WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


junho 2020
D S T Q Q S S
« maio    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: ‘DF’

CGU encontra indícios de desvio de mais de R$ 100 milhões em recursos federais no DF

Uma auditoria feita pela Controladoria-Geral da União (CGU) apontou indícios de desvio de recursos federais pelo governo do Distrito Federal que ultrapassam R$ 100 milhões. Em três meses de auditoria, a CGU identificou mais de 170 irregularidades nas áreas de educação, saúde e obras. Além de desvio de recursos, há indícios de pagamentos por obras não realizadas, superfaturamento, beneficiamento de empresas privadas e fraudes em licitações. De acordo com o ministro-chefe da CGU, Jorge Hage, o resultado do trabalho acende uma “luz vermelha” na administração dos recursos federais pelo GDF.

“Trata-se de uma situação que eu classificaria como grave. Isso porque, em um período relativamente curto, de três meses de trabalhos, nós encontramos problemas em praticamente todas as áreas investigadas”, avaliou Hage, que entregou hoje (5), pela manhã, o relatório da auditoria ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. :: LEIA MAIS »

Ministério Público investiga duas mortes após cirurgias plásticas

O Ministério Público do Distrito Federal investiga as causas da morte de duas mulheres após cirurgias de lipoescultura. Uma delas é Kelma Macedo Ferreira Gomes, de 33 anos, assessora do ministro das Cidades, Márcio Fortes.
Segundo o MP, ela faleceu na sexta-feira, em Brasília, quase uma semana depois da cirurgia, feita no Hospital Goiânia Leste, em Goiânia. Um laudo detalhado da morte deve ser entregue em 15 dias. :: LEIA MAIS »

Acusados de desviar recursos no DF são presos

Ainda escaldada pela crise que arrebatou o ex-governador José Roberto Arruda, a Polícia Civil do Distrito Federal deflagrou nesta quinta-feira, 1º, uma operação com potencial para desarrumar ainda mais o já complicado tabuleiro político local.

A Operação Shaolin, que levou à prisão cinco pessoas, teve como alvo duas organizações não-governamentais que receberam R$ 2,9 milhões do Programa Segundo Tempo, do Ministério dos Esportes. Até 2006, a pasta era comandada por Agnelo Queiroz, pré-candidato do PT ao governo do DF.

Dirigente das duas ONGs investigadas, o policial militar João Dias Ferreira, um dos presos neta quinta, foi candidato a deputado em 2006 pelo PCdoB, partido ao qual Agnelo era filiado à época. :: LEIA MAIS »

Polícia Federal ouve novos depoimentos de envolvidos na Caixa de Pandora

Os depoimentos dos envolvidos no suposto esquema de corrupção no governo do Distrito Federal, que desencadeou a Operação Caixa de Pandora, continuam nesta quinta-feira (31), a partir das 09h, na Superintendência da Polícia Federal.

Devem depor, o servidor da Secretaria de Educação Masaya Kondo, a ex-mulher do governador cassado Mariane Vicentine, o ex-deputado distrital Júnior Brunelli, a deputada distrital Eurides Brito e o ex-secretário do DF Roberto Giffoni. Informações são da Agência Brasil.

Procuradoria Geral da República dá parecer favorável à permanência de Arruda na cadeia

O Ministério Público Federal encaminhou nesta quinta-feira ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) o parecer sobre o inquérito nº 650, que investiga o esquema de pagamento de propina a servidores e prestadores de serviço do governo do Distrito Federal.

PF vai ouvir Arruda pela 1ª vez na segunda-feira sobre esquema de corrupção no DF
O parecer do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e da subprocuradora-geral da República Raquel Dodge é pela rejeição do pedido de liberdade do ex-governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), preso por tentativa de suborno de uma das testemunhas do caso. :: LEIA MAIS »

Certidão do TRE cassa mandato de Arruda

A notificação é o passo derradeiro do processo

image

O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) enviou ao Ministério Público Eleitoral na manhã desta quarta-feira (24) a certidão que sacramenta a cassação do mandato do ex-governador José Roberto Arruda.
A notificação direcionada ao procurador-regional eleitoral Renato Brill de Góes, é o passo derradeiro do processo, que agora será encaminhado ao arquivamento pela Justiça Eleitoral do DF.

G1

Conselho prepara intervenção para investigar chefe do Ministério Público

Ex-secretário de Relações Institucionais e delator do esquema do “mensalão do DEM”, Durval Barbosa acusou Bandarra de receber R$ 1,6 milhão para não incomodar o governo, avalizando, até mesmo, contratos de limpeza urbana feitos sem licitação. O procurador nega e nenhuma prova foi apresentada pelo ex-secretário de José Roberto Arruda.

Ontem, em sessão do CNMP, o conselheiro Bruno Dantas apresentou requerimento para retirar das mãos da Corregedoria do Ministério Público do DF o poder de investigar Bandarra. O CNMP instaurou sindicâncias em dezembro, mas só pode começar a apurar depois de a Corregedoria do Ministério Público concluir sua parte. Conselheiros consideram que o órgão do DF leva o caso em ritmo lento e a apuração pode não levar a lugar algum. Por isso, querem interferir. “O que nós estamos facultando é que o Leonardo Bandarra demonstre que essas acusações são levianas”, afirmou Dantas. :: LEIA MAIS »

Arruda desiste de brigar por mandato

Depois de desistir de recorrer da cassação determinada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda (sem partido) voltou a protocolar ontem pedido de revogação da prisão no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Com a desistência, Arruda perde definitivamente o foro privilegiado e deve ser transferido para o Complexo Penitenciário da Papuda. :: LEIA MAIS »

Ex-ministro Agnelo Queiroz disputará governo do DF em 2010

Oito mil filiados ao PT escolheram neste domingo o ex-ministro dos Esportes Agnelo Queiroz para concorrer ao governo do Distrito Federal pelo partido nas eleições deste ano. A vitória de Agnelo foi anunciada pelo presidente do diretório regional do partido, Roberto Policarpo, no início da noite.

O ex-ministro dos Esportes derrotou o deputado federal Geraldo Magela nas eleições prévias do PT com 56% dos votos contra 44% do adversário. Em discurso após o anúncio do resultado, os concorrentes afirmaram que vão trabalhar juntos e que o partido não ficará dividido. :: LEIA MAIS »

Câmara do DF irá adotar Constituição na sucessão de Arruda, diz Cabo Patrício

A Câmara Legislativa do Distrito Federal irá adotar as regras da Constituição Federal no processo de escolha do novo governador, deflagrado com a cassação do mandato do então governador afastado, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), por infidelidade partidária. Haverá eleição indireta pelo Legislativo para o cargo distrital no prazo de 30 dias.

 Na tarde desta sexta-feira (19), durante reunião com o presidente em exercício do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF), desembargador João de Assis Mariosi, integrantes da Mesa Diretora do Legislativo apresentaram parecer elaborado pela assessoria da Casa no qual a possibilidade de adoção da Constituição é referendada.  :: LEIA MAIS »

Arruda retorna à prisão na Polícia Federal

O governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), já retornou à Superintendência da Política Federal (PF) em Brasília, onde está preso desde o dia 11 de fevereiro. O governador afastado estava internado no Instituto de Cardiologia (Incor-DF), onde se submeteu a um cateterismo.

Arruda pretendia permanecer no hospital. Seus advogados de defesa entraram com o pedido de prisão hospitalar, mas o relator do processo que investiga Arruda no Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Fernando Gonçalves, negou o pedido sob a justificativa de que o laudo médico não indicava a necessidade de internação. :: LEIA MAIS »

STJ nega pedido para Arruda permanecer em hospital

O ministro Fernando Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou pedido da defesa do governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido), para que ele permanecesse no hospital, ao menos pelos próximos dias, para se tratar de lesão coronariana constatada em exame realizada nesta quinta-feira.

Em sua decisão, o ministro considerou que o documento médico anexado ao pedido da defesa de Arruda não indica a necessidade de imediata e pronta hospitalização e demonstra apenas a orientação a ser seguida. Sobre o pedido de prisão domiciliar e de liberdade provisória, o ministro determinou que o Ministério Público seja ouvido.

AE
Arruda está preso
Arruda: 50% da artéria obstruída

No pedido, a defesa sustentou que o diagnóstico resultante constatou a presença de lesão coronariana, cujo tratamento e recuperação exigem, também de acordo com expressa orientação médica, “evitação de qualquer tipo de estresse emocional, atividade física aeróbica leve e manutenção de tratamento da depressão, exigências estas incompatíveis com o ambiente carcerário”.

O boletim médico divulgado também nesta quinta-feira, feito pelo Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (IC-DF), informou que o cateterismo a que o governador foi submetido identificou uma lesão arterial.

Para o presidente do departamento de Ecocardiografia da Sociedade Brasileira de Cardiologia, José Luiz Barros Pena, ouvido pela Agência Estado, é possível afirmar que, por meio do cateterismo, foi identificada uma lesão.

No entanto, sem a identificação do grau dessa lesão, não é possível afirmar se a obstrução é uma irregularidade comum a pessoas de idade avançada. Segundo Pena, a obstrução passa a ser considerada significativa a partir dos 50%. Arruda completou 56 anos em janeiro. :: LEIA MAIS »

TRE decide pela cassação de Arruda

BRASÍLIA (Reuters) – O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal cassou nesta terça-feira o mandato do governador licenciado e preso do DF, José Roberto Arruda, por estar desfiliado do Democratas desde 10 de dezembro. A medida, decidida em votação nesta terça-feira, tem validade imediata. Houve empate por 3 a 3 e o presidente da Corte regional desempatou, votando pela cassação do mandato.

O pedido de cassação se baseia em resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A regra determina que os mandatos pertencem aos partidos pelos quais os políticos são eleitos. Como arruda se desfiliou do DEM no fim do ano passado, para evitar uma expulsão por conta do escândalo político no Distrito Federal, ele ficou sujeito à perda de mandato. :: LEIA MAIS »

Exame aponta obstrução em uma das artérias do coração de Arruda, diz médico

 O governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM), terá que passar por um cateterismo no coração para identificar o risco de uma obstrução na artéria descendente anterior, detectada pela tomografia coronariana realizada em Arruda na segunda-feira (15). Primeiros exames detectaram obstrução de uma artéria que é considerada uma das principais do órgão.

  :: LEIA MAIS »

Mensalão do DEM: MPF apura suposta participação de Marcos Valério

BRASÍLIA – O Ministério Público do Distrito Federal investiga a suposta participação do empresário Marcos Valério no mensalão do DEM – suposto esquema de pagamento de propina a políticos do Distrito Federal que seria comandado pelo governador afastado e preso, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM). Valério é suspeito de ser o principal operador dos mensalões do governo federal e de Minas Gerais. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a reportagem, a empresa SMP&B, de Valério, teria desviado recursos para compra de apoio político no DF. O esquema teria começado na gestão Joaquim Roriz e parte do dinheiro seria transferido para a empresa Notabilis Comunicação e Marketing, hoje no nome de Orlando Pontes, irmão de Omézio Pontes, ex-assessor de imprensa do governador e um dos investigados pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspeitos de participação no esquema. :: LEIA MAIS »

Secretaria de Saúde do DF confirma três casos suspeitos da nova gripe

Três casos da gripe A (H1N1), popularmente conhecida como gripe suína, estão em investigação no Distrito Federal. A Secretaria de Saúde confirmou o fato na manhã desta quarta-feira (10/3). Em nota, o órgão destacou que “o tratamento destes pacientes já foi iniciado e independe da confirmação do resultado dos exames”.Assim que saírem os resultados dos casos suspeitos, confirmando ou descartando a doença, a secretaria vai se pronunciar.

Um dos casos suspeitos da nova gripe, é em Santa Maria, cidade satélite de Brasília. Uma mulher está internada em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital da cidade para realização de exames. A paciente está isolada e tem contato, apenas, com os médicos. O material do exame foi enviado a São Paulo, onde a doença será confirmada. :: LEIA MAIS »

Arruda é notificado do processo de impeachment

Desta vez, o governador preso José Roberto Arruda (sem partido) não teve como escapar. Novamente, ele recusou-se a assinar a notificação do seu processo de impeachment, que corre na Câmara Legislativa do Distrito Federal. Agora, porém, essa recusa não foi suficiente para evitar a continuação do processo. Arruda foi notificado à revelia exatamente às 18h35. Como testemunhas, dois policiais federais assinaram por ele a notificação levada pelo primeiro secretário da Casa, Batista das Cooperativas (PRP). Agora, Arruda tem 20 dias para apresentar a sua defesa. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia