WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


março 2020
D S T Q Q S S
« fev    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘armas nucleares’

Documentos revelam que Israel possui armas nucleares, diz ‘The Guardian’

estadão.com.br

SÃO PAULO- Documentos secretos sul-africanos revelam que Israel ofereceu a venda de armas nucleares para o regime do apartheid, segundo o jornal britânico The Guardian. Esta é a primeira prova oficial de que o Estado judeu possui armas nucleares.

As ultra-secretas atas de reuniões entre oficiais dos dois países em 1975 evidenciam que o então ministro de Defesa da África do Sul, PW Botha, solicitou as armas, e Shimon Peres, então colega de Botha e atual presidente israelense, respondeu com uma oferta de armas “em três tamanhos”. Os dois também assinaram um acordo militar que deveria permanecer secreto.

Os documentos, descobertos por um acadêmico americano, Sasha Polakow-Suransky, em uma pesquisa para um livro sobre a relação entre os dois países, são a primeira evidência de que Israel têm armas nucleares, apesar de sua política de “ambiguidade”, que não confirma, nem nega a possessão de tais artefatos.

As revelações serão embaraçosas para o governo de Israel, particularmente nesta semana em que discussões sobre não proliferação nuclear em Nova York irão focar no Oriente Médio.

Elas também desacreditam Israel, que até então afirmava que, se realmente possuísse tais armamentos, não iria usá-los erroneamente, enquanto países como Irã não seriam confiáveis.

Segundo os documentos sul-africanos, o país queria armas nucleares para possíveis ataques a nações vizinhas.

EUA e Rússia chegam a acordo nuclear e reduzirão arsenal em 30%

 Os presidentes dos EUA, Barack Obama, e da Rússia, Dmitri Medvedev, fecharam um acordo para um histórico tratado de redução de armas nucleares nesta sexta-feira. O tratado, que contempla a redução de 30% das ogivas nucleares, será assinado em 8 de abril em uma cerimônia em Praga, na República Checa.

Pelo acordo, cada um dos países terá direito a manter apenas 1.550 ogivas. Além disso, segundo a Casa Branca, EUA e Rússia só poderão ter 800 vetores estratégicos, como são chamados os equipamentos que permitem lançamentos à longa distância, como mísseis intercontinentais, submarinos e bombardeiros estratégicos.

AP
Da esq. para dir.: Mullen, Hillary, Obama e Gates anunciam acordo nuclear
Da esq. para dir.: Mullen, Hillary, Obama e Gates anunciam acordo nuclear

Após meses de impasse, o acordo para o tratado que substituirá o pacto Start (Tratado de Redução de Armas Estratégicas), da era da Guerra Fria, é a mais importante conquista de política externa de Obama desde que chegou ao poder e também reforça seu esforço para “reiniciar” os laços dos EUA com Moscou.

“Tenho a satisfação de anunciar que, após um ano de negociações intensas, EUA Unidos e Rússia alcançaram o mais abrangente acordo de controle de armas em quase duas décadas”, disse Obama, que fez os retoques finais no acordo histórico em um telefonema a Medvedev. :: LEIA MAIS »

Irã ameaça reagir a sanções e fazer com que países se arrependam

BBC Brasil

Ahmadinejad, afirmou nesta terça-feira que a comunidade internacional pode se “arrepender” caso aprove mais sanções contra seu país.

Em uma entrevista coletiva em Teerã, Ahmadinejad afirmou que os outros países devem pensar duas vezes antes de tentar impor limites ao programa nuclear iraniano.

“Qualquer decisão que eles tomem certamente não vai nos causar problemas”, disse o líder iraniano. “Não estamos encorajando uma repetição dos erros deles, mas isso não vai nos gerar problemas. Vai causar problemas apenas para eles.”

“Se alguém faz algo contra o Irã, então nossa resposta não será a mesma do passado, não será um aconselhamento ou explicação”, acrescentou. “Nós definitivamente vamos reagir e fazer com que eles se arrependam.” :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia