WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


julho 2020
D S T Q Q S S
« jun    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘Notícias’

Poluição plástica é tema do Dia Mundial do Meio Ambiente 2018

O Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado hoje (5), tem como tema este ano  “#AcabeComAPoluiçãoPlástica”. O objetivo da ONU Meio Ambiente é chamar a atenção da sociedade para reduzir a produção e o consumo excessivo de produtos plásticos descartáveis.

Em 2018, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), a data soma esforços à campanha #MaresLimpos (http://cleanseas.org/), para combater o lixo marinho e mobilizar todos os setores da sociedade global no enfrentamento deste problema, que se não for solucionado poderá resultar em mais plástico do que peixes nos oceanos até 2050.

A poluição provocada pelos plásticos é uma tragédia ambiental global que contamina o solo e os mares
Poluição provocada pelos plásticos é tragédia ambiental global que contamina o solo e os mares – (Martine Perret/ONU Meio Ambiente/Direitos reservados)

Segundo as Nações Unidas, a poluição plástica é considerada uma das principais causas atuais de danos ao meio ambiente e à saúde. Por ano, são consumidas até 5 trilhões de sacolas plásticas em todo o planeta.

Ainda segundo a ONU Meio Ambiente, a cada minuto, são compradas 1 milhão de garrafas plásticas e 90% da água engarrafada contêm microplásticos. De acordo com o organismo internacional, metade do plástico consumido no mundo é descartável e pelo menos 13 milhões de toneladas vão parar nos oceanos anualmente, afetando 600 espécies marinhas, das quais 15% estão ameaçadas de extinção.

Mais de 100 países se uniram sob o slogan do Dia Mundial do Meio Ambiente deste ano e se comprometeram com atividades, como mutirões de limpeza de praias e florestas, e anúncios de políticas públicas voltadas ao descarte e consumo responsável do plástico. :: LEIA MAIS »

Conselho de Comunicação aprova parecer sobre notícias falsas

Para subsidiar o debate na Câmara e no Senado, o Conselho de Comunicação Social, órgão auxiliar do Congresso Nacional, aprovou hoje (4) o parecer da comissão de relatoria sobre propostas em tramitação que tratam das fake news, notícias falsas espalhadas pela internet.

Ao todo, 14 propostas sobre o tema tramitam no Congresso: são 13 na Câmara e uma no Senado. No relatório aprovado por sete votos a quatro, o conselho preferiu não explicitar uma posição clara contrária ou favorável à aprovação das propostas e, por isso, foi criticado pela conselheira Maria José Braga, que apresentou um relatório alternativo no qual recomendava a rejeição de todas as propostas.

Novo crime

“Esses projetos simplesmente criam um novo crime, que é a divulgação de notícias falsas e achamos isso perigoso, mesmo que esteja previsto que dependerá de avaliação do Judiciário. Nós temos um Judiciário capilarizado, com juízes de primeira instância atuando livremente no país como deve ser, mas uma lei imprecisa pode gerar interpretações diversas. Isso sim, pode acarretar em censura e criminalização de um cidadão comum que, de boa-fé, sem nenhuma má intenção, compartilhou uma notícia fraudulenta” disse a conselheira que foi vencida na discussão.

O coordenador da comissão de relatoria lembrou que os projetos analisados são muito diversos e que deixou claro no seu voto que eles “não atendem toda a complexidade do tema”.

Apesar disso, o conselheiro Miguel Santos disse que a rejeição não foi defendida porque as propostas ainda estão em fase inicial de discussão na Câmara e ainda podem ser aperfeiçoadas. Ele também não descartou nova manifestação do conselho sobre o tema a medida em que a discussão em torno das propostas avançarem. :: LEIA MAIS »

Governo reajusta Bolsa Família em 5,67%

O governo federal reajustou hoje (1º) o valor do benefício do Bolsa Família. A medida já havia sido anunciada pelo presidente Michel Temer em abril.

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o reajuste é de 5,67% no valor do benefício médio. Com a alteração, o valor passará de R$ 177,71 para uma quantia estimada em R$ 187,79.

O decreto foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira.

O reajuste autorizado para o programa é maior que a inflação acumulada de julho de 2016 a março de 2018, que foi 4,01%. Segundo o governo, a suplementação orçamentária para este ano, para cumprir o reajuste, será de R$ 684 milhões.

Como funciona o programa

O programa de transferência de renda atende famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, com renda familiar mensal per capita de até R$ 178 e R$ 89 respectivamente.

Além da complementação de renda, o programa garante acesso a direitos como educação, saúde e assistência social, e articulação com outras ações visando o desenvolvimento das famílias beneficiárias. :: LEIA MAIS »

Mais de 270 voos já foram cancelados no país; prejuízo é de R$ 50 mi diários

Mais de 270 voos já foram cancelados no país; prejuízo é de R$ 50 mi diários

Foto: Divulgação

A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) fez um balanço dos cancelamentos de voos no país. De acordo com informações da Agência Brasil, foram mais de 270 voos cancelados no país desde o início dos bloqueios feitos pelos caminhoneiros até a noite desta segunda (28). O prejuízo diário é de R$ 50 milhões.Na Bahia, o aeroporto de Ilhéus não tem mais gasolina para operar. Apesar de grande parte da malha aérea permanecer pperando, a expectativa é de que haja mais cancelamentos e mudanças de horário. Ainda não há previsão de normalização dos serviços. A orientação continua ser se informar nas empresas sobre a situação do voo antes de ir ao aeroporto. Os passageiros, de acordo com a entidade, podem alterar a data e o horário dos voos enquanto a normalidade não for retomada, sem pagamento de taxa de remarcação.

Justiça nega pedidos de prisão por locaute feitos pela PF

A Polícia Federal já abriu 48 inquéritos para investigar a ocorrência de locaute na paralisação dos caminhoneiros e encaminhou vários pedidos de prisão, mas todos até agora foram negados pela Justiça, conforme apuração da Agência Brasil. O locaute ocorre quando patrões usam os trabalhadores para obter vantagens financeiras e é uma ilegalidade punível com prisão e multa. Por conta desses inquéritos, o governo está certo de que donos de transportadoras também estiveram à frente da paralisação.

Os investigadores identificaram que a logística para planejar e manter uma paralisação nacional que já se aproxima, ainda que com menor força, a dez dias foi muito bem-executada. Os principais entrocamentos rodoviários chegaram a ser fechados, bem como todos os corredores que levavam a refinarias e principais aeroportos. A rede de suprimentos para os caminhoneiros em greve também se mostrou organizada. :: LEIA MAIS »

Conquista: Só 15% da frota de táxi está na rua; Cidade Verde tem 50% da frota e Viação Vitória apenas 30%

Aos poucos a cidade de Vitória da Conquista vai ficando, relativamente, parada. Apenas 15% da frota de táxi está nas ruas, sendo que muitos motoristas trabalham ‘na reserva’ e não tem mais como abastecer.

Já a situação do transporte coletivo é um pouco melhor. A Cidade Verde colocou 50% da sua frota nas ruas, atendendo a demanda de passageiros que precisam sair de suas casas para trabalhar.

A Viação Vitória, que segue em rota de colisão com o sindicato dos rodoviários, em virtude dos salários atrasados, opera com 30% da sua frota, pouco menos de 30 veículos.

Faculdades, universidades, escolas particulares e escolas municipais suspenderam as aulas por tempo indeterminado. Fonte: Blog do Rodrigo Ferraz

A pedido de Temer, Parente negocia com petroleiros para evitar greve

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou hoje (28) que o presidente Michel Temer já conversou com o presidente da Petrobras, Pedro Parente, sobre a ameaça de greve dos petroleiros. Padilha apelou para que a categoria não entre em greve num momento tão delicado, quando a BR Distribuidora está reabastecendo o país, ainda em situação dramática. Segundo Padilha, a Petrobras já está negociando com os petroleiros para que não haja paralisação.

Os petroleiros anunciaram que pretendem fazer na próxima quarta-feira (30) uma greve nacional “de advertência“ por 72 horas. A mobilização é liderada pela Federação Única dos Petroleiros (FUP) e sindicatos filiados.

No último fim de semana, a categoria afirmou ter feito operações-tartaruga nas seguintes refinarias e fábricas de fertilizantes: Rlam (BA), Abreu e Lima (PE), Repar (PR), Refap (RS), Araucária Nitrogenados (PR) e Fafen Bahia.

Em nota, a FUP informou que a paralisação dos petroleiros pretende pressionar pela redução dos preços do gás de cozinha e dos combustíveis. A entidade também se mostra contrária à gestão de Pedro Parente. No entanto, o governo disse que não há hipótese de Parente deixar o cargo. “O presidente foi felicíssimo em escolhê-lo”, disse Padilha hoje em entrevista. :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Conquista adota medidas emergenciais em razão da paralisação dos caminhoneiros

Prefeito se reuniu com equipe de Governo e Comitê de Gerenciamento de Crise neste domingo (27) para deliberar ações

Órgãos municipais funcionarão em caráter de “turnão”; aulas da rede municipal estão suspensas

Na manhã deste domingo (27), o prefeito Herzem Gusmão reuniu, no Salão Nobre do Gabinete Civil, secretários municipais e o Comitê de Gerenciamento de Crise instituído pelo Decreto nº 18.659. Em pauta, as ações emergenciais necessárias para garantir a manutenção de serviços essenciais para a população durante a paralisação nacional dos caminhoneiros, iniciada no último dia 21.

O comitê foi criado com a finalidade de enfrentar a situação de emergência declarada no município, por meio do mesmo decreto. Ele deve propor e adotar medidas preventivas ou reparadoras relacionadas, por exemplo, à saúde, coleta de lixo, serviços e defesa civil.

Todos os secretários explanaram sobre as dificuldades e as necessidades emergenciais de cada pasta. Ponto a ponto foi delicadamente estudado – um deles sobre o abastecimento de água na zona rural. Dos 18 caminhões, apenas quatro estão conseguindo abastecer. Assim, a Defesa Civil está, como medida de emergência, realizando ações de purificação das águas colhidas das chuvas e armazenadas em alguns reservatórios particulares para amenizar o impacto para a comunidade.

O Governo Municipal publicará um novo decreto que dispõe sobre o funcionamento dos órgãos municipais em caráter de “turnão” das 8h às 13h. Para os cargos comissionados, está mantido o horário de trabalho normal. Além disso, o decreto também estabelece a suspensão das aulas na Rede Municipal de Educação até nova orientação.

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Saúde da Família (USF) da zona rural também não vão funcionar até que a situação seja normalizada. Sobre o funcionamento das unidades da zona urbana, o mesmo será informado no fim da tarde deste domingo (27). A frota de veículos que atua no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192) segue em atendimento. :: LEIA MAIS »

Marun apresenta a Temer mais reivindicações dos caminhoneiros

O ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência, Carlos Marun, comprometeu-se a apresentar, neste domingo (27), ao presidente Michel Temer novas propostas do movimento dos caminhoneiros no esforço de acabar com a paralisação. Os caminhoneiros apelaram ainda que as medidas sejam estendidas a todo território nacional.

Os manifestantes querem desconto de 10% no valor do diesel que será cobrado na bomba, a ampliação desta redução de 30 para 60 dias e o fim da suspensão da cobrança de tarifa de pedágio para eixo elevado dos caminhões para todo o país.

Ao longo deste domingo, Marun e ministros de várias áreas se reunirão no Palácio do Planalto, no gabinete de gestão de crise, na tentativa de encerrar a paralisação. Ontem (26) o dia também foi de reuniões, no Palácio do Planalto.

As reivindicações dos caminhoneiros, identificados como líderes do movimento, foram apresentadas a Marun, ontem à noite, após mais de duas horas de reunião, na sede do governo paulista, com o ministro e o governador de São Paulo, Márcio França (PSB). :: LEIA MAIS »

Cristão é queimado vivo por muçulmanos após rejeitar o Alcorão


Um líder da igreja nigeriana que fugiu da perseguição e refugiou-se em outro país está compartilhando os terríveis detalhes sobre a morte de seu pai. O cristão foi morto por simplesmente recusar-se a negar a Bíblia e ficar com o Alcorão.

Os terroristas islâmicos do Boko Haram incendiaram templo da igreja. O pastor David-Olonade Segun testemunha que ele e sua esposa, que viviam numa região de maioria cristã do sudoeste da Nigéria, lideravam o ministério Assembleia da Vida Vitoriosa, onde ofereciam também serviços vinculados a uma escola, um orfanato e de socorro a viúvas.

Quando o ministério cresceu e eles resolveram expandir para o norte da Nigéria, onde o Islã a religião majoritária, mesmo sabendo que havia riscos. “Sentimos que Deus nos mostrava que devíamos ministrar as pessoas no Norte”, explicou Segun.

O Boko Haram passou a fazer vários ataques na região a partir 2011 e matou milhares de pessoas, visando especialmente os “infiéis”.

O pastor explica que não estava lá quando sua igreja foi atacada, mas aquilo mudou sua vida para sempre. Segun, a esposa e seus quatro filhos saíram para participar de um congresso, onde ele seria o orador principal.

Os jihadistas foram até sua casa, procurando por ele. Sua mãe conseguiu escapar, mas seu pai foi capturado. Agredido, ele disse que seu filho não estava. Os homens foram até a igreja, mataram um pastor assistente e queimaram o templo.

Depois, os soldados do Boko Haram colocaram diante de seu pai uma Bíblia e um Alcorão e disseram que ele deveria escolher um. Quando o cristão disse que ficava com a Bíblia, jogaram  gasolina sobre ele e o queimaram vivo.

“Se eles tivessem destruído tudo o que eu possuía, não significaria nada para mim”, afirmou Segun. “Meu pai amava a Jesus e ele me ensinou a ser forte. :: LEIA MAIS »

Marun: governo começará a aplicar multa de R$ 100 mil por hora parada

O ministros Carlos Marun, da Secretaria de Governo da Presidência da República, informou hoje (26) que o governo começará a aplicar multas no valor de R$ 100 mil por hora parada a quem descumprir o acordo firmado para desbloqueio das rodovias. Acrescentou que a Polícia Federal já tem inquéritos abertos para investigar a origem do movimento e que já existem até mesmo pedidos de prisão.
Marun concedeu entrevista após reunião, no Palácio do Planalto, com o presidente Michel Temer e ministros que integram o gabinete de crise, para avaliar a situação nas rodovias federais.

Ministro Carlos Marun concede entrevista após reunião, no Palácio do Planalto, com o presidente Michel Temer e ministros que integram o gabinete de crise, para avaliar a situação nas rodovias federais.
Ministro Carlos Marun concede entrevista (Valter Campanato/Agência Brasil)
Fonte: Agência Brasil

Greve afeta distribuição de medicamentos em todo o país, diz Sindusfarma

por Lígia Formenti | Estadão Conteúdo

Greve afeta distribuição de medicamentos em todo o país, diz Sindusfarma

Foto: Reprodução / Gramado News

A greve de caminhoneiros está afetando a distribuição de medicamentos para distribuidoras, farmácias e hospitais em todo país, de acordo com a indústria. Em nota divulgada nesta sexta-feira (25), o Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos de São Paulo (Sindusfarma) afirmou ter recebido uma série de mensagens de empresas associadas relatando problemas de envio de produtos para seus clientes. Um dos laboratórios, de acordo com o comunicado, teria informado estar com 60% da carga programada para distribuição nesta semana retida nos armazéns da empresa. As falhas na distribuição, alerta o Sindusfarma, pode trazer consequências graves para pacientes.

Temer autoriza uso de forças federais para desbloquear rodovias

O governo federal autorizou o uso de forças federais de segurança para liberar as rodovias bloqueadas pelos caminhoneiros caso as estradas não sejam liberadas pelo movimento. O anúncio foi feito há pouco pelo presidente Michel Temer, em pronunciamento no Palácio do Planalto. A decisão foi tomada após reunião no Gabinete de Segurança Institucional (GSI), que contou com a participação de ministros e do presidente.

“Quero anunciar um plano de segurança imeadiato para acionar as forças federais de segurança para desbloquear as estradas e estou solicitando aos governadores que façam o mesmo. Não vamos permitir que a população fique sem os gêneros de primeira necessidade, que os hospitais fiquem sem insumos para salvar vidas e crianças fiquem sem escolas. Quem bloqueia estradas de maneira radical será responsabilizado. O governo tem, como tem sempre, a coragem de dialogar; agora terá coragem de usar sua autoridade em defesa do povo brasileiro.”  :: LEIA MAIS »

Conquista: Palestra gratuita sobre gestão financeira doméstica

Muitas famílias têm dificuldade em controlar o orçamento doméstico. Para auxiliar o planejamento do público em geral, a Secretaria Municipal do Trabalho, Renda e Desenvolvimento Econômico (Semtre) promove no dia 29 de maio, às 8:30h, uma palestra, gratuita, que ensina estratégias para organizar as finanças pessoais.

foto wal cordeiro

O consultor financeiro Wal Cordeiro será o palestrante. Na ocasião, ele vai explicar como administrar as despesas de forma sábia e coerente, evitando futuros problemas de orçamento. Wal é autor de oito livros, entre eles está o livro “Gestão Financeira Doméstica” que será disponibilizado gratuitamente, em versão digital, aos participantes da palestra.

A palestra é direcionada para empreendedores, servidores, trabalhadores e quem mais se interessar sobre orçamento familiar. As inscrições podem ser realizadas no Núcleo de Projetos da Semtre, de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 12h, ou pelo email: [email protected], mediante o preenchimento da ficha de inscrição disponível aqui.

A palestra acontece no dia 29 de maio, às 8:30h no auditório da Semtre, que fica no 1ª andar do Mercado Municipal do Bairro Brasil, localizado na Avenida Brumado. Mais informações através dos telefones (77) 3421-0947 ou 3421-8018.

BC: gastos de brasileiros no exterior devem crescer em ritmo menor

Com a recente alta do dólar, os gastos de brasileiros em viagem ao exterior não devem cair, mas o ritmo de crescimento deve ficar menor, segundo o chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central (BC), Fernando Rocha.

“Uma desvalorização do real torna as despesas no exterior mais caras. Isso é um desestímulo para viagem no exterior”, disse. De acordo com Rocha, o efeito da alta do dólar este mês ainda não é sentido totalmente. Isso porque os consumidores já tinham planejado a viagem, com compra de pacotes ou passagens aéreas, por exemplo. “O efeito vai sendo sentido ao longo do mês”, afirmou, acrescentando que os clientes poderão fazer adaptações para reduzir as despesas das viagens já programadas. “Ao longo do tempo, depende de onde o câmbio vai ficar. Se a desvalorização continuar por tempo maior, [o consumidor] vai decidir se mantém a viagem ao exterior, se faz um roteiro mais barato”, disse.

Neste mês, até o dia 22, as despesas com viagens chegaram a US$ 1,170 bilhão. Em todo o mês de maio do ano passado, os gastos chegaram a US$ 1,496 bilhão. “Se olharmos a média diária, esse valor de maio deve superar o maio de 2017, mas haverá diminuição da taxa de crescimento”, disse.

Mais de 4 mil turistas desembarcaram hoje (6) no Píer Mauá, na zona portuária do Rio. A maioria veio ao Brasil para acompanhar os jogos da Copa do Mundo, que começam no próximo dia 12 (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Para o BC, os gastos de brasileiros no exterior devem crescer em ritmo menor (Tânia Rêgo/Arquivo/Agência Brasil)

Em abril deste ano, comparado ao mesmo mês de 2017, o crescimento chegou a 16%. Os gastos de brasileiros no exterior totalizaram US$ 1,538 bilhão, no mês passado. Para este mês, Rocha acredita que taxa de crescimento deve ficar “um pouco menor”. :: LEIA MAIS »

Caminhoneiros continuam com manifestações em diversas rodovias

A paralisação nacional dos caminhoneiros autônomos, convocada na segunda-feira (21) pela Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), continua nesta quarta-feira (23). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os estados com mais pontos de manifestações nas rodovias federais são Paraná, Minas Gerais e Santa Catarina.

No Paraná, existem no momento 40 locais de manifestação, entre os quais destacam-se o km 6 da BR-277, em Paranaguá; o Km 502 da BR-376, em Ponta Grossa, e o km 79 da BR-369, perto de Santa Mariana. Segundo a PRF, em nenhum desses pontos, ocorre bloqueio da rodovia. Em Minas Gerais também há 40 pontos de manifestações e, em Santa Catarina, 35.

Caminhoneiros protestam contra elevação no preço do diesel na rodovia BR-040, em Duque de Caxias.
Protesto de caminhoneiros na BR-040, em Duque de Caxias, Rio de Janeiro (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Em estados como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia e Rio de Janeiro, também é grande a mobilização de caminhoneiros nas estradas federais.

Em Santa Catarina e no Paraná, a Justiça Federal concedeu liminares proibindo manifestantes de ocupar, obstruir ou dificultar a passagem ou o acesso am rodovias federais nos dois estados. Os pedidos de liminar foram ajuizados pela Advocacia-Geral da União (AGU).

No Rio Grande do Sul, a Justiça inderferiu o pedido da União, alegando que o “governo federal tem autoridade para adotar medidas previstas em lei para evitar tais manifestações, não sendo necessária a intervenção judicial”. :: LEIA MAIS »

Pedidos de aposentadoria por telefone e internet começam hoje

A partir desta segunda-feira (21), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deixa de agendar o atendimento presencial para salário-maternidade e aposentadoria por idade urbanos. Agora, o segurado deverá acessar o Meu INSSou ligar para o 135 e, em vez de agendar uma data para ser atendido, receberá direto o número do protocolo de requerimento, eliminando a etapa do agendamento.

Antes, o segurado precisava agendar uma ida ao INSS para levar documentos e formalizar o pedido. Com o novo modelo, ao fazer o pedido, o cidadão acompanha o andamento pelo Meu INSS ou pelo telefone 135 e, somente se necessário, será chamado à agência.

Nos casos em que as informações previdenciárias necessárias para o reconhecimento do direito já constarem nos sistemas do INSS, será possível então a concessão automática do benefício, isto é, a distância.

Segundo o INSS, com a mudança, não haverá mais falta de vaga e, caso precise ir a uma agência para apresentar algum documento, o cidadão terá a garantia de ser atendido perto da residência. O instituto diz ainda que a mudança representa o fim do tempo de espera para ser atendido.

Atualmente, o Meu INSS tem mais de 7 milhões de usuários cadastrados e é acessível pelo computador ou celular. O sistema, que está sendo aprimorado, conta com um canal que permite ao cidadão acompanhar o andamento do seu pedido sem sair de casa, consultar extratos e ter acesso a outros serviços do INSS.

O instituto vai ampliar cada vez mais a lista de serviços agendáveis. A partir do dia 24, serviços que antes eram prestados somente no atendimento espontâneo serão realizados com dia e horário marcados, bastando fazer seu agendamento pelo Meu INSS ou o telefone 135. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia