WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘comércio’

Oi não poderá cobrar pelos dias em que o serviço estiver inoperante, alerta o Procon da Bahia

A Tarde
Pane afeta serviços bancários e transações eletrônicas no comércio, que já ameaça entra na Justiça contra a Oi

A partir do meio-dia desta quinta-feira, 23, a empresa de telefonia Oi distribuirá aparelhos de celular com chip e modens 3G para os clientes impedidos de utilizar a telefonia fixa e o acesso à internet, no Centro de Convenções do Hotel Fiesta, por conta do incêndio no prédio da empresa no Itaigara. De acordo com a empresa, ainda existem 29 mil clientes da telefonia fixa e 17 mil de internet sem acesso aos serviços por conta do problema.

Nesta quarta, 22, a situação começou a se normalizar, mas os efeitos da pane nas comunicações ainda eram percebidos. Serviços públicos, como de intermediação de mão-de-obra, funcionaram precariamente, por exemplo. E isso sem contar os centros comerciais que aproveitaram para divulgar que as compras de fim de ano poderiam ser feitas normalmente.

Ainda nesta quarta, o Procon-BA informou em nota à imprensa que está cobrando da Oi um posicionamento a respeito das faturas do mês de dezembro. De acordo com a superintendente do órgão, Cristiana Santos, a informação é um direito garantido pelo Código de Defesa do Consumidor, razão pela qual a empresa tem o dever de ir a público, por todos os meios de comunicação disponíveis, para prestar esclarecimentos.

A superintendente destacou, ainda, que a empresa não poderá cobrar pelos serviços não prestados durante o período de indisponibilidade, o que poderia ser caracterizado como enriquecimento sem causa.

Solução emergencial – “Essa é uma solução para a emergência”, avisou, nesta quarta, o diretor de relações institucionais da Oi, Carlos Ademar de Aragão, durante encontro com a imprensa, na sede da empresa, na Avenida Silveira Martins (Cabula). Além dessas primeiras medidas, ele divulgou outras, de natureza intermediária, e a definitiva, que passa pela instalação de novas centrais telefônicas.

A empresa deslocou um contingente de 100 técnicos para avaliar  a extensão dos danos. Estimativas extraoficiais apontam prejuízo de, no mínimo, R$ 300 milhões. :: LEIA MAIS »

Encalhe junino antecipa promoções de inverno no comércio baiano

do A Tarde

Descontos que chegam a até 60% tentam fazer frente ao fraco movimento do período

 Nada de esperar agosto. As promoções de invernodeste ano já chegaram. Antes mesmo do São João, muitas lojas anunciavam ofertas especiais edescontos para seduzir os soteropolitanos a irem às compras. Além disso, os vendedores confirmam que o início de julho  promete ofertas ainda maiores.

 Com um cenário tão convidativo, os alertas dosespecialistas também são incisivos: “cuidado com  as decisões por impulso e gastos além da conta. Primeiro o orçamento, depois o desejo de compra”.

  :: LEIA MAIS »

Vendas do varejo cresceram 5,9% em 2009, mostra IBGE

G1

As vendas do comércio varejista brasileiro tiveram queda de 0,4% em volume na passagem de novembro para dezembro, no primeiro recuo desde abril, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com o resultado, o setor fechou o ano com expansão de 5,9% – abaixo da taxa de 9,1% registrada no ano anterior.
Na comparação com dezembro de 2008, houve expansão de 9,1% em volume de vendas. Em receita, o mês de dezembro viu queda de 0,4%. Já o ano de 2009 teve alta de 10,0%.
No ano passado, o segmento hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, com alta e 8,3%, foi o maior responsável pela expansão do varejo, respondendo por 67,8% da taxa anual. “Este desempenho reflete, principalmente, o aumento do poder de compra da população decorrente do aumento da massa de salário da economia (obtida pela melhora da renda e do emprego) e da expansão do crédito”, diz o IBGE em nota. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia