WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


junho 2020
D S T Q Q S S
« maio    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: ‘Eduardo Jorge’

Petista violou dados de Eduardo Jorge, diz Receita Federal

Leandro Colon – O Estado de S. Paulo

Investigação da Receita Federal desmente o Servidor petista Gilberto Souza Amarante, lotado in Formiga (MG), e Afirma Que intencionalmente acessou elementos , Motivação SEM funcional , o Banco de Dados Fiscais do vice- Presidente do PSDB , Eduardo Jorge, in 3 de abril de 2009. “Os Indícios encontrados remetem nao um equivocado Acesso UM , MAS SIM UMA uma consulta direcionada ” , Diz Relatório Assinado Pela corregedoria NA ÚLTIMA quinta – feira. Em Cima Disso , FOI pedida uma “abertura” de hum Processo disciplinar contra o Funcionário . :: LEIA MAIS »

Analista que acessou dados do tucano Eduardo Jorge em Minas é filiado ao PT

Renato Andrate, de O Estado de S.Paulo

BRASÍLIA – O analista tributário Gilberto Souza Amarante, que trabalha para Receita Federal no interior de Minas Gerais e acessou dez vezes os dados fiscais do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, é filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT) desde 2001.

De acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Amarante é um dos 276 filiados do PT que votam na cidade de Arcos, vizinha ao município mineiro de Formiga, onde o analista acessou, no dia 3 de abril de 2009, o CPF de Eduardo Jorge dez vezes em menos de um minuto.

A identificação de Amarante foi feita pelo Estado com base no número do título de eleitor e do registro no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) do analista tributário. A situação do registro de filiação de Amarante é classificada como “regular” pelo sistema do TSE. O servidor do Fisco vota na 18ª zona eleitoral, na seção 35, que fica na Casa de Cultura de Arcos.

:: LEIA MAIS »

Eduardo Jorge teve dados fiscais violados dez vezes em Formiga, interior de Minas

Rui Nogueira e Renato Andrade, de O Estado de S. Paulo

BRASÍLIA – Seis meses antes de começar a série de violações de sigilos fiscais de dirigentes tucanos e familiares em Mauá e Santo André, municípios de São Paulo, um analista tributário do interior de Minas Gerais acessou dez vezes, em um único dia, os dados do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge.

Documento mostra série de acessos ao IR de Eduardo Jorge; CPF é do vice-presidente do PSDB

:: LEIA MAIS »

Receita vasculhou sigilos de mais 3 pessoas ligadas a Serra e FHC

Leandro Colon e Rui Nogueira/ BRASÍLIA – O Estado de S.Paulo

Investigação interna da Receita Federal revela que acessos suspeitos aos sigilos fiscais de adversários do PT foram além do manuseio dos dados do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge. Os documentos mostram que, no mesmo dia, de um mesmo computador e em sequência, servidores do Fisco abriram os dados sigilosos de Eduardo Jorge e de mais três pessoas ligadas ao alto comando do PSDB. São elas: Luiz Carlos Mendonça de Barros, Ricardo Sérgio de Oliveira e Gregório Marin Preciado.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia