WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘dengue’

Sesab confirma em Jequié primeira morte por dengue na Bahia em 2011

Correio

Moradora de Jequié, no centro sul da Bahia, morreu no dia 27 de janeiro. Cândido Sales também tem casos confimados de dengue hemorrágica.

 

Prefeitura e população de Jequié tem realizado diversas campanhas de combate ao mosquito da dengue

Uma mulher de 61 anos morreu em Jequié, no centro sul da Bahia, vítima de dengue hemorrágica no dia 27 de janeiro. Este é o primeiro caso de morte pela doença confirmado no estado da Bahia. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), já foram registrados 3569 casos de dengue em 191 municípios do estado.

Quanto às formas mais graves da doença, foram confirmados oito casos nos municípios de Andaraí, Barra, Barreiras, Cândido Sales, Jequié e Salvador.

Salvador é relacionada em lista de cidades com risco de surto de dengue

A Tarde

O Brasil tem 24 cidades sob risco de surto de dengue, segundo o Ministério da Saúde, que divulgou hoje a atualização dos resultados do Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (Liraa). O resultado mostra que, dos 370 municípios que já realizaram o levantamento, 24 têm risco de surto, o que significa que em mais de 4% das residências pesquisadas foram registradas larvas do mosquito. Entre as cidades com risco de surto estão duas capitais, Rio Branco (AC) e Porto Velho (RO).

Das cidades pesquisadas, 154 estão em situação de alerta. Em entre 1% e 3,9% das casas visitadas foram encontradas larvas do mosquito. Quatorze capitais estão nessa situação: Salvador (BA), Cuiabá (MT), Palmas (TO), Rio de Janeiro (RJ), Maceió (AL), Belém (PA), Recife (PE), Goiânia (GO), Aracaju (SE), Manaus (AM), Boa Vista (RR), Fortaleza (CE), Vitória (ES) e Natal (RN).

:: LEIA MAIS »

Conquista: Dengue ameaça nos entornos do Distrito Policial

João Melo

DISEP convite explícito a dengue (foto João Melo)

O tempo passa, o tempo voa, e as sucatas de veículos acidentados, roubados, furtados e recuperados continuam na área do DISEP numa boa. Os moradores das cercanias continuam revoltados, pois temem a dengue. Ocorreu até uma sessão especial no Legislativo Municipal para debater o assunto. Tudo indica que as conversas foram jogadas fora. Até hoje ninguém viu nenhum resultado da reunião. Do Conquista News

Gincana Todos Contra a Dengue: equipes conscientizam população

A II Gincana Todos Contra Dengue realizou no último sábado, 15 de maio, uma prova de mobilização de rua, na qual os participantes das seis equipes foram promover uma campanha de conscientização em praças públicas, dando dicas de sobre os sintomas da doença e as várias formas de evitar a proliferação do mosquito da dengue.

Padronizados, segurando faixas, bandeiras, distribuindo material educativo, utilizando instrumentos musicais e veiculos com som, as equipes foram pontuadas levando em conta critérios como organização, quantidade de participantes com camiseta da equipe, quantidade de bandeiras e faixas, instrumentos e veículo sonorizados.

A concentração das equipes aconteceu na Praça Barão do Rio Branco, onde foram sorteados os locais onde cada equipe deveria fazer sua mobilização: Praça do Gil, Praça Gesner Chagas, Praça Nove de Novembro e Praça da Bandeira, lugares onde as equipes de zona rural e urbana entregaram panfletos sobre o combate a dengue.

Segundo Dina, participante da equipe São Joaquim, a gincana tem sido uma grande oportunidade para conscientizar a comunidade. “nós falamos com os moradores para ter cuidado com a água parada, com o lixo e sempre continuar fazendo a limpeza de suas casas depois que acabar a gincana”.
:: LEIA MAIS »

Brasil registra aumento de 80% nos casos de dengue em 2010; sete Estados concentram 81% das ocorrências

Do UOL Notícias
Em São Paulo

O Ministério da Saúde registrou do dia 1º de janeiro até o dia 3 de abril, 447.769 casos de dengue em todo o país. O número representa um incremento de 79,85% em relação ao mesmo período de 2009, quando foram notificados 248.970 casos. O balanço foi divulgado na tarde desta segunda-feira (10).

O levantamento indica ainda que 81% das notificações de dengue nas 13 primeiras semanas de 2010 estão concentradas em sete Estados, sendo que seis deles apresentam alta incidência em relação ao total da população. São eles: Acre (3.157,3 casos por 100 mil habitantes), Mato Grosso do Sul (2.507,8 casos/100 mil hab), Rondônia (1.585,1 casos/100 mil hab), Goiás (1.114,9 casos/100 mil hab), Mato Grosso (998,3 casos/100 mil hab) e Minas Gerais (490,5 casos/100 mil hab).

São Paulo também registrou incremento nos casos em relação ao ano passado. O Estado passou de incidência baixa (6,5 casos/100 mil hab) para média, com 152,6 casos/100 mil hab.

O Ministério da Saúde considera três níveis de incidência de dengue: baixa (menos de 100 casos/100 mil hab), média (de 100 a 300 casos/100 mil hab) e alta (mais de 300 casos/100 mil hab).

:: LEIA MAIS »

Bahia tem queda de 83,7% no número de notificações de casos de dengue

A Bahia registrou, no primeiro trimestre do ano, uma queda de 83,7% no número de notificações de casos de dengue. No mesmo período, houve uma redução superior a 600% no número de óbitos decorrentes da doença. Segundo levantamento da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep), da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), nos meses de janeiro, fevereiro e março desse ano, foram notificados 12.250 casos de dengue clássico e confirmados 101 casos da forma grave da doença – dengue com complicações, febre hemorrágica da dengue e síndrome do choque da dengue -, com seis óbitos. No mesmo período do ano passado, houve 75.463 notificações de dengue clássico, 328 casos graves da doença e 38 óbitos.
:: LEIA MAIS »

Comerciante de Itabela é a 5ª vítima de dengue hemorrágica na Bahia

O filho da vítima disse que a mãe teve sangramento e febre na véspera da morte. “Levamos para o hospital, mas ela não resistiu”, contou ele

ITABELA – A comerciante Sirlândia Rodrigues de Souza, 40 anos, moradora de Itabela, extremo sul baiano, morreu na semana passada com dengue hemorrágica, segundo atestado de óbito emitido pelo Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, cidade vizinha a Itabela.

Caso seja confirmada, será a quinta morte provocada pela doença este ano na Bahia.

O filho da comerciante, Esmeraldo Santos, disse que a mãe teve sangramento e febre na véspera da morte. “Levamos para o hospital, mas ela não resistiu”. :: LEIA MAIS »

Resultado da 1ª Prova da II Gincana “Todos Contra a Dengue”

Começou no dia 26 de março a II Gincana “Todos Contra à Dengue”, com a primeira prova onde cada uma das seis equipes participante tiveram que confeccionar faixas e cartazes com frases criativas de fácil compreensão que aborde sobre: O que é a dengue; sintomas da doença; o que fazer para combater a dengue; criadouros do mosquito, entre outros. Cada faixa deveria medir 2 metros x 0,70 metros e os cartazes deveriam medir 0,70 metros x 0,50 metros.

Classificação:

1ª Unidos Somos Mais – 500 pontos

2ª Criptonita – 450 pontos

3ª São Jaoquim – 370 pontos

4ª JUPEF – 150 pontos

5ª Abelhas Contra a Dengue- 0

6ª Vida- 0 :: LEIA MAIS »

Gincana “Todos Contra a Dengue” tem incrições prorrogadas até o dia 26 de março

Vitória da Conquista – A Prefeitura Municipal prorrgou o prazo de inscrição para a II Gincana Todos Contra a Dengue. Os interessados terão até o dia 26 de março para montar suas equipes e participar das atividades. O objetivo é estimular e despertar o interesse da população para combater, maneira participativa e alegre, o mosquito transmissor da dengue. Vitória da Conquista é a primeira cidade da Bahia a realizar uma ação desse tipo para combater a dengue. 

As inscrições são gratuitas e devem ser realizada na… :: LEIA MAIS »

Inscrições da Gincana “Todos Contra a Dengue” começam nesta segunda

Estimular a população de Vitória da Conquista a combater do mosquito da dengue de uma maneira participativa é o objetivo da segunda edição da gincana “Todos Contra a Dengue”.

Marcadas para começar nesta segunda-feira, 12, as inscriçoes da gincana acontecem até o dia 23 de março. Os interessados podem comparecer à Secretaria Municipal de Saúde, que fica na Rua Coronel Gugé, n° 211, sala 203, Centro. :: LEIA MAIS »

Brasil cria inseticida contra mosquito da dengue

foto: Correio*Depois de quase três anos de estudos, a Farmanguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), criou um inseticida biológico capaz de matar as larvas do mosquito da dengue em 24 horas.

A pesquisadora Elizabeth Sanches, que coordena o projeto, informou que o comprimido é inofensivo ao meio ambiente e à saúde humana e pode ser dissolvido em até 50 litros de água.

“A pastilha é colocada dentro da caixa d’água. Duas horas depois de ingerir o inseticida, a larva fica paralisada e impossibilitada de alimentar-se e morre depois de 24 horas. Além disso, o efeito do inseticida dura até 21 dias”. :: LEIA MAIS »

Caculé: Mutirão contra a Dengue visita bairros da cidade

 

Com o objetivo de relembrar a sociedade quanto às ações de combate a dengue, em Caculé, no Sudoeste baiano, vem sendo realizado a cada sexta-feira um Mutirão contra a Dengue em bairros da cidade, onde os agentes comunitários, juntamente com a equipe de obras e urbanismo do município, recolhem lixos e objetos que possam acumular água, além de orientar à população para continuar mantendo Caculé longe de registros da doença, que há 5 anos não apresenta nenhum caso da doença

Blog do Anderson

Alerta: Dengue dispara no país…

O número de casos de dengue no Brasil dobrou em relação aos dois primeiros meses do ano passado, mas ainda está abaixo do registrado em janeiro e fevereiro de 2007, quando houve o último grande surto da doença no país.
Como a contabilização do Ministério da Saúde, divulgada ontem em Brasília, só incluiu dados registrados até o dia 13, o Rio Grande do Sul aparece com apenas 28 infectados – bem abaixo dos 345 casos notificados desde o dia 22 em Ijuí, foco da contaminação no Estado. :: LEIA MAIS »

Dengue e mortes suspeitas são investigadas em SP

Estadão

SANTOS E RIBEIRÃO PRETO – A saúde do Guarujá agora é caso de polícia. Surpreendido com o aumento de número de Boletins de Ocorrência (BO) de morte suspeita, o delegado titular do município, Cláudio Rossi, instaurou um inquérito coletivo para apurar as causas de mais de 85 mortes ocorridas em fevereiro.

“É normal o registro de BO de morte suspeita, mas em fevereiro, esse número mais que dobrou. Somado a isso, há o fator dengue, com muitas reclamações de pessoas que tiveram alguns familiares mortos”, disse o delegado.

De acordo com o delegado, os BOs de morte suspeita são registrados sempre que os médicos não fornecem atestados de óbito, seja porque não tiveram tempo ou porque o paciente passou mal em casa e chegou ao Pronto Socorro morto.

“Algumas pessoas já relataram quando estavam registrando o BO que seus familiares foram mal atendidos, ou que foram dispensados e depois morreram”, diz o delegado, afirmando, entretanto, que no momento da dor da perda, é comum os familiares se revoltarem contra o sistema de saúde sem que esse seja necessariamente culpado.

No entanto, em mais de 30 anos na Polícia, Rossi nunca viu tantos casos de morte suspeita em um único mês e por isso optou pelo inquérito. “Nós vamos apurar para ver se houve imperícia médica, omissão de socorro ou falta de vaga nos hospitais da região”, afirmando que embora falta de vaga não seja crime, o Ministério Público precisa saber se tal informação confere para tomar as providências cabíveis.

Entre os casos apurados, há mortes na rede pública e na rede privada. O delegado vai ouvir depoimentos de familiares das vítimas, médicos e responsáveis pelas unidades de saúde onde elas foram atendidas. Além disso, a Polícia Civil vai avaliar as fichas médicas e os laudos técnicos sobre o estado de saúde de cada paciente que veio a óbito.

Epidemia em Ribeirão Preto

Os 1.791 casos de dengue deste ano ultrapassaram os 1.694 registrados em todo o ano de 2009, em Ribeirão Preto. Esse número indica que a cidade entra no quadro de classificação de epidemia, pois tem 318 casos por 100 mil habitantes.
As autoridades da saúde consideram que há epidemia quando a incidência da doença atinge 300 casos por 100 mil habitantes. A Secretaria Municipal de Saúde, no entanto, já considerava a situação como de epidemia, pois teme que ocorra explosão de casos entre março e abril – existem ainda 2.632 casos suspeitos. :: LEIA MAIS »

Total de casos de dengue no DF cresceu 335,8%

Agência Estado

O número de casos de dengue notificados no Distrito Federal, neste ano, já é 335,8% superior ao registrado no mesmo período de 2009. As informações constam do balanço atualizado hoje pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

Os números mostram que, desde janeiro deste ano, já foram registrados 1.425 casos suspeitos de dengue, com 390 infecções confirmadas. No mesmo período do ano passado, foram notificados 327 casos suspeitos e confirmados, 69. Este ano, o DF tem ainda dois casos suspeitos de morte por dengue, que ainda necessitam de confirmação laboratorial. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia