WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


abril 2019
D S T Q Q S S
« mar    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: ‘alagoas’

Brasil tem hoje deficit de 200 mil vagas no sistema prisional

 G1, em São Paulo

 
Info deficit em presídios (Foto: Arte/G1)

O Brasil tem hoje um deficit de 200 mil vagas no sistema penitenciário. Um levantamento feito peloG1 com os governos dos 26 estados e do Distrito Federal mostra que a população carcerária atual é de 563.723 presos. Só há, no entanto, 363.520 mil vagas nas unidades prisionais do país.

O número de presos é mais de quatro vezes o registrado há 20 anos. Atualmente, há 280 detentos por 100 mil habitantes. Em 1993, a proporção era de 85 para cada 100 mil.

Os dados obtidos pela reportagem são os mais atualizados disponíveis, referentes ao fim de 2013 e ao início de 2014. O Ministério da Justiça, por exemplo, só tem os relativos a 2012. Na comparação, é possível constatar, em um ano, o aumento de quase 14 mil presos. :: LEIA MAIS »

Alagoas decreta estado de emergência de saúde pública

Julia Baptista, da Central de Notícias

SÃO PAULO – Alagoas decretou estado de emergência de saúde pública por causa da situação de risco para ocorrência de casos de doenças transmissíveis ou não. A informação foi anunciada nesta terça-feira, 29, pela Secretaria de Estado da Saúde, no primeiro boletim epidemiológico das áreas atingidas pelas enchentes que castigaram o Estado nas últimas semanas. Seis casos de leptospirose já foram registrados.

Veja também: :: LEIA MAIS »

Número de mortos pelas chuvas no Nordeste sobe para 44

estadão.com.br

SÃO PAULO – Subiu para 44 o número total de vítimas das chuvas nos Estados de Alagoas e Pernambuco. Na noite desta terça-feira, 22, mais três corpos foram encontrados em Pernambuco, o que elevou para 15 o número de óbitos no Estado, segundo a Defesa Civil. Em Alagoas, os números permanecem os mesmos, com 177.282 afetados, 15 municípios em calamidade pública, 29 mortos e 607 desaparecidos.

De acordo com a Defesa Civil de Pernambuco, dois corpos foram resgatados em Água Preta e o terceiro em Barreiros. As vítimas ainda não foram identificadas. Os números de desabrigados e desalojados são de 17.808 e 24.552, respectivamente.

Na terça, o governo federal liberou R$ 100 milhões para Alagoas e Pernambuco. Metade desse valor já foi encaminhada aos estados para os primeiros atendimentos à população. O resto será enviado quando a Casa Civil receber o relatório com os estragos. A burocracia, porém, deve fazer com o que a verba só chegue de fato à população em pelo menos um mês. :: LEIA MAIS »

‘Casas caíam como efeito dominó’, diz morador de Alagoas

do G1

O município de Rio Largo, em Alagoas, foi um dos mais prejudicados pela chuva que atingiu o estado. Na cidade, cerca de 4 mil pessoas perderam suas casas.


Um morador descreveu o momento em que a água invadiu a cidade. “Nunca na minha vida eu vi uma coisa dessas. As casas caíam como efeito dominó, vinham caindo uma atrás da outra”, disse.

O casal Luís e Maria do Carmo visitou, nesta terça-feira (22), o local onde ficava a casa em que vivia. O imóvel foi arrastado pela correnteza do Rio Mundaú (AL). :: LEIA MAIS »

Justiça de Alagoas revoga prisão de padre acusado de pedofilia

Carlos Madeiro
Especial para o UOL Notícias
Em Maceió

Depois de 18 dias preso, a Justiça de Alagoas revogou nesta quinta-feira (6) a prisão preventiva e concedeu liberdade ao monsenhor Luiz Marques Barbosa, 83, acusado de abusar sexualmente de coroinhas em Arapiraca (a 122 km de Maceió). A decisão foi do juiz Jonh Silas da Silva, da 8ª Vara Criminal e Execução Penal do município.

A decisão impõe que o monsenhor não deixe a cidade sem autorização e que compareça à Justiça sempre que for chamado. Barbosa foi flagrado em um vídeo fazendo sexo com um ex-coroinha de 18 anos.

O monsenhor havia sido preso no último dia 18, após prestar depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia, do Senado, em Arapiraca. O argumento utilizado pelo presidente da CPI, senador Magno Malta (PR-ES), para o pedido foi que ele havia tirado um passaporte no início do ano e poderia fugir do país durante as investigações.

Dois dias depois de decretada a prisão, a Justiça concedeu o benefício da prisão domiciliar, devido a problemas de saúde do religioso.

No último dia 27, Barbosa, o monsenhor Raimundo Gomes e o padre Edilson Duarte foram indiciados pela Polícia Civil pelo crime de abuso sexual de menores. Além desse crime, o padre Edilson também foi indiciado por “importunismo ofensivo ao pudor” e ameaça, enquanto Barbosa foi enquadrado também por oferecer bebidas alcoólicas a menores de 18 anos. Eles podem pegar penas entre quatro e 30 anos de prisão.

:: LEIA MAIS »

Polícia Civil indicia padres suspeitos de exploração sexual em Alagoas

Fabiana Marchezi, do estadão.com.br

SÃO PAULO – A Polícia Civil de Alagoas indiciou na última terça-feira, 27, os três padres suspeitos de exploração sexual contra adolescentes no município de Arapiraca. Um dos religiosos, o monsenhor Luiz Marques Barbosa, de 83 anos, cumpre prisão preventiva em regime domiciliar há dez dias, depois de prestar depoimento na CPI da Pedofilia.

De acordo com a delegada Bárbara Arrais, uma das responsáveis pelo inquérito policial, a pena para o crime de exploração sexual pode variar de quatro a dez anos de prisão. Um dos padres também foi indiciado por ameaça e importunação ofensiva ao pudor.

Ainda segundo a delegada, agora, o relatório da investigação será analisado pelo Ministério Público Estadual, que deve decidir pela realização de novas diligências ou oferecer denúncia contra os indiciados. :: LEIA MAIS »

Alagoas investiga a morte de 21 bebês somente em abril em maternidade pública

MACEIÓ – A Vigilância Sanitária Estadual de Alagoas está investigando a morte de 21 bebês neste mês de abril na Maternidade-Escola Santa Mônica, a única unidade de saúde do estado especializada em atendimento a gestantes de alto risco. A maternidade é pública. Cinco das mortes foram por infecção hospitalar.

– A situação da maternidade é desesperadora. A Santa Mônica opera muito acima da sua capacidade e sabemos que os profissionais fazem tudo aquilo que é possível, mas, mesmo assim, a realidade é complicada – disse o coordenador da Vigilância Sanitária, Paulo Bezerra.

O coordenador afirmou que os técnicos da Vigilância vão inspecionar o prédio para checar se todos os equipamentos hospitalares e instrumentos estão sendo utilizados de forma correta. :: LEIA MAIS »

Malta faz relato de reunião da CPI da Pedofilia em Alagoas

O senador Magno Malta (PR-ES), que preside a CPI da Pedofilia , fez um relato nesta terça-feira (20) sobre reunião da comissão ocorrida em Arapiraca (AL), há duas semanas. Os integrantes da CPI foram ouvir os depoimentos de ex-coroinhas que acusaram padres e dois monsenhores da Igreja Católica de abuso sexual.

O parlamentar disse que o inquérito policial envolvendo denúncia de abuso sexual de menores praticado por religiosos enfrenta sempre grandes dificuldades porque as pessoas convocadas ficam reticentes ou se calam devido ao que ele chamou de “império do medo”.

– É uma denúncia de ex-coroinhas que não aguentavam mais o fardo do abuso e, mais que isso, do império do medo sobre suas cabeças. E o império do medo inclui: ‘Olha, se você falar alguma coisa, quem vai acreditar em você? Eu tenho poder. Aqui, todo mundo beija a minha mão. Veja os políticos: eles passam por aqui, tiram fotos comigo para ter o voto dos fiéis. Ninguém vai acreditar em vocês’ – disse o senador. :: LEIA MAIS »

Padre admite abusos à CPI da Pedofilia e pede proteção

Um padre admitiu que abusou sexualmente de ex-coroinhas menores de idade, em depoimento à Comissão Parlamentar do Inquérito (CPI) que apura casos de pedofilia o Brasil. A confissão foi feita em depoimento do religioso ao presidente da CPI, senador Magno Malta (PR-ES), durante audiência da Comissão no Fórum da Justiça Estadual, em Arapiraca, a 146 quilômetros de Maceió.

O padre disse ainda que os outros dois religiosos, que são monsenhores, também abusavam de ex-coroinhas desde que eles tinham 14 anos de idade. Além disso, ele afirmou que o dinheiro do dízimo (das oferendas) era usado para pagar os menores que foram aliciados por ele e os outros dois religiosos. :: LEIA MAIS »

Alagoas: Homem é preso por morder, arrancar e engolir lábios da mulher

Um homem foi preso na noite de quarta-feira (7) em Maceió acusado de ter arrancado e engolido parte do lábio inferior de sua esposa.

Segundo policiais, José Cícero da Silva, 39 anos, teria chegado em casa embrigado e durante uma discussão com a esposa, Maria José da Silva, 23 anos, avançou sobre a mulher, arrancando parte de seu lábio e em seguida engolido.

Testemunhas afirmaram que José costuma agredir Maria José com frequência, que foi encaminhada ao Hospital Geral do Estado de Maceió e submetida à cirurgia.

:: LEIA MAIS »

Menino sequestrado em Alagoas é encontrado pedindo esmola em Campos

Um menino de 10 anos, sequestrado há dois anos em Alagoas, foi encontrado em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. Desde dezembro ele está num abrigo da cidade, mas esta semana, depois de várias entrevistas com psicólogos e assistentes sociais, sua família foi localizada.

Segundo as investigações, o sequestrador o obrigava a pedir esmolas na rua e, quando preso, afirmou que o menino era seu filho. Com ele estava uma outra criança, também sequestrada, que, como é de Campos, logo voltou para casa.

O reencontro está previsto para a semana que vem, quando uma audiência na Vara de Infância e Juventude foi marcada com seus pais e um representante do Ministério Público, em Campos. Enquanto o dia não chega, ele vem matando as saudades de Alagoas com fotos e lembrando dos seis irmãos.

Ônibus com time de futebol pega fogo após acidente em Alagoas

Um ônibus que trazia um time de futebol da cidade de Murici (Alagoas) pegou fogo, na noite de domingo (21), depois de colidir com uma motocicleta. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o acidente ocorreu no quilômetro 144 da BR-101, próximo à cidade de Teotônio Vilela. :: LEIA MAIS »

CPI da Pedofilia vai apurar assédio de padres a coroinhas em Alagoas

MACEIÓ, SÃO PAULO – Integrantes da CPI da Pedofilia visitarão a cidade de Arapiraca, em Alagoas, onde os padres Luiz Marques, Edílson Duarte e Raimundo Gomes são acusados de pedofilia. Os três foram afastados pelo bispo Valério Breda.
A polícia afirma que recebeu novas denúncias de ex-coroinhas. O advogado dos padres, Daniel Fernandes, diz que seus clientes estão sendo vítimas de chantagem por parte dos ex-coroinhas.
A comunidade está dividida: parte acredita que os rapazes tentam chantagear os padres. Outros estão chocados com as informações. Os três padres foram afastados pelo bispo. Várias igrejas estão fechadas por falta de fiéis. Casamentos foram adiados a pedido dos noivos. Um dos ex-coroinhas, Fabiano Ferreira, de 20 anos, diz que foi abusado desde os 9 anos e que, 10 anos atrás, tentou denunciar o caso, mas nada foi feito pela polícia. :: LEIA MAIS »

Maternidade de AL reabre sob suspeita de gripe suína

Maceió – A Maternidade Escola Santa Mônica, em Maceió, foi reaberta parcialmente ontem à noite, depois que duas das três mulheres internadas com suspeite de gripe A foram transferidas da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para enfermarias de isolamento da mesma unidade de saúde. A maternidade tinha sido fechada na sexta-feira, por causa da constatação de três grávidas com suspeita da gripe suína.

Mas como as parturientes seguem sem previsão de alta, a direção da maternidade informou que só está recebendo grávidas com situação de alto risco. As demais gestantes que chegam à Santa Mônica, que fica no bairro do Poço, estão sendo encaminhadas para outras maternidades de hospitais particulares que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). :: LEIA MAIS »

Igreja evangeliza 2º maior pólo de turismo no Estado



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia