WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘economia’

Secretário da Agricultura sinaliza instalação de grande torrefadora de café na região de Vitória da

A TARDE

Governo da Bahia tem planos para incentivar o aumento na produção da comoditie no Estado.

Quinto maior produtor de café do Brasil, a Bahia prepara-se para ser a maior distribuidora do produto torrado para a região Nordeste do País. A perspectiva otimista é do secretário estadual da Agricultura, Eduardo Salles, e se sustenta na recente inauguração, em Salvador, de uma unidade do Grupo Sara Lee – reconhecida como uma das maiores torrefadoras de café do mundo – e na possibilidade de inauguração de uma segunda unidade na região de Vitória da Conquista.

Produção – “A agroindustrialização é uma realidade que vem despontando na Bahia”, anima-se o secretário. Segundo ele, durante a conversa para a implantação da unidade de Conquista, representantes da Sara Lee já solicitaram o aumento da produção de café no Estado. Com produção anual de cerca de dois milhões (a safra estimada para 2011 é de 2,25 milhões) de sacas de café, a Bahia se posiciona entre os cinco maiores produtores do Brasil.

De acordo com levantamento elaborado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção da safra cafeeira na Bahia em 2011 é superior em 8% à obtida na safra 2010. Os dados confirmam a tendência de crescimento apresentada na primeira previsão divulgada no mês de janeiro.

Comércio virtual no Brasil fatura R$ 8,4 bilhões no 1º semestre

AGÊNCIA ESTADO

Resultado é 24% superior ao registrado em igual período de 2010, segundo o relatório WebShoppers da consultoria E-bit.

O comércio virtual encerrou a primeira metade de 2011 com faturamento de R$ 8,4 bilhões, montante 24% superior ao registrado em igual intervalo de 2010, segundo o relatório WebShoppers da consultoria E-bit.

A previsão da E-bit é de que o comércio online deve faturar R$ 10,3 bilhões no segundo semestre, de forma que o e-commerce pode encerrar 2011 com faturamento de R$ 18,7 bilhões, o que representa uma expansão de 26% ante 2010. Um dos destaques do primeiro semestre é a participação da baixa renda, que representa 61% dos novos entrantes no mundo de compras online com renda familiar de até R$ 3 mil.

“Estamos presenciando uma consolidação do setor, tendo em vista o grande número de entrantes nesse primeiro semestre, contribuindo para o faturamento do período”, afirmou o diretor geral da e-bit, Pedro Guasti. Na análise por segmento, o grupo eletrodomésticos permaneceu na liderança da preferência dos consumidores virtuais, representando 13% do volume total de pedidos. Em seguida, vem o setor de informática, com uma fatia de 12%. Saúde, beleza e medicamentos contribuiu com uma participação de 11%.

Em contrapartida, o setor de livros, assinaturas de revistas e jornais ficou como quarto colocado, com 8%. Eletrônicos completam o grupo dos cinco primeiros mais bem posicionados no varejo eletrônico, com parcela de 6%. Segundo a e-bit, o tíquete médio do período foi de R$ 355.

Bovespa despenca em queda de 8,08%, abaixo dos 49 mil pontos

G1

É o menor patamar de fechamento desde 30 de abril de 2009. Ibovespa registra maior queda diária desde 22 de outubro de 2008.

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em forte queda nesta segunda-feira (8), primeiro dia de negociações após o rebaixamento da nota de crédito dos Estados Unidos na sexta-feira (5) pela agência Standard and Poor’s.

Queda de 5,5% em Dow Jones já é considerado um ‘desastre’, apenas no primeiro dia útil após o rebaixamento da classificação dos EUA

O Ibovespa acompanhou o movimento internacional e fechou com queda de 8,08%, aos 48.668 pontos. Por volta das 15h20, o Ibovespa chegou a cair 9,74%, ficando muito próximo de ter suas operações suspensas pelo mecanismo intitulado ‘circuit breaker’ – regra que interrompe a negociação das ações por meia hora quando o índice atinge 10%.

A bolsa brasileira registrou nesta segunda o menor patamar de fechamento desde 30 de abril de 2009 (47.289) e a maior queda diária desde 22 de outubro de 2008, auge da crise financeira desencadeada pela quebra do banco Lehman Brothers, quando o Ibovespa caiu 10,18%, e acionou o ‘circuit breaker’ pela última vez. :: LEIA MAIS »

Sub-sede da copa 2014: Conquista tem melhores condições

A idéia de captar benefícios com a Copa do Mundo 2014, vem de todos os lados, o Governo Federal colocou Henrique Meirelles pra coordenar ações e tocar obras de infra-estrutura para minimizar efeitos negativos que porventura pudesse advir.

O Governo da Bahia criou uma Secretaria Especial da Copa 2014, tendo Ney Campello como responsável pelas ações na Bahia, inclusive ele trabalha fortemente para que a abertura aconteça em Salvador, muito justo, até por que o Brasil começou aqui.

Há um sentimento geral em Vitória da Conquista, de que o poder público tem papel preponderante para trazer uma seleção para nossa cidade, representantes do primeiro escalão municipal têm reafirmado que o Executivo Municipal criará mecanismo para viabilizar nossa sub-sede.

A sociedade organizada de Vitória da Conquista tem demonstrado interesse e está disposta ir à luta em prol dessa vitória, será uma grande conquista, pois os resultados serão incalculáveis, tanto na atração de investimentos públicos e privados, mas sobretudo na visibilidade que nossa região terá. :: LEIA MAIS »

Livro sobre economia pessoal será lançado no próximo domingo em Conquista

Com o objetivo de ajudar às famílias na organização e planejamento das finanças pessoais, Wal Cordeiro lança no próximo domingo (02/11) o seu mais novo livro GESTÃO FINANCEIRA DOMÉSTICA. O evento vai acontecer às 18h na Igreja Batista Memorial do Centenário, que fica na Rua 10 de Novembro (ao lado do Senac), bairro Recreio.

Para quem deseja entrar o ano de 2011 com as finanças pessoais equilibradas, essa é uma boa oportunidade para assistir a palestra que será ministrada por Wal na igreja, e adquirir o livro autografado pelo autor.

GESTÃO FINANCEIRA DOMÉSTICA foi escrito numa linguagem simples, divertida e direta, onde o autor ajuda ao leitor na elaboração de uma planilha de controle financeiro, que pode ser feita por qualquer pessoa, independente do nível de escolaridade.

É só participar do lançamento e conferir de perto, a entrada é franca!

Dê um livro a quem você gosta!

Uma das maneiras mais eficientes de expressar a amizade fraterna é dar de presente coisas que ajudem as pessoas em algum momento da vida. O livro Gestão Financeira Doméstica, escrito por Wal Cordeiro, chega na hora certa. uma boa oportunidade para você contribuir de alguma forma com àqueles que você ama. Elaborado numa linguagem simples e direta, Wal ensina como planejar as finanças pessoais e evitar as dívidas incontroláveis, que no final de ano aumentam assustadoramente entre as famílias brasileiras.

Em Conquista o livro pode ser adquirido nas livrarias Nobel (Shopping Conquista Sul e Centro Empresarial Maria Helena na Av. Otávio Santos), para outras cidades pode ser solicitado pela internet. Clique na capa abaixo e adquira já o seu!

Saiba como resolver os seus problemas financeiros

banner livro

 

Clique na imagem e faça logo o pedido do seu livro…

Novo livro de Wal Cordeiro chega às livrarias próxima semana

O novo livro de autoria de Wal cordeiro “Gestão Financeira Doméstica” será vendido em livrarias, no site www.walcordeiro.com.br e nos seminários de economia doméstica ministrados por Wal, neste último o valor fica a R$ 15,00 (preço promocional de lançamento).

 

 

Igrejas, sindicatos, empresas, associações e prefeituras que desejam agendar o seminário de economia doméstica, entra em contato pelo e-mail: [email protected] ou telefone: 77 8827 0550

Escritor conquistense lança livro sobre economia doméstica

Com o advento das festividades de final de ano, o consumidor aumenta as suas despesas nas compras de presentes e roupas, gasta na reforma da casa, na troca do carro e em viagens. Portanto, a maioria dos brasileiros excede um pouco nos gastos pessoais que acabam acumulando as dívidas e automaticamente trazendo complicações financeiras para a família. Um problema, que segundo especialistas 80% das pessoas no Brasil enfrentam todo final e início de cada ano.

Pensando nessas dificuldades enfrentadas por muitos e outras relacionadas ao dinheiro, Wal Cordeiro lança o seu mais novo livro: “GESTÃO FINANCEIRA DOMÉSTICA – Como enfrentar a crise financeira mundial e pessoal, cultivar a qualidade de vida no lar, evitar o stress financeiro, o divórcio e ser um vencedor!”

Para o autor: “Administrar as finanças nos dias de hoje tem sido muito complicado. Para muitos, é uma missão quase impossível. É como se fosse um jogo de xadrez. Pois nos deparamos com uma vida corrida e cheia de surpresas desagradáveis, precisamos constantemente tomar decisões e, a depender da escolha, podemos levar um “cheque mate”. Precisamos da boa informação, para podermos vencer na vida, para dominarmos toda e qualquer situação. Por isso, a Gestão Financeira Doméstica torna-se uma ferramenta indispensável em nossos lares e nos ajuda a evitar o stress e a vencer o gigante que atormenta a todos no mundo, atualmente, chamado: FGB. Você o conhece. Já ouviu falar dele? Não é um agente secreto, ou novo banco de crédito, um indexador, ou um indicador financeiro do Governo. Chamo de: Falta de “Grana” no Bolso!”

A obra chega às livrarias na próxima semana, e apresenta uma proposta interessante e inovadora sobre a melhor maneira de organizar as finanças pessoais. Além disso, o livro propõe ajudar às pessoas a vencerem as dívidas, sem perder a qualidade de vida e a satisfação pelas coisas simples do dia a dia. O escritor garante que o livro foi elaborado de maneira prática, direta,  contundente e numa linguagem clara e descontraída, tem como  objetivo  ensinar aos leitores das classes A a D a melhor estratégia de montar a sua própria planilha de controle financeiro doméstico baseado em técnicas simples, experiência pessoal, e nos princípios extraídos da vida de José do Egito, o maior gestor financeiro bíblico.
O livro é um compêndio muito bem elaborado das palestras que Wal tem ministrado todas as Terças pela manhã na Brasil FM 107,7 , e  agora coloca à disposição de todos que queiram aprender como sair da crise financeira, ou evitar entrar nela.
Wal Cordeiro é autor de oito livros,  graduado em Administração Pública, Bacharel em Teologia, MBA em Gestão de Pessoas, Especialista em Mobilização Social e Desenvolvimento Humano, e Pós Graduando em Administração e Marketing.

A partir de janeiro de 2011 Wal Cordeiro estará ministrando no Brasil, a começar por Conquista, palestras de economia doméstica para grupos de interesse em igrejas, sindicatos, empresas, escolas, associações e afins.

Quem se interessar em agendar uma ministração sobre o tema pelo próprio autor, precisa montar um grupo de no mínimo 30 pessoas e contatá-lo para agendar a data do seminário.

Maiores informações: [email protected] – Tel. 8827 0550

Conquistense lança livro que ajuda a organizar as finanças pessoais

da Redação

Na próxima semana chega às livrarias o novo livro de Wal Cordeiro intitulado: ” Gestão Financeira Doméstica”, que apresenta uma proposta interessante sobre a melhor maneira de organizar as finanças pessoais. A obra propõe ajudar a pessoa a sair das dívidas sem perder a qualidade de vida. O livro foi escrito de maneira prática, direta,  contundente e numa linguagem clara, e tem como  objetivo  ensinar ao leitor a montar a sua própria planilha de controle financeiro baseado na vida de José do Egito, o maior gestor financeiro da Bíblia.

O livro é um compêndio das palestras que Wal tem ministrado todas as Terças pela manhã na Brasil FM , e  agora coloca à disposição de todos que queiram aprender como sair da crise financeira, ou evitar entrar nela.

Wal Cordeiro é autor de oito livros,  graduado em Administração Pública, Bacharel em Teologia, MBA em Gestão de Pessoas, Especialista em Mobilização Social e Desenvolvimento Humano, e Pós Graduando em Administração e Marketing.

Veja a capa do livro!

O valor de lançamento será de R$ 15,00

Coopasub oferece novas perspectivas para melhoria de renda dos cooperados

Press Release

Com o intuito de promover uma melhoria na renda de seus cooperados, a COOPASUB realiza curso de culinária com receitas alternativas, utilizando seu principal produto: a mandioca.

Ao todo são 10 cursos ministrados nas cidades de: Belo Campo, Tremedal, Piripá, Planalto, Cândido Sales, Condeúba, Mirante, Ribeirão do Lago, Encruzilhada e Vitória da Conquista. A previsão total de participação é em torno de 200 cooperados ou esposas de cooperados nos cursos. A metodologia consiste na distribuição de livros de receitas para acompanhamento da aula, interação na preparação dos alimentos e troca de saberes nas diferentes formas de utilização da mandioca.

Segundo Janicleide Novaes, cooperada de Peri Peri, comunidade situada em Belo Campo, participante do curso, a intenção é formar um grupo de cooperados ou interessados da própria comunidade para ampliar os produtos que ela já fabrica com a mandioca e, conseqüentemente, aumentar a renda. E durante a feira intinerante do GEP – Grupo de Economia Popular, essas culinaristas poderão apresentar seus produtos à comunidade.

:: LEIA MAIS »

Duas de cada cinco cidades brasileiras menos desenvolvidas são baianas, afirma estudo da Firjan

Correio

Saúde e educação melhoram no estado, mas ainda é preciso mais, aponta relatório.

 

Bom Jesus da Serra é o município baiano que menos se desenvolveu nos últimos anos

 Estado da Bahia, 417 municípios. Deles, 186 integram o grupo das 500 piores cidades brasileiras, segundo Índice de Desenvolvimento Municipal medido pela Firjan, a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro. Mesmo sendo umestado em crescimento – subiu duas posições no ranking – nenhuma cidade baiana está classificada entre as 500 com melhores índices do país.

 O índice, que tem como ano base 2007, leva em consideração três vetores na análise: educação, saúde e emprego e renda. A saúde e a geração de emprego contribuíram para que a Bahia melhorasse sua posição frente aos outros estados. No entanto, foi a educação que realmente alavancou o crescimento. Segundo o chefe da Divisão de Estudos Econômicos da Firjan, Guilherme Mercês, a Bahia ainda temum desenvolvimento que precisa avançar bastante.

  :: LEIA MAIS »

Pequeno campo de petróleo beneficia município baiano

do A Tarde

Pequena jazida de Mata de São João traz melhorias à economia do município

A exploração independente de petróleo e gás natural é mais rentável do que se imaginava. Isso é o que mostra o estudo elaborado pelo Instituto de Geociências da Universidade Federal da Bahia (Ufba), em parceria com a Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Petróleo e Gás (Abpip), cujos resultados foram apresentados ontem à imprensa.

A pesquisa, primeira no País em nível quantitativo e ainda em fase de conclusão, está sendo realizada no município baiano de Mata de São João, com base na produção de um único pequeno operador, a PetroRecôncavo. Os dados mais significativos apontam que a petroleira sozinha respondeu por 18% dos tributos da cidade em 2009, ou cerca de R$ 3 milhões.

:: LEIA MAIS »

PIB cresce 9% no primeiro trimestre, o maior resultado da série histórica

Cristiane Ribeiro
 Agência Brasil

Rio de Janeiro – A economia brasileira cresceu 9% no primeiro trimestre deste ano em comparação a igual período de 2009, a maior alta da série histórica nesse tipo de comparação.

A indústria cresceu 14,6%, seguida pelo setor de serviços, com 5,9% e a agropecuária, 5,1%. A formação bruta de capital (investimentos em máquinas e equipamentos) aumentou 26%, a construção civil aumentou 14,9% e importações de bens e serviços, 39.5%

Na comparação com o quarto trimestre de 2009, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de bens e serviços produzidos no país – até março foi de 2,7%, o mais alto para o período desde 2004. A industria foi o setor que apresentou o maior avanço, com alta de 4.2%. O setor agropecuário teve expansão de 2,7% e o de serviços, de 1,9%. :: LEIA MAIS »

Economia cresce 9% no 1º tri e tem expansão anual recorde, diz IBGE

da Folha

Em ritmo mais forte de expansão após a crise, a economia brasileira cresceu 2,7% no primeiro trimestre ante os três meses imediatamente anteriores, registrando o maior aumento nesse comparativo desde a expansão contabilizada no primeiro trimestre de 2004 (2,8%).

Já ante igual período no ano anterior, o incremento foi de 9,0%, apresentando o maior crescimento nesse confronto em toda a série histórica, iniciada em 1996, segundo os dados divulgados nesta terça-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). :: LEIA MAIS »

Lula manda refazer as contas para manter os 7,7%

Vera Rosa e Tânia Monteiro, BRASÍLIA – O Estado de S.Paulo

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu à equipe econômica para refazer as contas sobre a arrecadação porque não está disposto a vetar o reajuste de 7,72% para os 8,3 milhões de aposentados que ganham acima de um salário mínimo. Lula já decidiu barrar a emenda que extingue o fator previdenciário, mas não quer arcar com o ônus político de um veto duplo no fim de seu mandato e num ano eleitoral.

 A equipe econômica, porém, continua pressionando o presidente, sob o argumento de que não há recursos. A alternativa oferecida para resolver o problema é um abono de 6,14% sobre as aposentadorias e pensões acima de um mínimo. Na prática, esse grupo já recebe o valor corrigido desde janeiro.

:: LEIA MAIS »

País cresceu 9,85% no trimestre, diz BC

Fabio Graner, BRASÍLIA – O Estado de S.Paulo

A economia brasileira cresceu perto de 10% no primeiro trimestre deste ano, acima do que a maioria dos analistas de mercado e o Ministério da Fazenda estão projetando para o período – na casa de 8%. É o que mostrou o novo Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), que encerrou o primeiro trimestre com alta de 9,85% sobre igual período de 2009.

 Em relação ao quarto trimestre do ano passado, o IBC-Br teve expansão de 2,38% (que significa, em termos anualizados, crescimento próximo de 10%). O dado reforça a análise que a economia brasileira se encontra em ritmo muito forte neste início de ano e é necessário pôr um freio no nível de atividade.

O IBC-BR é um indicador criado pelo Banco Central para tentar antecipar o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) e é a mais recente ferramenta usada pelo Banco Central para ajudar na definição da taxa básica de juros (Selic).

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia