WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘Deus’

Artigo: Deus existe?

 

 

 

 

 

 

 

 

(por Marilyn Adamson)

Pelo menos uma vez na vida, você não adoraria que alguém simplesmente lhe mostrasse a prova da existência de Deus? Sem quebra-de-braço, sem afirmações como: “Você tem que acreditar”. Bem, tentaremos apresentar aqui algumas das razões que sugerem a existência de Deus.

Mas, considere que, se alguém se opõe radicalmente à possibilidade de Deus existir, então qualquer prova ou explicação apresentada aqui poderá ser imediatamente refutada. Ou seja, isso seria como se uma pessoa se recusasse a acreditar que o homem andou na lua. Nenhuma informação, por melhor que fosse, iria mudar o seu modo de pensar. Imagens via satélite de homens andando na lua, entrevistas com os astronautas, pedras lunares… todas as provas seriam sem valor porque a pessoa já concluiu que o homem não pode ir à lua.

Quanto à existência de Deus, a Bíblia diz que há pessoas que têm prova suficiente de que Ele existe, mas encobrem essa verdade (Romanos 1:19-21). Por outro lado, há aquelas que querem saber se Deus existe; a essas Ele diz: “Vocês me procurarão e me acharão quando me procurarem de todo coração. Eu me deixarei ser encontrado por vocês…”. (Jeremias 29:13-14) Antes que você olhe para os fatos relacionados à existência de Deus, pergunte-se: “Se Deus realmente existe, eu gostaria de conhecê-lo?”.

1. Deus Existe? Durante a história, em todas as culturas do mundo, as pessoas vêm sendo convencidas de que há um Deus.

Podemos dizer, com algum grau de confiança, que todas essas pessoas estiveram ou estão erradas? Bilhões de pessoas, que representam diversos compostos sociológicos, intelectuais, emocionais, educacionais etc., todas chegaram à mesma conclusão de que há um Criador, um Deus para ser adorado:

Pesquisas antropológicas atuais indicam que entre os povos primitivos mais distantes e remotos, existe uma crença universal em Deus. E, nas primeiras lendas e histórias dos povos de todo o mundo, o conceito original era de um único Deus, o qual foi o Criador. Um Deus altíssimo e original parece ter, uma vez, estado em suas consciências, mesmo naquelas sociedades que hoje se apresentam politeístas (Paul E. Little, Saiba O Porquê Você Acredita, Victor Books, 1988, pág. 22).

2. Deus Existe? A complexidade do nosso planeta aponta para um Desenhista, que, intencionalmente, não apenas criou nosso universo, mas também o sustenta hoje.

Poderiam ser dados muitos exemplos mostrando o desenho que Deus fez da criação, e, possivelmente, não chegaríamos ao fim desse desenho. Mas aqui estão alguns traços dele: :: LEIA MAIS »

Massacre: A realidade que se repete a cada instante

Por Wal Cordeiro

columbine

Era uma tarde de sábado, quente e tranquila, me parece que foi ontem pois as cenas estão muito vivas em minha mente. A rodovia era larga e bem sinalizada. O trânsito fluía normalmente, não haviam buracos na pista. A paisagem era muito bonita; as montanhas despontavam brilhantemente a cada curva, as nuvens pareciam tímidas, mas seguras. O vento soprava suavemente nas árvores. Lá no fim do horizonte, surgia uma nuvem carregada e escura, parecia que a chuva chegaria e nos alcançaria rapidamente.

Estávamos a caminho de Denver, uma cidade americana, situada no estado do Colorado. Quem não se lembra das notícias que sacudiram o mundo em 1999? Quando alguns garotos fortemente armados invadiram a escola Columbine em Denver e mataram vários colegas seus; que se encontravam nos corredores, salas e biblioteca da escola.

Era justamente para lá que estávamos nos dirigindo alguns dias após a tragédia, com o intuito de orar naquele colégio e quebrar em intercessão a influência ruim que aquela história causou em vários colégios do Brasil, onde adolescentes começaram a ir para a escola portando uma arma na cintura.

As informações que tínhamos sobre o ocorrido eram poucas, mas dava para tocar e quebrantar qualquer coração sensível à real situação do mundo. Sabíamos do sofrimento recente daquela cidade, principalmente dos pais que perderam seus filhos naquela tragédia. A dor ainda era notada nos rostos das poucas pessoas que circulavam pelas ruas, pois o incidente havia acontecido alguns meses atrás. Ainda, alguns repórteres permaneciam na cidade e faziam a cobertura do ocorrido.
Enquanto não chegávamos ao local desejado, eu e mais quatro amigos missionários que se encontravam no interior do veículo resolvemos gastar o nosso tempo da viagem orando pelos Estados Unidos, que sempre tem sido vítima ou cúmplice desse tipo de massacre entre os jovens. Esse tipo de tragédia acontece sempre. :: LEIA MAIS »

Artigo: Por que adoração sem fronteiras?

Por Wal Cordeiro

Adoração nos dias de hoje é sinônimo de música, choro, riso, pulos, coreografias e danças. Adorador na igreja é aquele que toca, fala, canta muito bem e consegue prender a atenção do público. Adorador para muitos é aquele que gravou um CD ao vivo e suas músicas estão no auge do sucesso. Tudo muito bonito e envolvente, mas…

Será que a visão de Deus é limitada apenas para essas pequenas facetas da adoração? O adorador é aquele que têm algum tipo de habilidade na igreja e consegue levar as pessoas ao êxtase emocional? Ou é algo mais profundo e comprometedor com o reino de Deus?

Será que: Deus só usa na terra aqueles seres especiais, músicos dotados de dons e preparo musical?

Será que adoração é uma arma poderosa usada somente quando estamos congregados cantando na igreja, ou é algo mais amplo para respirarmos, vivermos e experimentarmos a todo instante? Será que adorador é apenas o levita, ou todos são levitas e por isso adoram? E a glória de Deus, qual é a posição dela na adoração? Ela é focalizada? É compreendida? Está em nosso meio? É o nosso foco principal?

Neste livro, não tenho interesse de seguir os caminhos convencionais do ensino teológico sistemático sobre o assunto proposto, pois isso é muito amplo e inesgotável, embora seja importante e indispensável. Talvez num outro livro.

Adoração Sem Fronteiras traz uma proposta ampla e reflexiva sobre o verdadeiro papel daquele que busca conhecer o Senhor na mais íntima e esperançosa comunhão com Ele. Daquele que quer viver para Deus e não daquele que quer usar Deus para viver para si, principalmente quando estão congregados num momento de cânticos espirituais.

Traz para você um estudo profundo sobre a glória de Deus, que nos confronta a assumirmos o verdadeiro papel do adorador (todo cristão). Assumir a visão do reino. Visão de Deus, único autor dessa visão.

Este livro foi escrito para todo cristão, numa linguagem simples, objetiva. Foi escrito para: ministros de louvor, músicos, regente de coral, vocalista de banda, porteiro da igreja, diácono, cozinheira, pastor, missionário, motorista, vendedor, e todos os cristãos que querem achegar-se mais e mais diante do trono de Deus, nosso Criador e Senhor, que nos fez para desenvolvermos uma comunhão constante com Ele. :: LEIA MAIS »

Comercial de cerveja causa polêmica ao mostra Deus como argentino. Assista

Um comercial da cerveja Quilmes, patrocinadora oficial da seleção de futebol da Argentina, provoca polêmica ao mostrar “Deus” como sendo argentino. A propaganda, entitulada “Diós”, passou a ser veiculada neste fim de semana na Argentina relaciona Deus a momentos marcantes 

 da seleção na história das Copas.

“Para a Quilmes, assim como para todos os argentinos, a Copa do Mundo é uma ocasião muito especial”, diz Diego Belbussi, diretor de marketing da empresa. “Estamos seguros que esta propaganda deixará uma mensagem de confiança sobre a história, o presente e o futuro da seleção.”

No comercial, uma voz vinda dos céus fala à população que foi sim responsável por lances históricos nas Copas do Mundo, como a bola na trave que evitou a derrota da Argentina para a Holanda no último minuto da final da Copa de 1978, ou a série de bolas que chutadas na trave pelos jogadores do Brasil durante a partida contra os argentinos no Mundial de 1990. “Sim, fui eu”, diz a “voz” no comercial.

“Deus” também admite ter colaborado no famoso gol feito com a mão por Maradona contra a Inglaterra na Copa de 1986. “Esta pode ter sido sim a minha mão”, diz.

A propaganda segue mostrando lances decisivos protagonizados pelos argentinos, como os pênaltis defendidos pelo goleiro Goycoechea, também em 1990, o golaço de Maradona driblando vários ingleses, em 1986, o gol do título da final daquela Copa, marcado por Burruchaga contra a Alemanha, e o gol de Palermo em pleno temporal no final da partida contra o Peru, nas Eliminatórias para a Copa de 2010, que salvou a Argentina de ficar de fora da Copa. E “Deus” diz: “Não, isso não fui eu!”. O comercial termina pedindo ao povo argentino para torcer e amar as cores da seleção acima de tudo. :: LEIA MAIS »

Pregando o Evangelho para os Evangélicos

Artigo: Pr. Stênio Verde

Esta  semana percebi que precisamos pregar o verdadeiro evangelho para os evangélicos, eles não sabem mais nada sobre ele, eles o distorceram tanto que as versões modernas estão muito longe do evangelho de Cristo.

Num passado não muito distante eu jamais iria imaginar que um dia os evangélicos também seriam um campo branco e pronto pra colheita. Antes os campos mais difíceis eram representados por duas religiosidades opostas; o espiritismo e o catolicismo. Eles eram o nosso campo missionário, um campo facilmente definido, mas hoje este campo está mais largo, mais complexo, com a chegada do neopentecostalismo a praga se alastrou de tal forma que temos católicos-evangelicos e evangélicos-espíritas, um hibridismo tupiniquim, este movimento promoveu um sincretismo sem precedentes na história do evangelho no Brasil. :: LEIA MAIS »

Pesquisa revela que brasileiros acreditam em Deus e também em Darwin

Para 59%, ser humano é resultado de uma evolução guiada por Deus; somente 8% não acreditam em interferência divina. Pesquisa mistura evangélicos e testemunhas de Jeová e diz que, para estes, o livro de Gênesis não é unanimidade. As informações obtidas pela pesquisa realizada no Brasil contrastam com as colhidas nos EUA, mas se aproximam dos resultados na Europa.
Leia abaixo, na íntegra, matéria do jornal Folha de São Paulo de hoje:
Um de cada quatro brasileiros acredita em algo parecido com o mito de Adão e Eva. Para eles, o homem foi criado por Deus há menos de 10 mil anos. Esse dado consta da primeira pesquisa Datafolha que investigou as convicções da população sobre a origem e o desenvolvimento da espécie humana.
A maioria das pessoas crê em Deus e Darwin. Para 59%, o ser humano é o resultado de milhões de anos de evolução, mas em processo guiado por um ente supremo. Apenas 8% consideram que a evolução ocorre sem interferência divina.
A crença no mito de Adão e Eva despenca à mdida que aumentam renda e escolaridade. Quando se acrescentam dinheiro e instrução, a proporção dos darwinistas puros mais do que dobra do menor para o maior estrato. Entre os que acatam a evolução sob gerência divina, o aumento é mais modesto: fica entre 15% (renda) e 20% (escolaridade).
O Datafolha ouviu 4.158 pessoas com mais de 16 anos. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais.
Os 25% de criacionistas da Terra jovem (que atribuem menos de 10 mil anos a nosso planeta de 4,6 bilhões de anos) surpreendem porque o fundamentalismo bíblico, em que as Escrituras são interpretadas literalmente, não faz parte das tradições religiosas do Brasil.
:: LEIA MAIS »

PERGUNTAS FEITAS PARA O DIABO…. PARA REFLETIR!

QUEM TE CRIOU?
Lúcifer : Fui criado pelo próprio Deus, bem antes da existência do homem. [Ezequiel 28:15]

COMO VOCÊ ERA QUANDO FOI CRIADO?
Lúcifer : Vim à existência já na forma adulta e, como Adão, não tive infância. Eu era um símbolo de perfeição, cheio de sabedoria e formosura e minhas vestes foram preparadas com pedras preciosas. [Ezequiel 28:12,13]

ONDE VOCÊ MORAVA?
Lúcifer : No Jardim do Éden e caminhava no brilho das pedras preciosas do monte Santo de Deus. [Ezequiel 28:13]

QUAL ERA SUA FUNÇÃO NO REINO DE DEUS?
Lúcifer : Como querubim da guarda, ungido e estabelecido por Deus, minha função era guardar a Glória de Deus e conduzir os louvores dos anjos. Um terço deles estava sob o meu comando. [Ezequiel 28:14; Apocalipse 12:4]

ALGUMA COISA FALTAVA A VOCÊ?
Lúcifer : (reflexivo, diminuiu o tom de voz) Não, nada. [Ezequiel 28:13] :: LEIA MAIS »

José Alencar diz que milagre “definhou” tumores

Jovem paraplégico dá exemplo de esperança

Um jovem que teria muitos motivos para desistir da vida, mas não faz isso, e dá exemplo de esperança. Plínio Eduardo era surfista e perdeu todos os movimentos. Em vez de reclamar, é no sorriso e nas palavras de incentivo que ele ajuda outros pacientes, alegra a família e todos que cuidam dele.
Plínio está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital Otávio de Freitas, na Região Metropolitana do Recife (RMR). “Esse é um setor difícil, há muito sofrimento, muito desespero, e é um setor que precisa de muita oração. Às vezes nós chegamos aqui para baixo, e ele me dá uma palavra, pega a bíblia abre e vamos ler, vamos conversar. Ele dá uma palavra de força. Eu sei que a força dele vem de Jesus”, falou o coordenador da UTI, Thales Marcelo Pinto Gonçalves. :: LEIA MAIS »

Começando do ponto zero para implantar um departamento missionário na igreja

Texto do livro Missão Sem Fronteiras de Wal Cordeiro

Visão, amor pelos perdidos e disposição

Para iniciar um departamento missionário numa igreja, é necessário primeiramente que, aquelas pessoas interessadas em fazê-lo, se prontifiquem a compreender a vontade de Deus em relação ao assunto. Para isso, precisam ter a visão certa: a visão de Deus. Então podemos fazer algumas perguntas para entendermos melhor sobre essa necessidade. As perguntas lhe ajudarão a saber em que posição missionária você se encontra e quais são as áreas que precisam melhorar em sua vida. Responda friamente e faça uma análise do ponto mais fraco em sua vida que você acha que precisa mudar.

– O que você sente no coração quando ouve alguém falar sobre as necessidades do mundo?

– Idéias novas e diferentes surgem em sua mente quando alguém lhe fala sobre missões?

– Você ora constantemente pelos missionários que estão no campo?

– Você tem influenciado outros para se envolverem com missões?

– Quando alguém compartilha contigo a respeito do seu chamado, você o incentiva a continuar?

– Você já mobilizou pessoas alguma vez a enviar uma oferta missionária para missões?

– Você gosta de participar de conferências, congressos, acampamentos que abordam o tema missões?

– Você envia periodicamente oferta para algum missionário no campo?

Deu para sentir que as perguntas acima apontam uma ligação inquebrável das três áreas necessárias na vida da igreja, para alguém iniciar um departamento missionário. Essas áreas são, na verdade, a essência do compromisso missionário que todo cristão deve ter no seu dia a dia, elas são: :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia