estado da Bahia, superada apenas por Salvador / 2.676,606 habitantes e Feira de Santana / 556.756 habitantes. A prefeitura entrou na justiça, contra o IBGE,  solicitando inclusão dos habitantes de alguns povoados que foram retirados do território conquistense. A estimativa supera um pouco mais de  15 mil habitantes. Blog da Resenha

Homem de 73 anos é preso por tráfico de drogas no Sudoeste baiano

Correio

Eliezer Matos é acusado de plantar maconha em sua propriedade e transportar 5kg da droga por semana.

Foi preso em flagrante por tráfico de drogas na madrugada deste sábado (18) no distrito de Entupição, município de Urandi, no sudoeste do estado, Eliezer Matos, de 73 anos. Ele é acusado de plantar maconha em sua propriedade e transportar 5kg da droga por semana em um carro carregado de lenha. A maconha era repassada para os revendedores em Guanambi, onde era vendida. Eliezer já respondia por receptação ilegal de mercadorias e veículos. Ele está preso na delegacia de Guanambi.

IBGE divulga nesta quinta lista de classificados para 192 mil vagas

do A Tarde

Serão divulgados aprovados e procedimentos necessários para contratação

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgará nesta quinta-feira (1) a lista dos classificados no processo seletivo simplificado para a função de recenseador do Censo Demográfico 2010.
Todas as informações estarão disponíveis no site www.cesgranrio.org.br, desde a lista dos aprovados até os procedimentos necessários para a contratação ser efetuada.
:: LEIA MAIS »

Vendas do comércio registram em abril maior queda desde 2000, diz IBGE

da Folha

As vendas no comércio no país recuaram 3% em abril na comparação com o mês anterior, apresentando a maior queda nesse confronto em toda a série histórica, iniciada em 2000, segundo os dados divulgados nesta quarta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Em relação a abril de 2009, houve alta de 9,1%. No acumulado dos últimos 12 meses até abril, as vendas cresceram 8,2% e, no primeiro quadrimestre de 2010, 11,8%.

A receita nominal de vendas no comércio teve expansão de 0,3% em abril, na comparação com o mês anterior. Em relação a abril de 2009, aumentou 13,2%. :: LEIA MAIS »

Economia cresce 9% no 1º tri e tem expansão anual recorde, diz IBGE

da Folha

Em ritmo mais forte de expansão após a crise, a economia brasileira cresceu 2,7% no primeiro trimestre ante os três meses imediatamente anteriores, registrando o maior aumento nesse comparativo desde a expansão contabilizada no primeiro trimestre de 2004 (2,8%).

Já ante igual período no ano anterior, o incremento foi de 9,0%, apresentando o maior crescimento nesse confronto em toda a série histórica, iniciada em 1996, segundo os dados divulgados nesta terça-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). :: LEIA MAIS »

Capixabas representa o maior índice de evangélicos do país diz IBGE

Dados do IBGE do início dos anos 2000 já apontavam o Espírito Santo entre os Estados com maior índice de evangélicos no Brasil. A presença de símbolos religiosos como o Convento da Penha influenciam a representação católica em Vila Velha. Mas a fé também se faz crescer no número de evangélicos
Em Vila Velha, os números são ainda mais relevantes entre os jovens. Hoje, em média, um em cada três vila-velhenses com menos de 30 anos é evangélico, com destaque para membros da Assembleia de Deus, Maranata e Batista.
Já os católicos são 50% nessa faixa etária. Menos de 10% se declarou sem vínculo com religião e aproximadamente 5% seguem outras religiões, como espiritismo e umbanda.
Assim como em todas as faixas etárias, entre os jovens, o percentual de evangélicos também tem crescido mais rápido que os de católicos. Em 1991, os protestantes representavam pouco mais de 9% da população canela-verde, saltando para 16% em 2000 e para os atuais 30%, aproximadamente.
:: LEIA MAIS »

Cesgranrio libera gabarito do IBGE

do A Tarde

A Fundação Cesgranrio divulgou nesta segunda-feira o gabarito da prova para recenseador do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O exame foi aplicado no dia 30 de junho. A seleção, que oferece 191.972 vagas temporárias em todo o País, atraiu mais de 1 milhão de candidatos. A Bahia foi o Estado com o terceiro maior volume de inscrições (110.394), perdendo apenas para Minas Gerais (110.956) e São Paulo (158.776). O IBGE vai contratar 14.449 recenseadores na Bahia.

Baixe o gabarito (pedf)

Desemprego registra menor taxa para abril em oito anos, diz IBGE

da Folha

A taxa de desemprego média no Brasil em abril foi de 7,3%, desacelerando frente aos 7,6% registrados em março, segundo dados divulgados nesta quinta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Esse é o menor resultado para o mês de abril dentro da série histórica, iniciada em março de 2002.

Na comparação com abril de 2009, houve um decréscimo de 1,6 ponto percentual — havia ficado em 8,9%.

A renda média do trabalhador ficou praticamente estável, com variação de 0,1% em abril ante março e de 2,3% no confronto com o mesmo mês no ano passado, registrando R$ 1.424,10. :: LEIA MAIS »

Proporção de pobres cai para 23% no Brasil

O percentual de pobres caiu de maneira sustentável no Brasil entre 2004 e 2008 e, mesmo com a crise financeira internacional, o movimento provavelmente não foi interrompido em 2009, de acordo com a economista Sonia Rocha, do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade.
Ela apresentou na sexta-feira, no 22º Fórum Nacional, um estudo com base em dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, do IBGE, que mostra que a proporção de pobres no país caiu de 33,2% para 22,9% no período pesquisado.
O movimento contribuiu para a redução da desigualdade, mas teve impactos diferentes nas regiões brasileiras. No Sudeste, por exemplo, a queda no número de pobres foi de 35%, enquanto no Nordeste esse percentual foi de 27%.
A economista explica que o Sudeste, particularmente São Paulo, beneficiou-se mais do crescimento da renda no período, pois o principal fator que motivou isso foi a melhoria do mercado de trabalho e o aumento do salário mínimo.
Ela destaca que esse era um fato esperado, pois os grandes centros tendem a se beneficiar mais rápido do crescimento econômico, mas que contribui para aumentar a desigualdade entre regiões.
O trabalho mostra também que as famílias mais pobres foram as mais beneficiadas pelo crescimento.
No caso apenas desse grupo, o peso das transferências de renda no orçamento total familiar aumentou de 10% para 18%, o que mostra que programas como o Bolsa Família ou o Benefício de Prestação Continuada tiveram papel importante na redução da pobreza.
:: LEIA MAIS »

IBGE divulga Pesquisa de Informações Básicas Municipais

Da Agência Brasil

Rio de Janeiro – O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga hoje (21), às 10h, no Rio, o Suplemento de Assistência Social da Pesquisa de Informações Básicas Municipais (Munic 2009).

Realizada em convênio com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), a pesquisa faz um diagnóstico da política de assistência social nos 5.565 municípios brasileiros, com informações sobre legislação, recursos humanos, serviços oferecidos, entre outras.

O lançamento terá a presença da ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Márcia Lopes, e da diretora de Pesquisa do IBGE, Wasmália Bivar. :: LEIA MAIS »

Aumenta número de prefeitos com nível superior

A Pesquisa de Informações Básicas Municipais 2009 (Munic 2009) apontou uma série de mudanças significativas nas 1.565 prefeituras pesquisadas. Uma das constatações feitas pelo estudo, que já existe há dez anos, foi o aumento do número de prefeitos com nível superior. Em 2005, esse número chegava a 43,8%, e em 2009 passou para 47,5%, considerando também aqueles com pós-graduação.

Além disso, de acordo com o levantamento divulgado hoje (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o índice de prefeitos com ensino fundamental incompleto diminuiu nesse período, passando de 8,9% para 6,3%.

Sobre a gestão da administração pública, foi notado também que de 2008 para 2009, o contingente de servidores municipais cresceu 9,7% e chegou a 5,7 milhões de pessoas. Na área de inclusão digital, os números mostram que 87% prefeituras implementaram políticas de inclusão digital e 60% tinham página na internet. Em 56,1% dos municípios havia incentivos fiscais para atrair empreendimentos. :: LEIA MAIS »

Número de funcionários municipais no Brasil cresce 9,7% em um ano

do Estadão

As prefeituras brasileiras tiveram um aumento de 9,7% de funcionários públicos em 2009, em comparação com 2008. Segundo o Perfil dos Municípios Brasileiros 2009 (Munic), feito pelo IBGE, as 5.565 prefeituras brasileiras empregavam mais de 5 milhões de funcionários públicos em 2009, ou seja, cerca de 3% da população total do País.

Este é o maior crescimento registrado pela pesquisa Munic, desde 2005, quando houve o aumento de funcionários em 5,4% em relação a 2004. A pesquisa faz um raio-x da situação dos municípios e aponta que entre os empregados públicos municipais, 62,2% do total eram estatuários – ou seja, que seguem o estatuto do servidor. Cresceu também a participação dos funcionários sem vínculo permanente, de 15,4% para 16,8%. Mais da metade das prefeituras (53,3%) realizou concursos públicos no período de 2 anos que antecederam a pesquisa.

Em 84,4% dos editais desses concursos eram previstas vagas para portadores de necessidades especiais e 87,6% dos municípios desenvolviam políticas de inclusão digital – por outro lado, apenas 60% das municipalidades tinham página hospedada na internet.

A pesquisa também constatou que, em 2009, 60% das municipalidades tinham página na internet, 87,6% desenvolviam políticas de inclusão digital e 56,1% das cidades possuíam incentivos fiscais, destinados a atrair investimentos e empresas para seus territórios.

Menos de 10% dos municípios têm delegacia da mulher, diz IBGE

Carolina Farias, do R7, no Rio

Passados 25 anos da criação da primeira delegacia da mulher, em São Paulo, somente 7,1% dos 5.565 municípios do Brasil têm essas unidades especializadas. A informação é da Pesquisa de Informações Básica Municipais, a Munic, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgada nesta quinta-feira (13).

A pesquisa, com dados de 2009, foi feita dez anos depois de sua primeira edição, em 1999, e coletou informações a partir de questionários respondidos pelas prefeituras. Além de temas ligados à administração, habitação, esporte, cultura, segurança, transporte e meio ambiente, foram incluídos três novos enfoques no questionário: direitos humanos, saúde, e políticas de gênero dos municípios brasileiros.

Os resultados mostram que apenas 18,7% dos municípios brasileiros têm organismos voltados para as mulheres. O país tem 512 municípios (9,2%) com prefeitas mulheres, das quais 62,7% tinham, em 2009, curso superior. Entre os prefeitos homens, menos da metade (45,9%) tem formação universitária.

O país tem atualmente 262 municípios com casas-abrigo voltadas a mulheres vítimas de violência, 559 com centros de referência de atendimento à mulher, 469 com núcleos especializados de atendimento à mulher das Defensorias Públicas e 274 com Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher. :: LEIA MAIS »

Vendas do comércio têm maior alta desde 2001, aponta IBGE

CIRILO JUNIOR
da Sucursal da Folha do Rio

As vendas no comércio no país cresceram 15,7% em março em relação ao mesmo período no ano passado, que teve o desempenho afetado pelo agravamento da crise econômica mundial, registrando a maior elevação nesse confronto desde o início da série histórica, em 2001.

Segundo os dados divulgados nesta quarta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), também houve alta (1,6%) na comparação com o mês anterior. Em fevereiro, o acréscimo havia sido de 1,8% ante janeiro, de acordo com o dado revisado.

No acumulado do primeiro trimestre, houve expansão de 12,8% nas vendas e, nos últimos 12 meses, ampliação de 8,0%.

As vendas no comércio varejista ampliado –que inclui ainda o desempenho de veículos e motos, partes e peças e material de construção apenas no varejo– registraram alta de 5,0% em março, frente a fevereiro. Na comparação com março de 2009, houve alta de 22,0%.

:: LEIA MAIS »

Indústria registra maior avanço para um trimestre desde 1991, diz IBGE

CIRILO JUNIOR

A indústria começou o ano com o pé no acelerador, com recorde de produção para um trimestre e crescimento generalizado entre os setores. De janeiro a março, houve avanço de 18,1% em relação a igual período em 2009. Nessa comparação, trata-se do mais significativo avanço para um período acumulado de três meses, desde o início da série histórica, em 1991, da PIM (Pesquisa Industrial Mensal), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O avanço de 19,7% observado no mês de março, também em relação a período correspondente no ano anterior, foi o maior registrado desde abril de 1991. Os bons resultados são corroborados pelo fato de a indústria ter praticamente zerado as perdas geradas com a crise econômica.

A produção industrial, ante os números de setembro de 2008 –mês que marcou o agravamento da turbulência– registra variação negativa de apenas 0,1%, e já se aproxima do patamar recorde verificado pouco antes da crise.

Para o responsável pela PIM, André Macedo, o resultado de março, que registrou ainda avanço de 2,8% ante fevereiro, mostra uma expansão mais disseminada da indústria, ainda liderada pelos setores ligados ao mercado interno.

:: LEIA MAIS »

Inscrições para trabalhar no censo 2010 acabam neste domingo

As inscrições para trabalhar no censo de 2010, organizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) acabam hoje (04) às 23h59 (hora de Brasília). Os interessados podem fazer a inscrição na internet no site da Fundação Cesgranrio (www.cesgranrio.org.br) onde está o edital do processo seletivo. O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 18,00, pode ser feito até a próxima terça-feira (6).

Serão oferecidas 191.972 vagas temporárias de nível fundamental para todos os municípios brasileiros. Os aprovados no processo seletivo passarão por um treinamento que tem caráter eliminatório. Os recenseadores serão pagos por produtividade, a remuneração média poderá ficar entre R$ 800 e R$ 1,6 mil. Informações são da Agência Brasil.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia