WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


agosto 2022
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


:: ‘copa 2010’

Espanha conquista o mundo pela primeira vez

ANDRÉ RIGUE – estadão.com.br

O mundo se rendeu aos pés da Fúria. Em jogo dramático, violento e decidido apenas na prorrogação, os espanhóis passaram pela Holanda por 1 a 0 (gol de Iniesta), no Soccer City, em Johannesburgo, e faturaram o título da Copa do Mundo da África do Sul – o primeiro na história da Espanha, que tinha até então como melhor resultado um quarto lugar na Copa do Brasil, em 1950.

Eduardo Nicolau/AE

Eduardo Nicolau/AE

Casillas levanta a taça de campeão do mundo da Fifa

Especiais:
lista Tudo sobre a seleção espanhola
especialPAPEL DE PAREDE – 1024 / 1028
mais imagens GALERIA – Imagens da final
especial 
CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

A conquista da Espanha, conforme previsão do polvo Paul, não foi fácil. Apesar de ter o pior ataque na história de todos os campeões (apenas 8 gols), os espanhóis apresentaram um futebol de conjunto, com toque de passes, e tiveram de superar a violência holandesa para conquistar a taça. Os holandeses pela terceira vez amargaram um vice – perderam também em 1974 e 1978.

Além do Brasil, a Espanha se tornou a primeira seleção a conquistar um título Mundial longe de seu continente. A taça na África do Sul fez o país escrever seu nome na seleta galeria de campeões, que conta com Brasil (cinco), Itália (quatro), Alemanha (três), Uruguai (dois), Argentina (dois), França (um) e Inglaterra (um). :: LEIA MAIS »

Copa 2014: Teixeira condiciona novo técnico a renovação obrigatória

AE – Agência Estado

O novo treinador da seleção brasileira precisará obrigatoriamente fazer um trabalho de renovação e ser exclusivo da CBF, não podendo conciliar cargos. Esses requisitos foram revelados pelo presidente da entidade, Ricardo Teixeira, em entrevista ao programa Bem, Amigos, do SporTV, nesta segunda-feira, um dia depois da demissão de toda a comissão técnica que disputou a Copa do Mundo da África do Sul.

Arquivo/AE

Arquivo/AE

Ricardo Teixeira quer também baixar a idade média dos jogadores seleção brasileira

 Teixeira deixou claro que o novo projeto da CBF será de cinco anos, citando todas as competições que a seleção disputará até o fim de seu mandato, em abril de 2015. Em 2011, o Brasil terá pela frente o Campeonato Sul-Americano Sub-20, qualificatório para a próxima Olimpíada; em 2012, a Olimpíada de Londres; em 2013, a Copa das Confederações; em 2014, a Copa do Mundo; e em 2015, a Copa América. Estes três últimos torneios serão realizados no Brasil. :: LEIA MAIS »

Felipe Melo é xingado e se assusta com tumulto na chegada da seleção

do Globoesporte.com

Além do volante, Gilberto, Juan, Thiago Silva, Julio Cesar, Kleberson, o auxiliar Jorginho e o médico José Luiz Runco desembarcaram no Rio

 

Felipe Melo faz cara de assustado no desembarque da seleção

Os jogadores da seleção brasileira foram recebidos por cerca de 100 torcedores e um batalhão de jornalistas no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. Depois de dez horas de voo, o avião que partiu de Joanesburgo, na África do Sul, chegou às 2h05m (de Brasília) deste domingo, mas os atletas começaram a desembarcar apenas 50 minutos depois do pouso. Houve muita confusão e correria, principalmente quando o volante Felipe Melo apareceu. Alguns carros esperavam os jogadores, que saíram por dois portões diferentes.

 A saída de Felipe foi a mais tensa. Escoltado por um segurança, ele aproveitou o momento em que os zagueiros Juan e Thiago Silva falavam com os jornalistas para deixar o local. O jogador era esperado pelo pai em uma caminhonete. O veículo foi cercado por fotógrafos, cinegrafistas e torcedores. Para abrir caminho, foi preciso acelerar e buzinar. Felipe Melo foi xingado, chamado de “vacilão” e se assutou com o tumulto.

 Júlio César desmorona nos braços da mãe:

Por outro lado, o goleiro Julio Cesar foi bem recebido. No momento em que saía, se emocionou com os aplausos e com o carinho das pessoas que o aguardavam no portão. O camisa 1 falou rapidamente com a imprensa e deixou o aeroporto em um carro particular. Chorando muito, foi consolado pela mãe. :: LEIA MAIS »

Um dia após zombarem do Brasil, Argentina é eliminada pela Alemanha em goleada para ficar na história

do Globoesporte.com

Sob o comando de Schweinsteiger, seleção vence por 4 a 0 e manda os hermanos para casa; Klose marca duas vezes e fica a um gol de Ronaldo

Maradona assiste sua Argentina ser desclassificada “de quatro”

 

A torcida argentina comemorou bastante a eliminação do Brasil na sexta-feira, mas a festa dos hermanos não durou mais que um dia. Desta vez, a Alemanha não precisou de pênaltis e nem de sofrimento, como em 2006: sem dar chances ao time de Diego Maradona, os alemães aplicaram um chocolate inapelável por 4 a 0 na Cidade do Cabo e estão classificados para a semifinal da Copa do Mundo. Como disse o diário “Olé” para os brasileiros, os argentinos agora também podem comprar uma televisão para assistir ao restante do Mundial no conforto do sofá de casa.

Maradona desfilando sem roupa no Obeslico em Buenos Aires? Fica para a próxima. Na última Copa, a Alemanha também eliminou a Argentina nas quartas de final, mas com uma sofrida decisão por pênaltis. Neste sábado, no Green Point, não deu nem tempo de roer as unhas: Müller abriu o placar antes do terceiro minuto de jogo e fez o gol mais rápido do torneio na África do Sul. Depois recebeu um cartão amarelo e está fora da semifinal. Klose marcou duas vezes e agora tem 14 em Copas, um a menos que o recorde de Ronaldo. O zagueiro Friedrich também deixou o seu. Schweinsteiger não marcou, mas foi o maestro do time e acabou sendo eleito o melhor da partida pelos internautas no site da Fifa.A torcida argentina era maioria no estádio, mas quem riu por último foi o meia Michael Ballack, que ficou fora da Copa por contusão, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, ambos presentes no estádio. Melhor jogador do mundo em 2009, Lionel Messi teve atuação apagada e deixou a competição sem nenhum gol marcado.

A seleção de Joachim Löw agora espera o vencedor de Paraguai x Espanha, ainda neste sábado, às 15h30m, para saber quem será seu rival na próxima quarta-feira, em Durban, pela semifinal. Um dia antes, Uruguai e Holanda decidem na Cidade do Cabo o primeiro finalista. :: LEIA MAIS »

Dunga pede desculpas à torcida por palavrões e se emociona com pai

do Globoesporte.com

Técnico se retratou depois de ter balbuciado palavras fortes em coletiva no último domingo. Pai do treinador está internado no Rio Grande do Sul

Nesta quinta-feira, Dunga falou pela primeira vez depois de ter xingado um jornalista durante a coletiva de imprensa pós-jogo com a Costa do Marfim – vitória por 3 a 1. O comandante da seleção brasileira, porém, pediu desculpas somente ao torcedor brasileiro pelos palavrões e reivindicou mais tranquilidade para exercer o seu trabalho.- Quero pedir desculpas ao torcedor brasileiro, porque ele tem sempre nos apoiado e não tem nada a ver com os meus problemas pessoais ou alguma outra situação. Como brasileiro e como todo torcedor, só quero que me deixem trabalhar. O torcedor tem de estar feliz com a seleção – disse.

No último domingo, o problema de Dunga foi com Alex Escobar, apresentador e comentarista da TV Globo. Enquanto respondia a uma pergunta sobre Luis Fabiano, o técnico viu o jornalista balançar a cabeça. Ele parou de responder, perguntou a Escobar o que estava acontecendo e depois começou a sussurrar palavrões, captados pelos microfones e transmitidos ao vivo para todo o mundo. :: LEIA MAIS »

Dunga xingando jornalista da Globo lidera ranking mundial do YouTube

do Info Online

O vídeo onde o técnico Dunga aparece xingando o jornalista Alex Escobar se espalhou pelo YouTube. Os dez vídeos mais vistos no YouTube hoje trazem as imagens da coletiva de imprensa onde o episódio ocorreu.

Somados, os três primeiros superam 1 113 milhão de acessos. O primeiro e o segundo foram extraídos do Fantástico (Globo), e o terceiro do Terceiro Tempo (Band). Para acessar o ranking, clique aqui.

O treinador da seleção brasileira ironizou e falou palavrões para o jornalista Alex Escobar na coletiva de imprensa após a vitória do Brasil contra a Costa do Marfim, no domingo.

Em resposta, o jornalista da Globo, Tadeu Schmidt disse que “O técnico Dunga, no comando da seleção há quase quatro anos, não apresenta nas entrevistas comportamento compatível com a imagem de alguém tão vitorioso no esporte.” :: LEIA MAIS »

O BRASIL MAIS UMA VEZ NA TORCIDA: Vitória sobre a Costa do Marfim vale vaga nas oitavas de final da Copa 2010

do Globoesporte.com

Brasil tenta vaga diante da Costa do Marfim. Drogba e Gilberto Silva estão escalados para o confronto

 

Julio Cesar x Drogba: duelo de estrelas

Orgulho e amor. Este é o lema que os jogadores da seleção carregam no peito nesta Copa do Mundo. Está oculto. Atrás do escudo da CBF na camisa canarinho. Orgulho de ser brasileiro e amor pelo futebol. Neste domingo, às 15h30m (de Brasília), no Estádio Soccer City, em Joanesburgo, o Brasil vai colocar os dois sentimentos à prova contra um país que também carrega a sua história no uniforme. A Costa do Marfim, conhecida por seus elefantes africanos, com suas presas valiosas, leva o seu orgulho nacional na altura do coração.

O país africano ganhou fama internacional pela caça indiscriminada dos animais. Tudo para a extração das presas, que continham uma alta quantidade de marfim, matéria-prima na produção de jóias, bolas de bilhar, teclas de piano e objetos de decoração. Só no continente da Copa de 2010, mais de 600 mil elefantes foram mortos nos últimos 40 anos. Com a proibição da comercialização do produto, em 1989, o valor aumentou de US$ 100 (R$ 177) para US$ 1.800 (R$ 3,2 mil) no mercado negro.

:: LEIA MAIS »

Dunga valoriza vitória na estreia, mas diz que time pode fazer mais

ANDRÉ CARDOSO – Agência Estado

Dunga valorizou a vitória na estreia da Copa do Mundo, mas admitiu que a seleção brasileira pode render mais do que mostrou nos 2 a 1 sobre a Coreia do Norte, nesta terça-feira, no estádio Ellis Park, em Johannesburgo. “Estou satisfeito pela vitória, mas a gente quer sempre mais, nunca se contenta”, explicou o treinador.

Wilton Júnior/AE

Wilton Júnior/AE

Dunga substituiu Kaká no segundo tempo

Veja também:
link JOGO –
Leia como foi Brasil 2×1 Coreia do Norte
especial RAIO-X – Os números da partida
especialRAIO-X – Os números da partida
mais imagens OLHAR SOBRE O MUNDO: A estreia
mais imagens GALERIA – Imagens de Brasil x Coreia
tabela TABELA – Jogos | Classificação | Simulador

Durante a entrevista coletiva após o jogo, Dunga lembrou que a estreia é sempre “muito difícil”. “Tem a ansiedade e o nervosismo”, explicou o treinador. Para piorar a situação, ele contou que enfrentar um adversário “totalmente fechado”, como a Coreia do Norte, dificultou a vida da seleção brasileira.

“O Brasil fez uma boa partida, principalmente no segundo tempo. No primeiro, faltou um pouco de velocidade”, avaliou Dunga, que ainda elogiou a atuação do adversário. “Vocês têm que ver também que a movimentação da Coreia para fechar os espaços na defesa era quase perfeita”.

:: LEIA MAIS »

Campeã do mundo, Itália estreia com empate na Copa

LUIZ RAATZ – estadão.com.br

SÃO PAULO -Ao contrário da Alemanha, que surpreendeu com um futebol ofensivo na estreia da Copa, a Itália começou a luta pelo penta na África do Sul como a boa e velha Azurra de sempre. Os campeões mundiais empataram com o Paraguai em 1 a 1 debaixo de chuva na Cidade do Cabo em um jogo de muita marcação e taticamente bem disputado. Os gols saíram de jogadas de bola parada.

 O técnico Marcello Lippi até tentou inovar, colocando três atacantes – Iaquinta, Gilardino e Pepe – para agredir os sul-americanos, mas boa defesa paraguaia conseguiu neutralizá-los.

 Pelo lado do Paraguai, Lucas Barrios, nascido na Argentina e que se naturalizou às pressas para substituir Salvador Cabañas, que se recupera de um tiro na cabeça desde janeiro, teve uma atuação discreta.

  :: LEIA MAIS »

África do Sul dá início ao sonho Copa do Mundo

ANDRÉ AVELAR – estadão.com.br

Hassan Ammar/AP

Jacob Zuma e Joseph Blatter na abertura da cerimônia de abertura da Copa

SÃO PAULO – A bola ainda não começou a rolar, é verdade. Ainda assim, a África do Sul já deu nesta quinta-feira, 10, mostras do que será a 19.ª edição da Copa do Mundo Fifa. Em uma cerimônia de abertura cercada de orgulho e colorido, no Orlando Stadium, em Soweto, cerca de 30 mil pessoas foram ao delírio em um misto de show, política, mas sobretudo, alegria por receber pela primeira vez o evento.

Eterno líder revolucionário, o ex-presidente sul-africano Nelson Mandela não compareceu ao estádio. Aos 91 anos e com a saúde debilitada, suas aparições daqui em diante serão cada vez mais raras. No entanto, o símbolo do fim do regime do apartheid é aguardado na partida inaugural.

Primeira vez no continente africano, foi a primeira vez também que a cerimônia de abertura não aconteceu no mesmo dia do jogo de abertura – a organização temia estragos demasiados no gramado. Nesta sexta, a anfitriã África do Sul enfrenta o México, no Soccer City, às 11 horas. Às 15h30, também pelo Grupo A, é a vez do Uruguai encarar a França, no Green Point Stadium.

Show. A cerimônia começou pontualmente às 20 horas (15 horas de Brasília). Tambores tribais abriram os trabalhos com ritmos e cores variados no palco. Em seguida, o internacionalmente conhecido sucesso Pata pata, na voz da jovem revelação local Lira, ao lado do trompetista Hugh Masekela.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia