WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘f1’

F1: Vettel recupera força da Red Bull e marca pole-position em Valência

JOÃO PAULO BORGONOVE/IG
de Pedreira, SP

Em uma classificação que não viu Mercedes e Force India disputando o Q3, Sebastian Vettel conquistou, neste sábado (26), a pole-position para o GP da Europa, que é disputado nas ruas de Valência, na Espanha. O alemão marcou 1min37s587 e ficou pouco mais de 0s1 à frente de seu companheiro de equipe, o australiano Mark Webber, mostrado que o novo duto frontal da equipe austríaca funcionou muito bem.
A terceira posição ficou com o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, vencedor das duas corridas anteriores. Pilotando em casa, Fernando Alonso apareceu em quarto, seguido por seu companheiro de Ferrari, o brasileiro Felipe Massa, o quinto.
Robert Kubica colocou a Renault na sexta posição, logo à frente da McLaren do inglês Jenson Button, atual campeão da categoria. A Williams conquistou as duas posições seguintes.
A equipe inglesa, que mostra um desempenho surpreendente, viu um empate entre seus pilotos. Tanto Rubens Barrichello como Nico Hulkenberg marcaram 1min38s428. Mas o alemão larga na frente, por ter completado a volta antes que Rubens, o nono.
:: LEIA MAIS »

F1: Hamilton e McLaren dominam treino livre ‘pela metade’ em Istambul

FELIPE PARANHOS/IG

Lewis Hamilton fez o melhor tempo do primeiro treino livre para o GP da Turquia, no circuito de Istambul, nesta sexta-feira (28). O inglês marcou 1min28s653, com uma considerável vantagem de 0s962 sobre o seu companheiro de McLaren, Jenson Button. A sessão só aconteceu, de fato, por 45 minutos: antes disso, somente alguns pilotos se aventuraram na pista, e estes faziam tempos bastante lentos.
O terceiro colocado foi Michael Schumacher, já mais de 1s atrás de Vettel. O veteraníssimo alemão superou por pouco mais de 0s1 o companheiro Nico Rosberg.
Logo que o cronômetro foi ligado, sete carros foram à pista. A rápida investida deu a impressão de que o primeiro treino do fim de semana seria agitado. Ilusão. O primeiro piloto a marcar uma volta cronometrada o fez apenas com 26 minutos passados de sessão: foi Sakon Yamamoto, reserva da Hispania, que substituiu Bruno Senna e marcou 1min38s785.
:: LEIA MAIS »

Webber conquista a pole em Mônaco; Massa larga em quarto

Do UOL Esporte
Em São Paulo

ALONSO VAI LARGAR EM ÚLTIMO

  • Claude Paris/APEspanhol bateu sua Ferrari na terceira sessão livre, teve que trocar de chassi e não fez classificação
  • AP Photo/Gero BreloerO personagem do treino foi o polonês Robert Kubica, que levou a Renault à primeira fila

O australiano Mark Webber cravou 1min13s826 no circuito de Monte Carlo e conquistou a sua terceira pole position do ano, a quarta de sua carreira. Vencedor da última corrida na Espanha, o piloto da Red Bull fez o melhor tempo do fim de semana e vai largar na frente na corrida que terá largada às 9 horas (de Brasília), com acompanhamento ao vivo do Placar UOL.

Sem Fernando Alonso, que teve que trocar o chassi devido a uma batida na sessão livre e vai largar dos boxes, Felipe Massa se manteve entre os mais rápidos durante toda a classificação, mas vai largar em quarto lugar. O brasileiro Rubens Barrichello sai na nona posição. :: LEIA MAIS »

Webber domina monótono GP da Espanha e vence pela 1ª vez em 2010

MARCUS LELLIS [@marcuslellis]
de Santos

A primavera europeia proporcionou um dia de sol em Barcelona neste domingo (9). Sem a chuva, responsável por quase todas as emoções da F1 em 2010, o GP da Espanha foi a prova mais previsível do ano até agora. Não houve surpresa: Mark Webber largou na pole-position no circuito da Catalunha, se manteve na ponta e garantiu sua primeira vitória na temporada, a segunda da Red Bull.
Apesar do triunfo do australiano, a imensa torcida espanhola que lotou as arquibancadas da pista catalã não saiu inteiramente decepcionada. Fernando Alonso terminou a corrida com a segunda colocação, graças ao infortúnio de Lewis Hamilton, que sofreu com um pneu furado faltando duas voltas para o fim.
O problema do inglês beneficiou todo mundo que estava atrás. Sebastian Vettel, que foi bastante irregular, conseguiu sair de Barcelona com um lugar no pódio. Michael Schumacher teve a sua melhor performance no ano, em quarto, seguido de Jenson Button, líder do campeonato.
Felipe Massa, Adrian Sutil, Robert Kubica, Rubens Barrichello – em uma marcante atuação após não passar do Q1 no treino de classificação – e Jaime Alguersuari completaram a zona de pontuação da corrida.
Lucas Di Grassi recebeu a bandeira quadriculada no 19º posto, o último entre todos que terminaram a etapa espanhola. Já Bruno Senna abandonou logo no início.

:: LEIA MAIS »

Mark Webber conquista a pole do GP da Espanha

Agência AFP

O australiano Mark Webber (Red Bull) ocupará no domingo a ‘pole position’ do Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1, a quinta etapa do Mundial, depois de ter feito a volta mais rápida no treino de classificação deste sábado no circuito de Barcelona.

Webber vai largar na frente na Espanha (Foto: Andreu Dalmau | Agência EFE)

O companheiro de equipe de Webber, o alemão Sebastian Vettel, será o segundo no grid de largada. O brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, vai largar em nono.

Webber superou o companheiro de equipe por um décimo de segundo no fim da terceira fase da classificação, dominada completamente pelos carros da Red Bull.

O britânico Lewis Hamilton, da McLaren, vai largar em terceiro. A volta mais rápida dele foi quase um segundo mais lenta que a de Webber.

O espanhol Fernando Alonso, companheiro de equipe de Massa, conseguiu a quarta posição. A terceira fila terá o britânico Jenson Button (McLaren) e o alemão Michael Schumacher (Mercedes).

Confira o grid de largada: :: LEIA MAIS »

F1: Dupla da McLaren fica na frente no primeiro treino em Barcelona

TATIANA CUNHA
Enviada especial a Barcelona

Lewis Hamilton e Jenson Button terminaram a primeira sessão de treinos livres para o GP da Espanha de F-1, nesta sexta-feira, nas duas primeiras posições. Hamilton cravou 1min21s134, 0s538 à frente de seu compatriota.

Michael Schumacher, que chegou a Barcelona com uma Mercedes praticamente nova, ficou com o terceiro melhor tempo, apenas 0s044 atrás de Button, que lidera o Mundial. O alemão ficou à frente de seu companheiro de time, Nico Rosberg, que teve a sexta melhor marca da sessão.

Herói local, Fernando Alonso ficou na oitava colocação. Seu companheiro de Ferrari, o brasileiro Felipe Massa, terminou o treino em 12º.

Os outros brasileiros também não impressionaram no treino da manhã no circuito catalão. Rubens Barrichello, da Williams, foi o 16º. Lucas di Grassi, da Virgin, conseguiu o 21º tempo e Bruno Senna, da Hispania, ficou em 23º.

Equipe Ferrari resgata motor do 1º GP da temporada

Após o que classificou de “uma rigorosa investigação”, a Ferrari decidiu que irá usar em Xangai, onde neste final de semana acontece o GP da China de F-1, os mesmos motores que substituiu no GP do Bahrein, etapa de abertura do Mundial.

Apesar da preocupação com a confiabilidade de seus propulsores gerada pelos abandonos de Fernando Alonso e da dupla da Sauber na última corrida, há dez dias, a escuderia de Maranello acredita que a situação esteja sob controle.

“Chegamos à conclusão que os problemas em Sakhir e em Sepang não são relacionados”, falou Luca Marmorini, chefe dos departamentos de motores e de eletrônica da Ferrari.

:: LEIA MAIS »

Dirigente diz que Ferrari decidiu renovar contrato de Felipe Massa

O chefe da Ferrari, Stefano Domenicali, afirmou que a escuderia italiana tem a intenção de renovar o contrato de Felipe Massa, que termina no fim deste ano. O dirigente não revelou a extensão do novo acordo, mas indicou que seria por mais de um ano.

A revista “Auto Hebdo”, da França, havia publicado que a Ferrari pretendia contratar Robert Kubica para o lugar de Massa para a próxima temporada. Os rumores aumentaram, pois o contrato do polonês com a Renault também acaba no final de 2010. :: LEIA MAIS »

Schumacher culpa problema mecânico por mais uma corrida sem brilho

O heptacampeão Michael Schumacher, da Mercedes, ainda não conseguiu uma atuação neste ano que lembrasse seus tempos de glória na F-1. O piloto alemão explicou que, no GP da Malásia, ele foi mal por conta de problemas mecânicos.

“Foi uma pena que eu não pude terminar a corrida, mas infelizmente perdi a porca da roda traseira esquerda. O carro de repente ficou muito instável na curva, mal pude dirigir e não tinha nenhuma unidade. Inicialmente eu pensei que fosse alguma coisa com a suspensão, mas depois que parei e olhei, e era evidente que foi uma porca faltando. É algo bem raro de acontecer e nos testes nunca tivemos problemas, então temos que ver isso”, falou Schumacher.

Vincent Thian/AP

Michael Schumacher conduz sua Mercedes na Malásia, etapa da F-1 disputada no último final de semana

Schumacher conduz sua Mercedes na Malásia, etapa disputada no último domingo

No entanto, apesar do insucesso de Schumacher ontem, seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, conseguiu o primeiro pódio para a equipe.

“Eu obviamente queria ter terminado a corrida, e eu acho que poderia ter ido razoavelmente bem. Mas no final, é uma corrida de motor, eu lembro disso muito bem. Não faz sentido ficar nervoso com isso, tem que aceitar como parte do jogo e seguir em frente. Pelo menos Nico pontuou e fez nosso primeiro pódio, e fico feliz por ele e pela equipe”, acrescentou. :: LEIA MAIS »

Massa não festeja liderança e vê dificuldades para se manter no topo

Pela primeira vez desde 2008, Felipe Massa terminou uma corrida como líder do Mundial de Pilotos. No GP da Malásia deste domingo, o feito veio após a superação de terminar em sétimo após largar em 21º, e da sorte de ver o companheiro Fernando Alonso ter problemas na última volta. Mas o brasileiro tentou não se iludir e alertou para o desempenho das concorrentes, como a Red Bull, que fez dobradinha na prova.

“Satisfeito, feliz da vida, não estou. É positivo pela posição que a gente largou, mas não é positivo pelo o que aconteceu ontem”, declarou Massa em entrevista depois da prova, lembrando que a sensação de liderar agora é bem diferente de 2008, até porque ainda faltam 16 corridas.

“Daquela vez quando eu liderei estava mais no final do campeonato, era um pouco melhor. Desta vez ainda está no começo, então não te dá um prazer imenso e sim o prazer de trabalhar a cada dia, já que as coisas mudam de um dia para outro na Fórmula 1. Ainda mais olhando as equipes boas e os pilotos bons que estão correndo”, avaliou.

:: LEIA MAIS »

F1: Hamilton termina o primeiro dia de treinos como o mais rápido na Malásia

O inglês Lewis Hamilton, da McLaren, fez a ‘dobradinha’ nos treinos livres desta sexta-feira para o GP da Malásia. Mais rápido da primeira sessão, baixou o tempo em 746 milésimos na segunda, fazendo a melhor volta em 1min34s175, à frente do alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, por 266 milésimos.
Ambos superaram Nico Rosberg, da Mercedes. Apelidado de ‘Rei das sextas-feiras’ por suas boas performances no primeiro dia de treinos livres dos GPs, o alemão marcou 1min34s444, à frente ainda do inglês Jenson Button, da McLaren, vencedor da última prova, na Austrália, e do seu companheiro de equipe e compatriota, o heptacampeão mundial Michael Schumacher, quinto do dia.

Ferrari de Fernando Alonso acelera na curva durante a sessão de  treinos livres do GP da Malásia - EFE

O brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, não foi bem e fez apenas o 15º tempo, com 1min36s602, sendo mais de dois segundos mais lento do que Hamilton e quase a um do seu companheiro de equipe, o espanhol Fernando Alonso, líder da temporada até agora e sétimo do dia.

Rubens Barrichello, da Williams, ficou logo atrás de Massa, em 16º. Já os outros brasileiros foram mal de novo. Lucas di Grassi, da Virgin, foi o 24º do dia. Bruno Senna teve a pior performance entre os 28 que participaram dos testes, sendo mais de sete segundos mais lento do que Hamilton. :: LEIA MAIS »

Fernando Alonso não afasta Schumacher da briga pelo título

Fernando Alonso, líder do campeonato e vencedor do GP do Bahrein, disse que é muito cedo para afastar Michael Schumacher e Nico Rosberg da luta pelo título apesar do começo ruim da Mercedes em 2010. A equipe alemã ainda não conseguiu um pódio e andou longe do ritmo dos três principais times. Mas o espanhol da Ferrari acha que eles ainda podem reagir.

‘ No momento, a Mercedes talvez não seja rápida o suficiente se comparada à RBR ou à Ferrari, mas ainda acho que ela, com Nico e Michael, poderá reagir em algum ponto do campeonato, talvez aqui, na China ou em Barcelona. O campeonato é muito longo, Schumacher sempre será um competidor. :: LEIA MAIS »

enson Button arrisca e vence o GP da Austrália

O britânico Jenson Button surpreendeu os favoritos e venceu o GP da Austrália, segunda prova do Mundial de Fórmula 1, disputada neste domingo, no circuito de Albert Park, em Melbourne. Campeão em 2009 com a Brawn GP, ele obteve sua segunda vitória seguida no país e a primeira como piloto da McLaren.

Button foi premiado pela ousadia: a corrida começou sob chuva, que logo parou, e ele foi o primeiro piloto a arriscar e trocar os pneus intermediários por pneus slicks, lisos, para pista seca. Ele sofreu nas primeiras voltas, mas logo melhorou seu desempenho e foi beneficiado pelo abandono de Sebastian Vettel, da Red Bull, que fez a pole e liderava com folga, mas bateu depois de ter problemas nos freios.

O polonês Robert Kubica chegou em segundo lugar com a Renault, seguido pelo brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, que pela primeira vez foi ao pódio na Austrália. O espanhol Fernando Alonso chegou em quarto lugar e lidera o Mundial após duas corridas, com 37 pontos, contra 33 de Massa e 31 de Button. Rubens Barrichello fez uma corrida discreta e terminou na oitava posição. :: LEIA MAIS »

Red Bull voa, Vettel quebra recorde de pista e marca pole do GP da Austrália

O trocadilho é infame, mas é ideal para retratar o que aconteceu no treino de classificação para o GP da Austrália: deram asas para a Red Bull. O que se viu neste sábado (27) no circuito de Albert Park, em Melbourne, foi uma imensa superioridade da equipe da empresa de bebidas energéticas para as demais rivais. Liderança em todas as fases da sessão. Recorde da pista quebrado. E mais uma pole-position de Sebastian Vettel.

O alemão dominou o treino. Foi o melhor sempre, baixando seu tempo a cada volta. Ao lado dele, Mark Webber, que havia liderado a última sessão livre, seguia o mesmo ritmo. Nenhum rival conseguia acompanhar a toada dos dois. :: LEIA MAIS »

GP da Austrália: Lewis Hamilton dribla a chuva no segundo treino e faz o melhor tempo desta sexta

Não era futebol, mas um drible foi decisivo na decisão do melhor tempo desta sexta-feira de treinos livres para o GP da Austrália. Antes da segunda sessão, uma chuva rápida ameaçou molhar a pista, mas ainda a deixou em condições para o uso dos pneus slicks. Então, Lewis Hamilton tomou a decisão com a McLaren de colocar o composto macio e sair dos boxes rapidamente. O esforço rendeu dividendos: não foi um gol, mas a melhor volta do dia para o inglês, com 1m25s801.

Logo após a volta de Hamilton, a chuva apertou e tornou o asfalto impraticável para os slicks. Ele ficou 275 milésimos à frente de Jenson Button, seu companheiro, que completou a dobradinha da McLaren nesta sexta-feira com a segunda posição. O atual campeão da Fórmula 1, no entanto, só conseguiu marcar este tempo no fim do treino da tarde, quando a pista já estava mais seca, mas ainda longe do nível de aderência dos primeiros minutos da sessão. :: LEIA MAIS »

Cartão virtual com mensagens de fãs lembra 50º aniversário de Senna

Os fãs de Ayrton Senna ao redor do mundo poderão homenageá-lo pelos seus 50 anos, que seriam completados no próximo domingo (21), com mensagens em um grande cartão de aniversário virtual. 

Os admiradores do piloto, que morreu em um acidente no Grande Prêmio de San Marino de Fórmula 1 de 1994, podem enviar suas mensagens pelo site senna50.com.br ou por meio do Twitter, usando a palavra #senna50. 

Cada mensagem enviada aparece na página inicial do site simbolizada por uma miniatura do capacete de Senna que, quando clicada, exibe o texto escrito pelo internauta.  :: LEIA MAIS »

Vettel dá show e faz a pole no Bahrein;

Reuters/Ahmed Jadallah
Vettel comemora muito após superar ferraristas

O alemão Sebastian Vettel surpreendeu os favoritos da Ferrari e, com uma volta surpreendente no final do treino classificatório deste sábado (13), conquistou a primeira pole position da temporada da Fórmula 1, para o Grande Prêmio do Bahrein.

O piloto da equipe Red Bull cravou o tempo de 1min54s101 e ficou mais de um décimo à frente do brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, que largará em segundo depois de cravar 1min54s242.

Mesmo sem a pole, o brasileiro não tem do que reclamar. Ele superou por mais de três décimos o espanhol Fernando Alonso, bicampeão mundial, que largará na terceira posição com a outra Ferrari. Com o resultado, paulista sai na frente na disputa mais esperada da temporada. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia