WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


agosto 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘greve’

Sindicato nacional decide pelo fim da greve nas universidades federais

 

G1 SP

O Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino (Andes) informou em nota neste domingo (16) que a greve nacional das universidades federais deve ser encerrada nesta semana.

Segundo a nota, a decisão do sindicato de encaminhar a suspensão unificada da greve nacional às instituições de ensino foi tomada “após a após criteriosa avaliação do quadro das assembleias gerais”. A suspensão será comunicada às instituições entre a segunda (17) e a sexta (21).

O comando nacional de greve foi encerrado neste domingo, diz a nota. “Foram estabelecidas várias ações para a continuidade da mobilização da categoria no enfrentamento dos ataques à educação pública federal que estão materializados no PL 4368/12”, complementa o sindicato.

A greve foi deflagrada no dia 17 de maio e chegou a ter a adesão de 57 das 59 universidades federais do país. Até a semana passada, perto de completar quatro meses, ainda contava com a adesão de 13 instituições, segundo o Ministério da Educação.

As universidades que continuam em greve terão de seguir a decisão do sindicato nacional.

O MEC quer a reposição completa do período em greve. Cada instituição terá autonomia para montar o calendário de reposição, porém, as aulas devem prosseguir até o ano de 2013.

As universidades federais começaram a planejar o calendário de reposição das aulas. Nos casos mais extremos, o calendário letivo de 2012 só vai terminar em abril do ano que vem.

Continuidade da Greve na UESB é aprovada por unanimidade

image
Os docentes vão realizar uma vigília na Reitoria na noite de segunda para terça (30 para 31)

Movimento Docente vem mantendo disposição para o dialogo e negociação

Demonstrando força no movimento, os professores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) rechaçaram as propostas apresentadas pelo governo na última quarta, 25, por serem consideradas uma afronta ao Movimento Docente (MD) ao não apresentar avanço. Por este motivo, os professores da UESB decidiram, por unanimidade, na manhã desta sexta, 27, manter a greve mesmo diante da ameaça do governo em suspender as negociações caso a proposta não seja aceita ainda hoje.
Para os professores, o MD vem mantendo disposição para o dialogo e negociação enquanto o governo tem agido com má-fé ao apresentar uma proposta pela manhã e outra com modificações essencialmente semânticas à tarde. No entendimento da categoria, a iniciativa é uma prova de que o governo não está disposto a negociar, mas apenas impor a sua proposta para tentar vencer o movimento com a tática da enrolação. A assembleia reafirmou que o corte salarial não intimidará a continuidade do movimento paredista em defesa da Universidade Pública.
:: LEIA MAIS »

Liminar garante pagamento de salário dos professores da Uesb

A Associação dos Docentes da Uesb revelou que o Tribunal de Justiça concedeu limitar para que seja efetuado o pagamento do salário dos professores da instituição.

A iniciativa foi fruto de articulação dos advogados dos docentes junto ao órgão. Cabe, agora, o governo da Bahia, através da reitoria, efetuar o pagamento.

Vale lembrar que a greve dos docentes irá completar dois meses no próximo dia 05 de junho. Desde o dia 28 de abril que os professores estavam com salários cortados.

Professores e estudantes da Uesb vão às ruas de Conquista nesta quinta

ASCOM | ADUSB

Os professores da Universidade estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), em greve desde o dia 05 de abril e salários cortados desde o dia 28 de abril, realizarão

Adusb anuncia paralisação dos professores da Uesb no próximo dia 30

Ascom | Adusb

Na próxima quarta, 30 de março, os professores da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) vão paralisar as atividades. A categoria protestará contra o Decreto 12.583/11 que contingencia verbas do Estado e fere a autonomia das Universidades Estaduais e o desfecho dado pelo governo à Campanha Salarial 2010 ao impor uma cláusula de última hora para a assinatura do acordo.

Neste dia será realizado um Ato Público em frente à Governadoria às 9h e uma visita ao plenário das sessões da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), no período vespertino, para chamar a atenção dos deputados acerca das questões em pauta. A paralisação será endossada com a adesão dos estudantes ao movimento dos professores e por pautas específicas da categoria discente.

:: LEIA MAIS »

Adesão de eletricitários à greve na Coelba chega a 99%, afirma diretor do Sinergia em Conquista

Apenas serviços de emergência estão sendo executados.

Os eletricitários da Coelba entraram em greve hoje em todo o estado. De acordo com o diretor do Sinergia, Rafael Oliveira (foto), cerca de 99% dos funcionários em Vitória da Conquista estão com as atividades paralizadas. Na Bahia, a adesão alcança 95% da classe.

A categoria pede, entre outros itens, um plano de cargos e salários e melhoria no plano de saúde. A Coelba disse que está negociando a pauta com o sindicato desde outubro e que já ofereceu um aumento salarial de 6%. Ainda de acordo com a Coelba, os serviços estão sendo feitos normalmente. Já a Sinergia indica que apenas os serviços de emergência estão sendo realizados. Do Blog do Marcelo

Servidores do TRE paralisam 100% das atividades por dois dias

A TARDE On Line

Nesta segunda-feira, 12, e nesta terça-feira, 13, nenhum dos serviços do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) está sendo prestado à população em protesto pela aprovação do Plano de Cargos e Salários contemplado no PL 6613/09 que tramita na Comissão de Finanças da Câmara dos Deputados. Os serviços – que vinham sendo oferecidos por 30% dos servidores – só voltam a funcionar na próxima quarta-feira, 14, segundo informou a assessoria de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal na Bahia (Sindjufe).

De acordo com o Sindjufe, mais uma assembleia será realizada no dia 15, no auditório do TRE, no Centro Admnistrativo da Bahia (CAB), para decidir os rumos da paralisação, que já dura 65 dias. A categoria também é contra o Projeto de Lei Complementar (PLP) 549/09, que congela os investimentos no setor público por dez anos. O instrumento prevê que, neste prazo, não haverá aumento de salários, investimento na área de serviço público, assim como a interrupção dos concursos. :: LEIA MAIS »

Greve deixa pacientes sem cirurgias eletivas em Feira de Santana

Glauco Wanderley l Sucursal do A Tarde em Feira de Santana

Após um mês na fila esperando por uma cirurgia gratuita pelo SUS, a auxiliar de serviços gerais Valdelice Ramos Pereira entrou finalmente nesta quinta-feira, 8, na sala de cirurgia do hospital Casa de Saúde Santana. Mas, para isso, precisou pagar R$ 2 mil. Isso porque os anestesistas que atendem pelo SUS em Feira de Santana estão em greve há 32 dias e só atuam nos casos considerados de emergência, ou seja, quando há risco iminente de morte do paciente. Valdelice tem varizes e as veias estouraram.

“Ela passou um mês sofrendo enquanto a família tentava reunir o dinheiro”, conta a irmã Isabel Ramos, acompanhante no hospital. Com o movimento dos anestesistas, entre três e quatro mil cirurgias consideradas eletivas deixaram de ser feitas pelo SUS em Feira de Santana, de acordo com o secretário da Saúde, Rafael Cordeiro.

:: LEIA MAIS »

Greve leva TJ-BA a ampliar prazo de processos judiciais

Valmar Hupsel Filho l A TARDE

Iracema Chequer/Agência A TARDE

Para Saul Quadros, os advogados precisam de mais tempo para verificar os documentos

Para Saul Quadros, os advogados precisam de mais tempo para verificar os documentos

Depois de ficar 37 dias sem poder ter acesso a processos na Justiça em função da greve dos servidores do Judiciário, advogados conseguiram, com a presidência do Tribunal de Justiça da Bahia, mais tempo para estudar os documentos. Em vez de ter início a partir do último dia 16, como inicialmente estava estabelecido, a contagem dos prazos processuais foi adiada para a próxima segunda-feira, 21 de junho.

A determinação da presidente do TJ-BA, Telma Britto, atende a uma solicitação da Ordem dos Advogados do Brasil-Seção Bahia. “Havia um acúmulo de processos para o advogado ter vista. Era impossível cumprir os prazos”, observa o presidente da OAB-BA, Saul Quadros. Segundo ele, as consequências do não adiamento “seriam terríveis, muito prejudiciais ao trabalho do advogado”, ressaltou. :: LEIA MAIS »

Servidores da Saúde de Vitória da Conquista ameaçam parar caso não sejam iniciadas as negociações

da Ascom | Sindsaude

 Melhorias nas condições de trabalho estão entre as principais reinvindicações da classe

 Os servidores da ASAS (Associação de Apoio à Saúde Conquistense), estão em campanha salarial, porém, ainda não foram convocados pela prefeitura para dar início às reuniões de negociação. Por esse motivo, na última assembléia da categoria, que aconteceu sexta-feira, 11/06, na Câmara de Vereadores, foi votado e aprovado o indicativo de greve.

  :: LEIA MAIS »

Professores da rede municipal protestam na Câmara de Vitória da Conquista

Professores da rede municipal de Vitória da Conquista ocuparam a Câmara Municipal na manhã desta quarta-feira (16) onde realizaram protestos pelo resultado da quinta rodada de negociação entre a classe a prefeitura, que ocorreu na sexta-feira (11). De acordo o presidente do Sindicato do Magistério Municipal Público de Vitória da Conquista (SIMMP), Cezar Nolasco, os gestores não apresentarem uma nova proposta de reajuste e negaram todas as demais reivindicações contidas no termo de repactuação da categoria. Ao todo são 26 cláusulas, referentes às questões econômicas, administrativas e pedagógicas. “Em todas as mesas de negociação os professores se deparam com o mesmo discurso de que não há recurso suficiente. Na verdade, o que há é uma falta de compromisso dos gestores em projetar economicamente o que sustenta a educação de qualidade”, destacou o presidente, Cezar Nolasco. :: LEIA MAIS »

Professores estaduais marcam novas assembleias

 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia