WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘aposentadoria’

Serra deve presidir instituto tucano

Christiane Samarco, de o Estado de S.Paulo

BRASÍLIA – O PSDB já tem a fórmula para não entregar a presidência nacional do partido ao candidato derrotado José Serra, nem tampouco forçar a aposentadoria do expoente tucano, deixando-o sem tribuna. Para preservar aquele que arrebanhou 43,7 milhões de votos e valorizar o “racha” do eleitorado pela oposição, Serra deverá assumir a presidência do Instituto Teotônio Vilela (ITV) de estudos e pesquisas do PSDB.

Esta é a alternativa que os tucanos vislumbram para reservar a Serra um espaço confortável na estrutura partidária, que lhe permita agir como oposição tucana e não afronte as resistências à ideia de abrigá-lo na presidência da legenda, como ocorreu depois da eleição de 2002.

O tucanato avalia que a saída tem múltiplas vantagens, a começar por livrar Serra do título de “candidato derrotado”, conferindo-lhe um posto de “presidente” sem aprofundar o racha entre paulistas e mineiros ligados ao senador eleito Aécio Neves (PSDB-MG). :: LEIA MAIS »

Senado aprova projeto que facilita aposentadoria de idosos

NOELI MENEZES

Um projeto aprovado nesta terça-feira no Senado facilita a concessão de aposentadoria de um salário mínimo a idosos e portadores de deficiência.

O substitutivo do relator do texto, senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), prevê a ampliação do número de beneficiados, uma vez que “considera incapaz de prover a manutenção da pessoa portadora de deficiência ou idosa a família cuja renda mensal per capita seja inferior a meio salário mínimo”. Atualmente, a família do beneficiado deve ter renda per capita de até 25% do salário mínimo.

O projeto visa atingir, no prazo de dez anos, idosos e deficientes cujas famílias têm renda mensal per capita de um salário mínimo, segundo Crivella. :: LEIA MAIS »

Câmara pode votar reajuste das aposentadorias acima do mínimo

O plenário da Câmara pode votar hoje (13) à tarde a Medida Provisória (MP) 475/09 que prevê reajuste de 6,5% para os aposentados que ganham acima de um salário mínimo.
O líder do governo na Câmara e relator da MP, deputado Candido Vaccarezza (PT-SP), apresenta hoje seu parecer sobre o assunto. Ele também vai conversar sobre o tema com os partidos aliados, a fim de fechar acordo em torno de um reajuste de 7%.
:: LEIA MAIS »

Justiça considera estágio para aposentadoria

Uma decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (São Paulo e Mato Grosso do Sul) permitiu que o tempo de estágio de um trabalhador fosse considerado como tempo de contribuição para a aposentadoria.

De acordo com a decisão, que foi dada a um segurado que estagiou na Polícia Mirim de Lins (SP), o tempo de estágio deve ser reconhecido para fins previdenciários. A decisão considerou que, no caso, o estágio foi exercido sob condições que caracterizam vínculo empregatício. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia