WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2020
D S T Q Q S S
« nov    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: ‘homicidios’

SP cai do 5.º para o 25.º mais violento e é exemplo de contenção de mortes

Lisandra Paraguassú, Ligia Formenti e Rafael Moraes Moura – O Estado de S.Paulo

BRASÍLIA – Com a maior queda entre as 27 unidades da federação, o Estado de São Paulo é um dos exemplos da contenção da violência mostrado pelo Mapa da Violência/2011 divulgado na manhã desta quinta-feira, 24, pelo Instituto Sangari e o Ministério da Justiça. A taxa, entre 1998 e 2008, caiu de 39,7 para 14,9 homicídios por 100 mil habitantes – o Estado, que ocupava o 5º lugar entre os mais violentos, caiu para a 25º posição, perdendo apenas para Santa Catarina e Piauí.

O que São Paulo, a começar pela capital, ainda não consegue controlar são as mortes de jovens (15 a 24 anos) no trânsito. Entre as 27 capitais, São Paulo é a metrópole onde morrem mais jovens na comparação com a população em geral: 68% a mais.

A principal característica do modelo adotado pelo Estado é a continuidade da política de segurança pública. Os investimentos no Estado mais rico do País começaram ainda no final da década de 90 e foram contínuos, tanto em equipamentos e treinamento para a polícia quanto em políticas de prevenção, como o desarmamento. Desde 2000 a violência homicida em São Paulo vem caindo, mas em 2008 chegou ao seu nível mais baixo, atingindo a 25ª posição.

:: LEIA MAIS »

Bahia já tem sete mil assassinatos sem solução desde 2007

A Tarde

Denis Batista mostra foto do filho, assassinado, 30 de outubro, em Camaçari: inquérito parado

A Bahia tem sete mil homicídios que estão há mais de três anos sem solução, e é o quarto Estado, entre os 20 pesquisados, no número de inquéritos policiais abertos até dezembro de 2007 e até hoje não concluídos. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 17 pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), e é o resultado preliminar de uma pesquisa nacional sobre a investigação de homicídios. É a partir da conclusão do inquérito policial, que deve identificar o autor do crime, que o Ministério Público pode denunciar o caso à Justiça para que haja a punição.

Os inquéritos encontrados em aberto pelo levantamento deverão ser finalizados até julho de 2011, segundo a meta fixada pela Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), formada por uma parceria entre o CNMP, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Ministério da Justiça. A Enasp pretende fazer um diagnóstico nacional sobre a investigação de homicídios, revelar as dificuldades e propor políticas públicas públicas para o setor.

:: LEIA MAIS »

Operação policial prende 20 pessoas por tráfico e homicídios em Itabuna

do A Tarde

Vinte pessoas foram presas – dez delas em flagrante -, acusadas de tráfico de drogas, associação ao tráfico e homicídios, em uma operação policial realizada nesta quinta-feira, 12, em Itabuna, a 429 km de Salvador. Cerca de 130 policiais civis e militares cumpriram 33 mandados de busca e apreensão, e 36 de prisão nos bairros da periferia do município. A operação batizada de Saneamento teve como objetivo combater a criminalidade em 18 bairros considerados os mais perigosos do município.

Durante a ação, foram apreendidas duas armas, uma calibre 38 e uma pistola .40, com a numeração raspada; R$ 5 mil; e um carro. A polícia suspeita que a pistola seja de uso policial. Entre os presos estão Cidmar Soares, conhecido como Bolota, suspeito de tráfico de drogas; um homem identificado apenas como Ariel, líder do tráfico no bairro; Maria Pinheiro; e um assaltante conhecido como Grilo, suspeito de cometer assaltos em bairros do subúrbio. :: LEIA MAIS »

Salvador registra 97 assassinatos durante greve da Polícia Civil

George Brito l A TARDE

Durante a greve dos policiais civis, iniciada no dia 19 de maio e concluída na quarta-feira, 9, foram registrados pelo menos 97 homicídios em Salvador, cujas investigações ficaram paradas. O fato agrava ainda mais o quadro de ineficiência da polícia baiana no tangente à solução de crimes contra a vida. Dados do Centro de Documentação e Estatística Policial (Cedep) mostram que, em 2009, dos 1.733 assassinatos ocorridos na capital, apenas 14,6% (254) foram elucidados (quando é identificado o autor do crime).

Questionado, o delegado-chefe da Polícia Civil, Joselito Bispo, estranhou os números e disse que mandaria refazer o levantamento das estatísticas porque “algumas unidades se atrasaram em enviá-lo”. E garantiu que em 2009 o índice de assassinatos solucionados foi de 18,9%. “E ainda não terminamos o levantamento por conta do atraso. Agora, estamos com maior suporte, com os presos saindo das delegacias, e vamos ter uma maior efetividade”, argumentou Bispo.

Feriado de Corpus Christi teve 4 homicídios em Vitória da Conquista

da TV Sudoeste/Blog do Anderson

Quatro pessoas foram assassinadas e um rapaz ficou ferido, em Vitória da Conquista. A violência vem deixando a população com medo e preocupados. Os crimes podem ter relação com o tráfico de drogas.

Quatro homicídios e dois acidentes fatais no fim de semana de Teixeira de Freitas

A primeira vítima foi Elenilson Rocha de Castro, o “Orelhinha”, 22 anos, que residia no Distrito de Santo Antonio, município de Teixeira de Freitas. Orelhinha foi morto por três jovens, todos usuários de droga. A vítima estava em sua residência na madrugada de sábado (29) quando foi convidado pelos três jovens para o consumo de drogas. A emboscada teve a participação de Paulo César Bispo, o Paulinho, e de dois menores. Todos faziam o consumo de drogas na região conhecida como URURUCUM, quando Paulinho desferiu um golpe em Orelhinha, que tentou fugir e foi seguro pelos menores. Paulinho terminou o homicídio com 22 facadas na região torácica e abdominal de Orelhinha.
Compareceu no local para os exames peri-necroscópicos, o perito criminal Bruno Melo e o auxiliar de necropsia José Francisco.

Pouco tempo depois os criminosos foram encontrados pela Polícia Militar de Santo Antonio e entregues à Policia Civil de Teixeira de Freitas. Paulinho foi autuado em flagrante por homicídio e os menores serão apresentados ao Juiz da Vara da Infância e Juventude e deverão cumprir medidas sócio-educativas.

A segunda vítima de homicídio foi Marcos Roberto Almeida Dutra, 30 anos de idade, residente na URBIS I, em Teixeira de Freitas. Marcos foi agredido no bairro Colina Verde por indivíduos desconhecidos e socorrido ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HTMF). Mas devido aos ferimentos não sobreviveu. Marcos morreu por traumatismo cranioencefálico provocado por instrumento contundente. :: LEIA MAIS »

Doze assassinatos em Feira de Santana no último fim de semana

Glauco Wanderley | Sucursal Feira de Santana

Em apenas nove dias de maio, Feira de Santana registrou 22 homicídios. A média superou duas mortes por dia após o último fim de semana, quando foram registradas 12 mortes. Várias delas tiveram características de execução.

Em apenas um caso, de crime passional, o autor foi apontado por testemunhas. A vítima foi Jaqueline dos Santos Coutinho, 29 anos. Segundo o irmão dela, José dos Santos, o ex-marido, Jeferson Pinto Azevedo, já entrou atirando na casa onde ela estava abrigada com os seis filhos após se separar dele.

Antes, o casal morava na cidade vizinha, Conceição do Jacuípe. A mulher tinha se mudado para Feira de Santana a convite de familiares, em busca de proteção, pois o homem não aceitava a separação. Nos outros homicídios registrados em Feira no último final de semana, a maioria foi morta a tiros. Uma das vítimas foi atingida na cabeça por uma pedra.

O ano de 2009 terminou com 366 homicídios em Feira de Santana. Foi o maior número já registrado na história da cidade. Mas a média de uma morte por dia está sendo superada em 2010, que já tem 156 assassinatos em 129 dias. “O número de policiais civis é praticamente o mesmo de 20 anos atrás”, revela o delegado Matheus Souza, titular da 1ª Delegacia. :: LEIA MAIS »

FINAL DE SEMANA SANGRENTO EM ITABUNA

São 68 homicídios de janeiro a maio

  Município enfrenta violência crescente (Foto Google).

 Itabuna registrou seis homicídios em menos de 48 horas, em mais um final de semana sangrento. A violência não deu trégua, apesar do Dia das Mães. A polícia contabiliza quatro execuções somente no domingo. De 1º de janeiro a 9 de maio, são 68 homicídios, pelo menos. A maioria, segundo a polícia, tem ligações com o tráfico de drogas.

 As primeiras mortes foram registradas na feira livre do Conceição, às 2h10min da madrugada de sábado. Janaína Santos Lins, 27, estava morta quando a polícia chegou ao local. Valter Nascimento Lima Neto, o Bisqui, ainda respirava. Levado ao Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem), não resistiu. Os dois tinham ligações com o tráfico de drogas.

 O primeiro assassinato deste domingo ocorreu no bairro São Caetano, na rua Floresta. Wesley Costa Santos levou vários tiros e ainda recebeu atendimento de equipe do Samu 192, porém, não resistiu. Um trio executou Alex Andrade Santos, 32 anos, no Parque Boa Vista. O bando invadiu uma casa para dar fim à vítima.

  :: LEIA MAIS »

Feira de Santana bate recorde com registro de 40 homicídios em abril

Redação CORREIO

Feira de Santana, a 108 quilômetros de Salvador, registrou 40 homicídios em abril, um recorde se comparado com as mesmas ocorrências registradas no mesmo mês dos últimos cinco anos. Com o assassinato do cabeleireiro Josecley de Oliveira Aragão, 25 anos, na noite de sexta- feira, a segunda maior cidade do estado alcançou a média de 1,3 morte por dia ligada a crimes. Josecley Aragão morava na rua Vila da Prata, no bairro Santo Antônio dos Prazeres, onde o homicídio aconteceu.

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). Abril foi o mês de maior índice de homicídios este ano em Feira de Santana. As estatísticas superaram as do mesmo período de 2009 quando aconteceram 29 assassinatos. Em 2008, o número foi bem menor: 17 homicídios. Em 2007 e 2006, o número de crimes chegou a 22 em cada ano.

Segundo o site Acorda Cidade, de Feira de Santana (www.acordacidade. com.br), todas as vítimas eram homens. Em 2010, o número de mortes violentas no município já chega a 148. Dos 40 assassinados de abril, quatro envolveram ex-presidiários ou sentenciados que cumpriam pena. :: LEIA MAIS »

BAHIA QUASE DOBROU HOMÍCIDIOS EM CINCO ANOS

Um levantamento atualizado pelo Instituto Sangari apurou as médias de assassinatos em todo o Brasil e indicou que a situação da Bahia é a mais alarmante do país. Segundo a pesquisa, de 2002 a 2007, o estado sofreu um aumento de violência de quase o dobro. Se no começo da contagem havia uma média de 13 assassinatos para cada grupo de 100 mil pessoas em todo o território baiano, cinco anos depois esta média saltou para 25,7 mortes para cada 100 mil moradores, um salto de 97,7%. O único estado a chegar perto da Bahia foi o Rio Grande do Norte, que teve um aumento de 82% nos assassinatos. Já o Nordeste ficou 32,4% mais violento no mesmo período. Os dados fazem parte da pesquisa “Mapa da Violência”, coordenado por Julio Jacobo Waiselfisz, e deverão ser encarados com seriedade pelos postulantes ao Governo do Estado este ano, uma vez que a escalada de violência não pode ser atribuída a este ou aquele governo. Em 2002, data do início da pesquisa, a Bahia era governada pelo então pefelista César Borges, que transferiu o posto para Paulo Souto. Em 2007, O petista Jaques Wagner assumiu o governo. Do Bahia Noticias

Epidemia de violência se espalha pelo litoral sul de Porto Seguro

Nos últimos dois meses ocorreram mais homicídio no Arraial d’Ajuda do que a quantidade registrada em todo o ano passado ”

PORTO SEGURO – Entre janeiro e início de abril ocorreram 11 homicídios no Arraial d’Ajuda, o distrito mais charmoso de Porto Seguro. Nos últimos dias, uma mulher foi morta após ter sido estuprada, no distrito de Caraíva, e esta semana o corpo de um homem foi encontrado carbonizado, em Trancoso.

Em cerca de 60 dias, o número de homicídios ocorridos no litoral sul de Porto Seguro já ultrapassaram a quantidade registrada em todo o ano passado.

Moradores, comerciantes e turistas estão amedrontados com o avanço da criminalidade na região. Segundo o jornal A Tarde, as praças São Brás e do Artesanato, localizadas no centro do Arraial d’Ajuda, “ganharam o indesejável apelido de Faixa de Gaza” numa referência à região de guerra milenar entre judeus e palestinos no Oriente Médio.

Bahia Dia Dia

Porto Seguro: Cinco homicídios em menos de 48 horas

Os assassinatos ocorreram nos distritos de Arraial d’Ajuda e Trancoso e nos bairros Baianão e Paraguai
Apartamento da filha do presidente Lula é invadido por ladrões em Florianópolis

PORTO SEGURO – Os índices de homicídios em Porto Seguro continuam crescendo de maneira incontrolável. Nas últimas 48 horas cinco pessoas foram assassinadas no município.

Na praça do bairro Santiago, no Arraial d’Ajuda, o menor J.C.D, 17 anos, foi executado com três tiros na noite de ontem. Ainda no litoral sul, um corpo totalmente carbonizado foi encontrado em Trancoso. No bairro Paraguai, um homem ainda não identificado foi morto a pauladas. Na estrada que liga a mesmo bairro ao Mundaí, na orla norte da cidade, um assaltante que acabara de roubar o caminhão da Coca-Cola na Praça do Gravatá, na região do Baianão, tombou em confronto com a polícia. :: LEIA MAIS »

Centel registra 8 homicídios nas últimas 24 horas em Salvador e RMS

Nas últimas 24 horas, a Central de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Centel) registrou oito homicídios em Salvador e Região Metropolitana. Em São Caetano, um jovem de 21 anos foi morto às 2h59 deste sábado (27). Rogério de Assis Souza foi atingido por disparos por arma de fogo e não resistiu.

Em Camaçari, Eliomar Moreira de Souza, 23, morreu vítima de estrangulamento. Em Fazenda Grande, um homicídio foi provocado por arma branca, e na Ribeira, um homem, não identificado, foi morto por conta de uma pancada na cabeça. As outras ocorrências – provocadas por arma de fogo – aconteceram em Pirajá, Camaçari, Engenho Velho de Brotas e Fazenda Grande IV.

A Tarde

Salvador: Polícia registra seis homicídios durante a madrugada na capital

A Central de Telecomunicações das Polícias Militar e Civil (Centel) registrou seis homicídios durante esta madrugada de domingo (21) em Salvador e região metropolitana. Segundo os policiais, todas as vítimas foram mortas a tiros.

Por volta de 22h30, o jovem de 19 anos Felipe de Assis dos Santos Damasceno foi morto no Alto de Santa Terezinha. Mais tarde, um outro crime foi registrado envolvendo um adolescente, dessa vez de 18 anos, no Engenho Velho de Brotas. Alan de Jesus Teles também foi morto a tiros no bairro.

Já em Castelo Branco, a polícia registrou um duplo-homicídio. Maria de Gilourdes, 40 anos, e J.V, 14 anos, foram mortos no bairro. A polícia da região deverá investigar p crime, que aconteceu por volta de 00h30. Na Boca do Rio, Christiano de Jesus Rodrigues da Silva, 34 anos, foi morto por volta de 4h da manhã. :: LEIA MAIS »

MPF investiga policiais rodoviários por ação em Vitória da Conquista

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou inquérito para investigar a participação de três policiais rodoviários federais na operação que resultou na morte de 14 pessoas e no desaparecimento de outras três. A ação ocorreu em represália à morte do soldado PM Marcelo Márcio Silva Lima, 32 anos, no dia 28 de janeiro, em Vitória da Conquista (a 509 da capital).

Os três policiais rodoviários são considerados suspeitos porque realizaram diligências em dois bairros da cidade, em conjunto com a Polícia Militar, na noite em que ocorreu o assassinato do soldado e a maior parte dos 14 homicídios. O inspetor Jorge Chagas, chefe da delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) local, disse que os subordinados “agiram dentro da legalidade e não participaram de atos criminosos”. :: LEIA MAIS »

Serial killer da Grande BH é pintor e pai de cinco filhos, diz polícia

O Globo

BELO HORIZONTE – A polícia de Minas Gerais informou que o homem preso nesta quarta-feira é mesmo o acusado de ter estuprado e matado cinco mulheres na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Testes de DNA confirmaram a autoria dos crimes. Ele foi identificado como Marcos Antunes Trigueiro, de 32 anos, um pintor de 1,86m, olhos esverdeados. Ele se casou por três vezes e é pai de cinco filhos. Chegou a ser preso por furto, mas fugiu da cadeia e é considerado foragido.

 A policia chegou até Trigueiro rastreando o celular de cinco mulheres mortas. Quatro aparelhos estavam com o suspeito e um com a mulher dele, que também foi presa. Segundo a polícia, exames confirmaram que o DNA confere com o material genético encontrado no corpo das vítimas. Trigueiro passou a noite isolado em uma cela do Departamento de Investigações, no bairro Lagoinha, na capital. Ele foi preso no bairro Lindéia, próximo à região onde moravam as mulheres assassinadas, e está baleado no abdômen. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia