WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘debate’

No primeiro debate do segundo turno, Dilma e Serra fazem duelo aberto

Rodrigo Alvares e Jair Stangler/Estadão

 debate_ernesto_rodrigues_ae_10102010.jpg
Dilma surpreendeu no debate e partiu para o ataque, colocando a questão do aborto logo no primeiro bloco

No primeiro debate direto do segundo turno, promovido pela TV Bandeirantes, os candidatos Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) partiram para o confronto aberto. Antes do debate, esperava-se que os candidatos adotassem uma postura “paz e amor”. Mas a candidata petista sepultou essa possibilidade já no primeiro bloco, partindo para o ataque e abordando de imediato o tema que vem sendo apontado como responsável por a campanha ter ido ao segundo turno, a polêmica sobre o aborto.

Em suas primeiras falas, Dilma afirmou que foi Serra quem regulamentou a prática do aborto em casos específicos quando era ministro da Saúde. Disse ainda que concorda com a regulamentação, porque “não pode deixar de atender a mulher” que aborta. E reclamou também de declarações da mulher de José Serra, Monica Serra, que declarou ainda no primeiro turno, que Dilma era a favor de “matar criancinhas”. Serra rebateu dizendo nunca ter defendido a legalização do aborto. “Você defendeu e de repente passa e dizer outra coisa”, acusou.

A petista ainda acusou o tucano de realizar sua campanha fazendo calúnias contra Dilma. “Essa forma de fazer campanha, que usa o submundo, é correta?” Serra respondeu que se solidariza com quem recebe ataques pessoais. “Eu tenho recebido muitos ataques por toda a campanha, como nos blogs que levam o seu nome. Nós somos responsáveis por aquilo que pensamos. A população quer saber o que a pessoa fez na vida pública. Vocês confundem matérias de jornais com ataques”, declarou, citando o escândalo da Casa Civil e a polêmica sobre o aborto. :: LEIA MAIS »

Para Marina, Dilma e Serra evitaram confronto em debate

DAIENE CARDOSO – Agência Estado

A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, afirmou hoje que o debate de ontem na Rede Globo entre os presidenciáveis foi morno porque Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) evitaram o confronto. “O debate foi importante, mas a atitude dos principais candidatos em não quererem perguntar fez com que o debate ficasse frio e morno”, avaliou. “Uma coisa interessante é que no primeiro debate havia uma ansiedade muito grande de Dilma e Serra se confrontarem.”

A candidata observou que Serra mudou de atitude em relação a ela. “O Serra mudou, ele me elogiava bastante antes, mas eu acho que ele ficou um pouco irritado em função da pergunta sobre o Renda Mínima”, disse. Ela se considera a única em condição de vencer a favorita Dilma Rousseff. “Eu sou o segundo turno viável. Eu sou a que tem efetivamente condição de disputar com a Dilma. O Serra seria a repetição de 2006.”

:: LEIA MAIS »

Serra dar entrevista após último debate na TV

G1

Plinio fala sobre último debate: Assista

G1

Dilma fala após debate! Assista

G1

Assista o debate dos presidenciáveis na Record

R7

Financiamento público divide candidatos ao governo baiano

A Tarde

Candidatos defenderam criação da Corregedoria Geral do Estado durante seminário sobre corrupção

Adoção de mecanismos internos e externos de fiscalização dos gastos públicos, rigor na punição aos envolvidos com crimes de conduta, maior transparência nas decisões de governo. Estas são algumas das medidas de combate à corrupção propostas pelos candidatos ao governo baiano durante seminário promovido pelo Grupo A TARDE. Apesar de concordarem que a corrupção se combate com decisão política, a Bahia ainda não criou a sua Controladoria Geral do Estado, e o financiamento público de campanha não encontra consenso.

:: LEIA MAIS »

Eleições 2010: Debate na TV Aratu

Acontece nesta terça-feira na TV Aratu/SBT, às 11h45, com a mediação do apresentador Casemiro Neto, o segundo debate entre candidatos ao Senado pela Bahia.

Os concorrentes que vão participar do programa são José Ronaldo (DEM), Luiz Carlos rança (PSOL), Walter Pinheiro (PT) e César Borges (PR).

Na quinta-feira passada, estiveram presente no confroto de idéias Edson Duarte (PV), Zilmar (PSOL) Lídice da Mata (PSB), José Carlos Aleluia (DEM) e Edvaldo Brito (PTB).

Link – Quem não puder acompanhar a performace dos candidatos pela televisão, poderá acompanhar ao vivo pela internet através do link da Aratu, www.aratuonline.com.br/aovivo, no mesmo horário do programa. Do Tribuna da Conquista

José Serra e Dilma Rousseff polarizam primeiro debate na TV, com foco em saúde e emprego

do Estadão | EBAND

Tucano criticou o abandono dos mutirões de cirurgias da época em que era ministro e a petista comparou os 14 milhões de empregos da era Lula com os 5 milhões de FHC; Marina teve participação tímida e Plínio atacou ‘bom-mocismo’ de todos os rivais.

O primeiro debate entre presidenciáveis na TV, que ontem reuniu, na Band, os candidatos José Serra (PSDB), Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), acabou se transformando em um duelo entre os dois primeiros, que Serra tentou puxar para a saúde e Dilma para números e realizações do governo Lula.

Em um dos poucos momentos mais fortes, o tucano chamou de “cruel” o abandono dos mutirões de cirurgias pelo atual governo e a petista comparou os 14 milhões de empregos da era Lula com os 5 milhões do governo FHC.

Foi um confronto morno, sem emoção, a não ser nas curtas e duras críticas de Plínio aos demais. Dilma sobreviveu, com certo nervosismo e algumas frases longas e genéricas, ao seu primeiro grande teste público. Ao final do programa – que foi moderado por Ricardo Boechat, e tendo como perguntadores os jornalistas Joelmir Betting e José Paulo de Andrade – a petista conseguiu passar os avanços do governo Lula e Serra, além de exibir sua familiaridade com a saúde, prometeu “estatizar” de novo empresas como os Correios, que em sua opinião foram aparelhados pelo PT.

Os quatro responderam sem surpresas à primeira questão, sobre qual seria sua prioridade entre saúde, educação e segurança. Plínio advertiu que nesses três “há um problema de desigualdade social” a ser enfrentado “com firmeza”. Marina, com voz rouca, ressaltou educação, “porque a desinformação é responsável pela falta de oportunidade”, mas elegeu a saúde, “porque o brasileiro não pode esperar mais nenhum momento”. Serra disse que os três “são como três órgãos do corpo humano” e já adiantou que “criará um ministério para a segurança pública”. Dilma disse que uma gestão não pode ter a prioridade pedida na pergunta, “tem de atender aos três, que são os pilares de um governo”. :: LEIA MAIS »

Superpop – Programa de Luciana Gimenez chama Gretchen, forrozeiro e pastores gays para debater sobre a Bíblia. Assista ao vídeo

Nesta terça-feira a Bíblia foi o tema discutido no programa Super Pop da apresentadora Luciana Gimenez. Falando sobre homossexualismo, vida com Deus e interpretações da Sagrada Escritura, foram convidados os pastores gays Marcos Gladstone e Fábio Inácio, Gretchen, pastor Otoni de Paula Júnior (Missão Vida), Emanuel de Albertin (intérprete da música Adão e Ivo) e um pastor da Igreja Renascer em Osasco.

O debate foi marcado por discussão e, muitas vezes, até brigas entre os convidados.

Ao falarem sobre o tema homossexualidade o pastor da Igreja Contemporânea, Marcos Gladstone, contou que era pastor da igreja Renascer e que convivia com outro pastor gay. “Porém ele me falava para esconder isso. O que acontece hoje na nossa sociedade é que as pessoas vivem um relacionamento duplo”, disse.

Em defesa dos homossexuais o pastor Fábio Inácio citou uma passagem da Bíblia em que Jesus fala para o homem deixar seus pais e se unir a uma mulher. Porém o pastor disse que nem todos entenderiam essa passagem porque na época existiam os eunucos, pessoas que não praticavam o ato sexual ou que não possuíam o órgão sexual. :: LEIA MAIS »

‘Estado’ realiza debate nesta segunda entre dirigentes do PSDB e do PT

estadão.com.br

SÃO PAULO – O Grupo Estado promove na manhã desta segunda-feira, 10, mais uma edição dos Debates Estadão. Os presidentes nacionais do PSDB, Sérgio Guerra, e do PT, José Eduardo Dutra, são os convidados.

A partir das 10 horas, eles discutirão as diferenças ideológicas e programáticas entre os dois partidos que dirigem e os rumos que a pré-campanha presidencial está tomando. Este é o primeiro de uma série de debates que o Estado realizará ao longo do ano eleitoral.

A iniciativa de confrontar presidentes de partidos para debater seus programas é pioneira. Guerra é economista e está no segundo mandato de senador por Pernambuco. Ele preside o PSDB desde 2007. Dutra é geólogo e foi senador por Sergipe de 1995 a 2003. Depois disso, presidiu a Petrobrás e foi eleito para dirigir o PT em 2009. :: LEIA MAIS »

Dilma: ”O debate centrado na ética é muito bom para a gente”

Em sua primeira entrevista depois de sair do governo, a pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, afirmou ao Estado que o PT não se assusta com a discussão da questão ética – conforme proposto pelo José Serra, pré-candidato do PSDB, ao fazer um balanço de sua gestão em São Paulo. “Esse debate é muito bom para a gente”, afirmou, dando como exemplo “tudo o que foi feito” nas operações da Controladoria-Geral da União com a Polícia Federal. “Se teve um governo que levantou o tapete, foi o governo Lula. Antes não apareciam denúncias, porque ninguém apurava.”

 

Sem citar nomes, ela criticou a atuação da Procuradoria-Geral da República durante o governo Fernando Henrique. “Acabamos com a figura do engavetador-geral. Onde está o engavetador? A União não engaveta mais nada”, disse ela. “Nos sentimos muito à vontade em fazer essa discussão.”

Dilma reconheceu as falhas no sistema de saúde e propôs aumentar os investimentos em educação. Disse que os rivais terão de mostrar propostas para o País não ficar estagnado: “O Serra que me desculpe, mas ele não foi só ministro da Saúde. Foi ministro do Planejamento. Planejou o quê, hein?” :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia