WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘desvio’

Prisão de envolvidos em esquema no Ministério do Turismo só foi possível pela robustez das provas, diz PF

FOLHA

Prisão preventiva foi decretada com objetivo de preservar integridade das provas.

O diretor-executivo da Polícia Federal, Paulo de Tarso Teixeira, disse que 33 pessoas foram presas e R$ 610 mil foram apreendidos na Operação Voucher, deflagrada nesta terça-feira e que investiga desvios de dinheiro no Ministério do Turismo.

Ex-deputado baiano Colbert Martins, centro, e outros presos, sob suspeita de envolvimento em irregularidades no Ministério do Turimos, chegam algemados em Brasília

Segundo o delegado, o secretário-executivo da pasta, Frederico Costa, o ex-secretário-executivo, Mário Moysés, e o secretário nacional de Programas e Desenvolvimento do Turismo, Colbert Martins da Silva Filho, foram presos preventivamente, ou seja, para evitar a eliminação de provas e com prazo maior de detenção.

“Para que a Justiça decrete a prisão preventiva, as provas têm que ser mais robustas do que as prisões temporária”, disse o delegado. Por determinação da Justiça Federal, todos que foram presos preventivamente serão encaminhados a Macapá, onde a investigação está centralizada. :: LEIA MAIS »

TCU aponta desvio de recursos no Senado de R$ 180 mi

ROSA COSTA – Agência Estado

Auditoria aprovada hoje pelos ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) aponta desvio de recursos públicos no pagamento indevido de servidores do Senado, inclusive de horas extras, além do acúmulo de cargos públicos, existência de gratificações ilegais e funcionários com jornada de trabalho inferior ao permitido por lei. O descaso na administração da Casa causou um prejuízo de cerca de R$ 180 milhões, na avaliação dos auditores.

 De acordo com o TCU, há na instituição 464 servidores recebendo remuneração cuja soma está acima do teto constitucional, de R$ 26,7 mil, e 83 funcionários incorporando gratificações sem que tenham sido designados para exercer função comissionada.

  :: LEIA MAIS »

Presos, governador do Amapá e mais 17 serão transferidos para Brasília

G1

Pedro Paulo Dias foi preso nesta sexta durante a Operação Mãos Limpas. Ele será levado para a carceragem da Superintendência da PF em Brasília.

 

O ex-governador do Amapá Waldez Góes (PDT) e seu sucessor, Pedro Paulo Dias (PP), presos em operação da PF

 O governador do Amapá, Pedro Paulo Dias (PP), preso durante a Operação Mãos Limpas, será transferido nesta sexta-feira (10) para Brasília, juntamente com outros 17 acusados de participação em uma organização criminosa que teria desviado recursos públicos do Amapá e da União, segundo informou a Polícia Federal. De acordo com a PF, todos os 18 mandados de prisão temporária foram cumpridos.

 Pedro Paulo, que está preso no quartel do Exército, em Macapá, será levado para a carceragem da Superintendência da Polícia Federal, em Brasília.

  :: LEIA MAIS »

Imagens mostram casamento em que noivos foram presos na Grande Rio

do G1

Esquema da quadrilha envolvia estelionatário, arrecadando R$ 5 milhões. Oito das 19 pessoas presas estavam na celebração neste fim de semana.

 Imagens mostram a cena do casamento em que uma quadrilha de estelionatários foi presa sábado (12), incluindo os noivos. A operação envolveu policiais civis de oito delegacias especializadas. Os presos são acusados de desviar dos Correios cartões de créditos e bancários.

Em um sítio no município de Magé, na Baixada Fluminense, estava tudo pronto para a festa. O noivo e a noiva, felizes da vida, e cerca de cem convidados. Diante do juiz de paz, chegou o momento das juras de amor, na pobreza e na riqueza. Por que será que o noivo achou graça na hora em que ouviu a palavra riqueza? Mas a alegria iria acabar. Os pombinhos nem desconfiavam que a polícia estava para chegar.

Foram cerca de seis meses de investigação. Durante todo este período, policiais se prepararam para uma missão diferente: prender criminosos em um casamento. Segundo a polícia, os noivos Maxwell da Costa e Rayza Gomes, e também o padrinho Raphael da Costa fazem parte de uma quadrilha especializada em desviar cartões de crédito enviados pelo Correio. O esquema já arrecadou R$ 5 milhões.

Entenda o golpe :: LEIA MAIS »

Rombo na conta do TJBA é de R$ 200 milhões

Não é de hoje que o sucateamento da Justiça do Estado da Bahia é divulgado em diversos meios de comunicação. Entre outros temas relacionados, destaque para denúncias sobre a precariedade dos serviços prestados pelos cartórios em Salvador e outros municípios baianos. Agora, a situação, que já não era boa, ficou pior ainda: dizem os servidores que o Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA) chegou mesmo ao fundo do poço.

Ontem, durante a Assembleia Geral Unificada dos Servidores do Judiciário, realizada no auditório do Tribunal da Justiça, a coordenadora Geral do Sindicato dos Servidores dos Serviços Auxiliares do Poder Judiciário do Estado da Bahia (Sintaj), Elizabete da Silva, afirmou que o rombo da folha no exercício anual do órgão é de R$ 200 milhões.  :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia