WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘evangélico’

Evangélico divide a vida entre orientador espiritual e fisiculturista

Evangélico divide a vida entre orientador espiritual e fisiculturista

O professor de Educação Física José Carlos Miranda, de 52 anos, divide seu tempo basicamente entre duas atividades: a academia que treina para participar das competições de fisiculturismo e a função de capelão (também conhecida como orientador espiritual) da igreja evangélica.

Quando mais novo, José, que sempre foi magro, carregava os apelidos de “caveirinha” e “macarrão”. “Quando ia comprar roupas gastava em dobro, pois comprava no tamanho 40 e tinha que mandar apertar para virar 36?, afirmou. Incomodado com seu corpo, passou a praticar musculação, adotou uma dieta adequada e conquistou um físico que levou o 1o lugar no Campeonato Paulista de Estreantes de fisiculturismo deste ano. :: LEIA MAIS »

Evangélico Guilherme de Pádua, assassino de Daniella Perez, é atração no Programa do Ratinho

Vai ao ar dia 8 de abril no programa do Ratinho no SBT uma entrevista com Guilherme de Pádua, assassino confesso de Daniella Perez, filha da autora Glória Perez. Após 18 anos sem falar com a imprensa, Guilherme irá revelar detalhes sobre o crime e como superou o ódio das pessoas.

 Evangélico Guilherme de Pádua, assassino de Daniella Perez, é atração no Programa do Ratinho

Ao saber que Guilherme seria entrevistado, Glória Perez demonstrou indignação em postagens no twitter. Ela escreveu sobre o passado do ex-ator e o chamou de psicopata. Em uma postagem ela escreveu: “Psicopatas não têm remorso nem sentimento de culpa”.

A autora também revelou ter descoberto, juntamente com outras pessoas, que Guilherme teria sido “garoto de programa”. Em uma postagem do dia 4 de abril, Glória disse que ser pastor é fim de carreira para psicopatas, se referindo à conversão de Guilherme. “Com todo o respeito aos fiéis iludidos, parece que se tornou final de carreira para psicopatas assassinos virar pastor”, escreveu Glória. “Bem que Jesus podia voltar à terra e expulsar de novo, a chicotadas, esses vendilhões do templo!”. :: LEIA MAIS »

Seminário Batista do Sul, um dos maiores do Brasil, pode ser fechado

Depois de 94 anos de funcionamento o Seminário Teológico Batista do Sul (RJ) corre o risco de fechar. A má administração financeira que perdura há alguns anos é o motivo para que o seminário encerre suas atividades. Mas essa notícia não foi bem aceita por todos os alunos e professores da instituição.

Para que o seminário não feche, nem venda parte de sua propriedade para o pagamento de dívidas e salários de funcionários, alunos iniciaram a campanha “Eu amo o Seminário Batista do Sul” em um blog. Na página há um pedido de ofertas para o pagamento de débitos e auxílio para professores e funcionários que necessitam de um apoio. De acordo com o site, até o momento foram recebidos R$ 800,00 por meio de uma conta bancária, aberta especialmente para a criação deste fundo. :: LEIA MAIS »

A despedida a Eliseu

Uma romaria de amigos, familiares e curiosos se revezou entre sábado e domingo, na Assembleia Legislativa, para se despedir do secretário Eliseu Santos, assassinado com dois tiros na noite de sexta-feira.
Autoridades como a governadora Yeda Crusius e o prefeito José Fogaça alteraram suas agendas no final de semana para participar dos atos fúnebres do ex-deputado do PTB, evangélico praticante.

Eram 17h quando familiares, amigos e políticos se despediram do secretário de Saúde da Capital, Eliseu Santos, morto a tiros na frente da mulher, Denise, e da filha caçula, Mariana, quando deixava um culto evangélico no bairro Floresta na noite de sexta-feira.
No mesmo horário, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Francisco Novelletto, atendia ao último pedido do médico. Na quinta-feira, Novelletto recebeu um telefonema de Eliseu com uma solicitação inusitada: queria um minuto de silêncio em homenagem às pessoas que “não morreram de dengue”, durante a partida entre Grêmio e Novo Hamburgo, no Estádio Olímpico. Em vez disso, os cartolas do futebol dedicaram o minuto de silêncio ao secretário, torcedor do Internacional. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia