WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


abril 2020
D S T Q Q S S
« mar    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


:: ‘Notícias’

“A Forma da Água” representa “o fim da civilização”, afirma pastor

“A Forma da Água” representa “o fim da civilização”

“A Forma da Água”, filme vencedor de 4 Oscars neste domingo (4) – melhor filme, direção, trilha sonora e design de produção – conta a história “de amor” entre uma mulher (Sally Hawkins) e uma criatura marinha humanoide.

A obra de ficção tem dado o que falar por uma série de motivos e, entre os críticos, o reconhecimento do filme do diretor mexicano Guillermo del Toro é visto como uma “parábola da inclusão”, tão em voga em nossos dias.

Contudo, o pastor Kevin Swanson, que apresenta um programa de rádio nos EUA, pediu que os cristãos boicotem o longa. Para ele, a amor entre um ser humano e um ser animalesco representa “o fim da cultura” e “o fim da civilização como a conhecemos”.

Ele deixa implícito que a obra estimula a zoofilia, citando Levítico 20:15, que proíbe a prática de relação sexual com animais.

“O filme em si é completamente centrado em torno do acasalamento de espécies cruzadas”, assegura Swanson, enfatizando que A Forma da Água “apresenta o hábito pecador de Levítico 20:15 que realmente só deixa parte das pessoas mais depravadas, nos tornando as pessoas mais loucas que já viveram na história da humanidade”.

O longa é uma história entre uma empregada de limpeza muda e solitária que trabalha num laboratório secreto do governo norte-americano e uma criatura anfíbia, capturada no Amazonas, que vive num tanque de água. Por causa dessa “relação especial” faz de tudo para libertá-lo do cativeiro.

Guilermo del Toro ficou mundialmente conhecido após o sucesso de sua adaptação para o cinema do personagem de quadrinhos “Hellboy”, um demônio que fugiu do inferno para salvar o mundo.

O pastor Sawnson já se manifestou contrário a várias produções de Hollywood, como Frozen, que para ele foi “destinado a doutrinar as crianças para a homossexualidade”. Ele é um crítico contumaz da Disney, a quem ele diz “servir ao diabo”. Com informações Right Wing Watch

Assista ao trailer:

Vitória da Conquista celebra mês da mulher com programação especial

Com o tema “Todos e Todas por Elas (#[email protected])”, atividades serão realizadas até o dia 29 de março

Homenagear e discutir o papel da mulher na sociedade atual. É com estes objetivos que a Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Coordenação de Políticas para as Mulheres, realiza neste mês a campanha Março Mulher, com o tema “Todos e Todas por Elas (#[email protected])”.

A proposta é convidar toda a sociedade para defender os direitos já conquistados pelas mulheres e se engajar no enfrentamento à violência que esta parcela da população sofre.

“Para o Governo Municipal, o Março Mulher é agenda prioritária, pois, é o momento de expor para sociedade não só os problemas enfrentados pelas mulheres em seu dia a dia, mas também de apresentar os avanços conquistados nos últimos anos, a exemplo da Lei Maria da Penha que criminaliza as diversas formas de violência contra mulher”, ressaltou a coordenadora de Políticas para Mulheres, Sabrina Menezes.

Atividades diversificadas – A campanha acontece até o dia 29 de março e traz uma programação diversificada, com caminhada e palestras no formato “[email protected]” em diferentes espaços da cidade, como escolas, universidades e serviços da rede municipal de Assistência Social.

Na quinta-feira, 8 de março, data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a Prefeitura oferecerá um café da manhã, palestras motivacionais, profissionalizantes e de empreendedorismo para as mulheres assistidas pelo Centro de Referência Albertina Vasconcelos (Crav), a partir das 9h. Fonte: Secom/PMVC

Confira a programação completa.

Conquista: Funerária leva corpo errado para velório de jovem

Conquista: Funerária leva corpo errado para velório de jovem

Foto: Reprodução / Google Maps

Familiares de um morto em Vitória da Conquista, no sudoeste, receberam o corpo errado de uma funerária da cidade. O fato ocorreu neste domingo (4), no bairro Jurema. Segundo o Blog do Rodrigo Ferraz, quando o carro da funerária chegou na casa da família da vítima, de prenome Henrique,  e o caixão foi aberto, o pai do jovem descobriu que não era o filho dele. O corpo, na verdade, era de outra vítima de homicídio, um jovem conhecido como Felipe. Ainda segundo o Blog, familiares de Henrique se indignaram com o caso, o que fez a funerária sair do local e voltar depois com o corpo certo.

Atriz Tônia Carrero morre aos 95 anos no Rio de Janeiro

da Agência Brasil

A atriz Tônia Carrero, de 95 anos, morreu na noite desse sábado (3) na Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro. Ela estava internada desde sexta-feira (2) para a realização de um procedimento cirúrgico simples, mas não resistiu a uma parada cardíaca.

Tônia Carrero durante a entrevista ao programa Advogado do diabo, exibido em 1986 pela antiga TVE-RJ
Tônia Carrero durante a entrevista ao programa Advogado do diabo, exibido em 1986 pela antiga TVE-RJReprodução TV Brasil

Por meio de nota, a direção da clínica confirmou a morte de Tônia Carrero. O local e informações do velório ainda não foram definidos pela família.

Tônia Carrero nasceu no Rio de Janeiro, em 23 de agosto de 1922, e foi batizada como Maria Antonietta de Farias Portocarrero. Consagrou-se no teatro, cinema e televisão.

Sua estreia no palco foi com a peça Um Deus Dormiu Lá em Casa, no Teatro Brasileiro de Comédia, em São Paulo, ao lado do ator Paulo Autran, com quem mais tarde dirigiram uma companhia de teatro.

Na TV, ficou conhecida na década de 1980 no papel da personagem Stella Fraga Simpson, da telenovela Água Viva, do autor Gilberto Braga. No cinema, fez diversos filmes, como Tico-Tico no Fubá e É Proibido Beijar.

Seu último trabalho na televisão foi na telenovela Senhora do Destino, em 2004.

MEC divulga segunda chamada do ProUni

da Agência Brasil

Os estudantes que aguardam o resultado da segunda chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) já podem conferir a lista dos pré-selecionados no site do programa. O resultado foi divulgado na tarde de hoje (2).

Os candidatos convocados têm de hoje até o dia 9 de março para comparecerem às instituições de ensino e entregar os documentos que comprovem as informações prestadas no momento da inscrição. Quem perder o prazo ou não comprovar as informações é desclassificado. Quem ainda não foi convocado pode aderir à lista de espera de 16 a 19 de março.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior. Nesta edição, foram ofertadas aproximadamente 243 mil bolsas. Dessas, 113.863 são integrais e 129.124, parciais. As integrais se destinam aos estudantes com renda per capita de até 1,5 salários mínimos. Já as bolsas parciais contemplaram os candidatos que têm renda familiar per capita de até três salários mínimos.

Podem concorrer às bolsas brasileiros sem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), tenham obtido nota superior a 450 pontos e não tenham zerado a prova de redação. É necessário, ainda, que o candidato atenda a pelo menos um dos requisitos a seguir: ter cursado o ensino médio completo em escola pública, ou em instituição privada como bolsista integral, possuir alguma deficiência, ser professor da rede pública ou estar enquadrado no perfil de renda exigido pelo programa.

Supremo homologa acordo financeiro entre bancos e poupadores

Por unanimidade, o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (1º) homologar o último acordo financeiro que restava entre a Advocacia-Geral da União (AGU), representantes de bancos e associações de defesa do consumidor para encerrar os processos na Justiça que tratam de perdas financeiras causadas a poupadores por planos econômicos das décadas de 1980 e 1990.

Brasília - Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) durante sessão para julgamento sobre imunidade parlamentar de deputados estaduais (Carlos Moura/SCO/STF)
O plenário do Supremo Tribunal Federal homologou acordo da última ação que restava sobre perdas em caderneta de poupança.Carlos Moura/SCO/STF

O acordo foi assinado no final do ano passado e deve beneficiar cerca de 1 milhão de processos. A adesão do acordo não é obrigatória e caberá a cada poupador definir se as regras para receber os valores são vantajosas.

A homologação já havia sido feita individualmente pelo ministro Ricardo Lewandowski, relator do caso, e precisava ser referendada pelo plenário por se tratar de uma ação de descumprimento de preceito fundamental (a ADPF 165), que tem caráter abstrato. Antes da decisão de Lewandowski, os ministros Dias Toffoli e Gilmar Mendes também haviam homologado ações que estavam sob sua relatoria, mas elas não precisaram ser referendadas pela Corte.

Ao votar sobre a questão nesta tarde, Lewandowski reafirmou sua posição a favor do acordo como forma de colocar fim à disputa judicial.

“Entendo que o acordo deve ser homologado tal como proposto, de maneira a pacificar a controvérsia espelhada nestes autos, que há décadas se arrasta irresolvida pelos foros do país”, disse.

O voto do ministro foi seguido por Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Marco Aurélio, Celso de Mello e a presidente, Cármen Lúcia.

O acordo vale para quem ingressou com ação na Justiça e prevê pagamento à vista para poupadores que tenham até R$ 5 mil a receber. Já os que tem saldo entre R$ 5 mil e R$ 10 mil, receberão em três parcelas, sendo uma à vista e duas semestrais. A partir de R$ 10 mil, o pagamento será feito em uma parcela à vista e quatro semestrais. A correção para os pagamentos semestrais será feita pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). :: LEIA MAIS »

Receita começa a receber hoje a Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física

Da Agência Brasil

A Receita Federal recebe a partir das 8h de hoje (1º) as declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2018, ano-base 2017. O prazo para entrega vai até 30 de abril. A declaração poderá ser preenchida por meio do programa baixado no computador ou do aplicativo Meu Imposto de Renda para tablets e celulares.

Este ano, é obrigatória a apresentação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) para dependentes a partir de 8 anos de idade, completados até o dia 31 de dezembro de 2017. Outra mudança é a possibilidade de impressão do Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf) para pagamento de todas as cotas do imposto, inclusive as que estão em atraso.

Segundo a Receita, é obrigado a declarar quem recebeu em 2017 rendimentos tributáveis em valores superiores a R$ 28.559,70. No caso da atividade rural, deve declarar quem teve receita bruta acima de R$ 142.798,50. O Fisco espera receber, este ano, 28,8 milhões de declarações do IRPF, 300 mil a mais do que em 2017 (28,5 milhões).

Também estão obrigadas a declarar as pessoas físicas residentes no Brasil que receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil; as que obtiveram, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens e direitos, sujeito à incidência do imposto ou que realizaram operações em bolsas de valores; que pretendem compensar prejuízos com a atividade rural; que tiveram, em 31 de dezembro de 2017, a posse ou a propriedade de bens e direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; que passaram à condição de residentes no Brasil em qualquer mês e assim se encontravam em 31 de dezembro; ou que optaram pela isenção do IR incidente sobre o ganho de capital com a venda de imóveis residenciais para a compra de outro imóvel no país, no prazo de 180 dias contados do contrato de venda.

Franklin Graham defende Trump: “Há uma diferença entre defender a fé cristã e vivê-la”

O pastor Franklin Graham, principal conselheiro espiritual de Donald Trump voltou a sair em defesa do presidente, após mais uma onda de críticas. Segundo o evangelista, o bilionário é um “defensor” da fé cristã, mesmo que nem sempre seja um “bom exemplo” dela.

O apoio de Graham durante as eleições de 2016 foi considerado um fato decisivo para que Trump recebesse a confiança de cerca de 80% dos evangélicos votantes.

Algumas semanas após a eleição, Franklin Graham foi um dos primeiros a dizer que a inesperada vitória de Trump era a “mão de Deus”. “Foi Deus, na minha opinião, e acredito que sua mão esteve no processo. Acho que ele deu aos cristãos uma oportunidade “.

Diferentemente do seu pai, o falecido Bill Graham, Franklin não parece se preocupar com um desgaste resultante da proximidade com a política.

“Vejo que ele [Trump] apoiou a fé cristã mais do que qualquer presidente que eu tenha conhecido”, disse Graham ao New York Times. “Isso não significa que ele é o maior exemplo de fé que existe. Eu tampouco sou, mas ele defende a fé cristã. Há uma diferença entre defender a fé e viver a fé”, minimizou.

No mês passado, o Wall Street Journal denunciou que o advogado do Trump, Michael Cohen, pagou U$ 130,000 para a estrela pornô Stormy Daniels não revelar à imprensa um suposto caso que teve com Trump.

Isso gerou (mais uma) onde de críticas ao presidente, com seus críticos o chamando de hipócrita ao dizer que defende “os valores cristãos e a família”. :: LEIA MAIS »

Meirelles prevê criação de seis milhões de empregos em 10 anos com reforma

por Francisco Carlos de Assis | Estadão Conteúdo

Meirelles prevê criação de seis milhões de empregos em 10 anos com reforma

Foto: Mattias Nutt / World Economic Forum

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta quarta-feira (28) acreditar que 6 milhões de empregos serão criados ao longo dos próximos dez anos na esteira da reforma trabalhista. O ministro concedeu na manhã desta quarta-feira (28) entrevista à Rádio Paiquerê AM de Londrina. “A reforma trabalhista está sendo implantada aos poucos pela Justiça. Acreditamos que com a reforma trabalhista criaremos 6 milhões de empregos em dez anos”, disse. A previsão sobre a geração dos 6 milhões de postos de trabalho em uma década foi feita por Meirelles ao ser perguntado do porquê de o desemprego continuar tão elevado após três meses da entrada da reforma em vigor. O ministro explicou que os resultados não são ainda muito claros porque a reforma está sendo implantada aos poucos pela Justiça Trabalhista. Meirelles disse também que a pasta está discutindo com o Congresso a reoneração da folha de pagamento. O benefício da desoneração foi concedido pelo governo de Dilma Rousseff, quando Guido Mantega era o titular da Fazenda, e tinha como contrapartida a manutenção e geração de empregos por parte das empresas. Ocorre, de acordo com Meirelles, que, durante vigência da desoneração, o desemprego aumentou. “Quando foi feita a desoneração, a justificativa era gerar empregos. No entanto o desemprego aumentou. A desoneração não funcionou”, criticou o ministro da Fazenda. Para o ministro, é importante que a sociedade saiba que não adianta conceder incentivos que não funcionam à empresas. O ministro da Fazenda descartou uma reforma tributária ampla neste momento. Segundo o ministro, uma reforma tributária mais abrangente mexeria com os interesses distintos de Estados, municípios e dos diversos setores da economia. De acordo com o ministro, para evitar conflitos o governo optou por reformar primeiro os impostos federais, no caso o PIS e o Cofins. Meirelles afirmou que o projeto de simplificação do PIS/Cofins está em fase de preparação para ser enviado ao Congresso. “Após a reforma do PIS/Cofins, vamos discutir a reforma dos impostos estaduais e municipais”, disse o ministro, para quem a simplificação do PIS/Cofins já representa um grande avanço. Meirelles fez questão de frisar que todas as medidas reformistas estão sendo tomadas num contexto de muita responsabilidade. O ministro da Fazenda disse que políticas bem aplicadas pelo atual governo, como o teto de gastos, por exemplo, resultaram na alta do Produto Interno Bruto (PIB), na queda da inflação e na redução da taxa básica de juros. O PIB, segundo expectativas do mercado, deve ter crescido em torno de 1% em 2017 após quedas em dois anos que somaram quase 8%. Para este ano, o ministro diz trabalhar com uma expectativa de crescimento da ordem de 3%. “Mas pode crescer mais”, disse Meirelles, acrescentando que o mercado já está revisando as projeções para o PIB em 2018 para acima de 3%. Meirelles foi perguntado sobre o reajuste dos funcionários públicos. Ele afirmou que os salários da categoria são reajustados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que teve uma variação baixa. No acumulado dos últimos 12 meses a inflação por este indicador subiu 1,8%. “A queda do INPC é boa e traz ganhos para todo mundo”, comentou. O ministro destacou que a economia saiu de sua maior recessão e que só em 2018 serão gerados 2,5 milhões de empregos por todo o Brasil. Sobre sua eventual candidatura à sucessão de Michel Temer, o ministro da Fazenda disse que só se decidirá por volta de 7 de abril. Voltou a dizer que está focado no momento apenas em dar continuidade ao seu trabalho de fazer a economia manter a retomada do crescimento. Afirmou também que o que está faltando para se decidir é uma frente política com governadores e prefeitos que venham a apoiá-lo. “Não se faz uma candidatura individual”, disse.

Renda familiar per capita no Brasil em 2017 foi de R$ 1.268, segundo IBGE

da Agência Brasil
Consumidores fazem compras em supermercado
A maior renda foi observada no Distrito FederalAgência Brasil/Arquivo

A renda familiar média per capita (por membro da família) no país era de R$ 1.268 em 2017, segundo dados divulgados hoje (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A maior renda foi observada no Distrito Federal: R$ 2.548, o dobro da média nacional.

Já a menor renda foi registrada no Maranhão: R$ 597, menos da metade da média nacional e um quarto da média do Distrito Federal.

Os valores são calculados com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) e enviados ao Tribunal de Contas da União (TCU). A renda familiar per capita é usada para se estabelecer os critérios de rateio do Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal (FPE).

Confira a lista com a média dos valores por estado no site do IBGE.

Maior arrecadação leva Governo Central a superávit primário recorde em janeiro

da Agência Brasil

A melhoria na arrecadação federal proporcionada pela recuperação da economia e pela renegociação de dívidas com a União fez o Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) iniciar o ano com superávit primário recorde. Segundo números divulgados hoje (27) pelo Tesouro, a economia de recursos chegou a R$ 31,069 bilhões em janeiro, o melhor resultado da história para o mês.

O superávit primário é a economia de recursos para pagar os juros da dívida pública. Tradicionalmente, o mês de janeiro registra superávit por causa do pagamento de Imposto de Renda e de Contribuição Social sobre o Lucro Líquido das empresas. No entanto, o resultado positivo foi 67,8% superior ao do mesmo mês ano passado, quando o superávit tinha atingido R$ 18,005 bilhões.

O superávit foi possível porque as receitas cresceram em ritmo maior que as despesas. Em janeiro, as receitas cresceram 10,4% acima da inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), contra aumento de 1,6% acima da inflação das despesas. Além da recuperação econômica, que impulsionou a arrecadação no mês passado, o Programa Especial de Renegociação Tributária, apelidado de Novo Refis, e o crescimento dos royalties do petróleo por causa da melhoria da cotação do produto contribuíram para a alta das receitas.

Apesar da melhoria do desempenho das contas públicas, a Previdência Social registrou déficit de R$ 14,5 bilhões em janeiro, valor recorde para o mês. O rombo foi compensado pelo superávit recorde de R$ 45,5 bilhões do Tesouro Nacional e do Banco Central.

Em relação às despesas, os gastos de custeio (manutenção da máquina pública) aumentaram 13,1% acima da inflação. As despesas com a Previdência Social subiram 4,7%, e os gastos com o funcionalismo federal aumentaram 2,8% ao descontar o IPCA.

Os investimentos federais (obras públicas e compra de equipamentos) somaram R$ 1,489 bilhão em janeiro, com alta de 20,8% em relação ao mesmo mês do ano passado. O principal programa federal de investimentos, no entanto, registrou queda na execução. O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) executou R$ 688 milhões no primeiro mês de 2018, queda de 14,7% em relação ao ano passado descontado o IPCA.

Operação Cartão Vermelho dificulta ‘plano B’ do PT ao Planalto

Foto: Edilson Rodrigues / Agência Senado

Ex-governador da Bahia Jaques Wagner

A operação da Polícia Federal que atingiu nesta segunda-feira o ex-governador da Bahia Jaques Wagner impôs mais dificuldades para o PT ter candidato próprio ao Palácio do Planalto. Cotado como possível opção petista na eleição presidencial caso Luiz Inácio Lula da Silva seja mesmo enquadrado na Lei da Ficha Limpa e fique impedido de disputar, Wagner foi indiciado. Ele é apontado em inquérito como destinatário de R$ 82 milhões, em propinas e caixa 2, desviados da obra de reconstrução do estádio da Fonte Nova, em Salvador. A ação da PF, que chegou a pedir a prisão temporária do ex-governador – não acolhida pela Justiça – e fez busca e apreensão no apartamento dele, deu fôlego novo para o discurso de vitimização do PT. A cúpula petista classificou a Operação Cartão Vermelho como mais um episódio de “perseguição política” ao partido. Nome de maior destaque da legenda no Nordeste – principal reduto eleitoral do partido – Wagner, para alguns petistas, passou a ser considerado carta fora do baralho na disputa pela Presidência. Diante de um revés atrás do outro, a cúpula do PT ainda não sabe o caminho a seguir. Com o aval de Lula, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad iniciou um movimento para construir a unidade da centro-esquerda na eleição. Coordenador do programa de governo do petista, Haddad jantou recentemente com o pré-candidato do PDT, Ciro Gomes. O discurso oficial é de que a aliança teria apenas o objetivo de montar projetos de desenvolvimento para o País, mas, na prática, o que uma ala do PT começa a discutir é a viabilidade de uma frente de centro-esquerda sem candidato próprio do partido. Essa ideia, porém, nem de longe conta com a maioria do PT. Haddad foi criticado por se reunir com Ciro, na casa do ex-deputado Gabriel Chalita (PDT). Em conversas reservadas, dirigentes do PT dizem que o ex-prefeito age para ser vice do pedetista. As articulações do ex-prefeito, no entanto, têm sido chanceladas pelo próprio Lula. Em conversas reservadas, amigos do ex-presidente já avaliam que ele corre grande risco de ser preso. Não querem, no entanto, que o candidato seja de outro partido. Muito menos que seja Ciro, considerado um “falastrão”. Fonte: Estadão

Temer assina MP que cria Ministério Extraordinário da Segurança Pública

da Agência Brasil
Brasília - O presidente Michel Temer participa de sessão solene de posse do presidente do Superior Tribunal do Trabalho, ministro João Batista Brito Pereira (Beto Barata/PR)
O presidente Michel Temer assinouMP que cria Ministério Extraordinário da Segurança PúblicaBeto Barata/PR

O presidente Michel Temer assinou hoje (26) a Medida Provisória (MP) que cria o Ministério Extraordinário da Segurança Pública. Mais cedo, a Presidência da República já havia anunciado que o chefe da pasta será o atual ministro da Defesa, Raul Jungmann. A posse de Jungmann será amanhã (27), às 11h, no Palácio do Planalto.

A MP que cria a pasta será publicada no Diário Oficial desta terça-feira. Com a pasta da segurança pública, o governo passa a ter 29 ministérios. A criação do ministério foi antecipada pelo próprio presidente, na última sexta-feira (23). Na ocasião, ele explicou que o ministério vai coordenar as ações de segurança pública em todo o país.

“Esse ministério vai fazer reuniões permanentes com governadores e secretários de segurança […] Esse ministério vai coordenar a área de inteligência, porque também não basta colocar policial na rua com fuzil, precisa desbaratar o crime organizado”.

Farão parte da estrutura do ministério o Departamento de Polícia Federal, o Departamento de Polícia Rodoviária Federal, o Departamento Penitenciário Nacional, o Conselho Nacional de Segurança Pública, o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, e a Secretaria Nacional de Segurança Pública. Os orçamentos destinados a esses setores atualmente no Ministério da Justiça migrarão com eles para a nova pasta. Da mesma forma, serão absolvidos pelo ministério da Segurança Pública os servidores efetivos dessas áreas.

Dentre as competências do novo ministério estão o patrulhamento ostensivo das rodovias federais e a política de organização e manutenção da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal.

Operação Cartão Vermelho: PF cumpre mandado na casa de Jaques Wagner

Operação Cartão Vermelho: PF cumpre mandado na casa de Jaques Wagner

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

A Operação Cartão Vermelho, deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta sexta-feira (26), cumpre mandado na casa do ex-governador Jaques Wagner, gestor na época da demolição da antiga Fonte Nova, alvo da ação. 

Segundo informações da Polícia Federal, os mandados foram expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região e estão sendo cumpridos em órgãos públicos, empresas e endereços residenciais dos envolvidos em um esquema que envolve os crimes de fraude a licitação, superfaturamento, desvio de verbas públicas, corrupção e lavagem de dinheiro. De acordo com a apuração da operação, batizada de Cartão Vermelho, a licitação que culminou com a Parceria Público Privada nº 02/2010 foi direcionada para beneficiar o consórcio Fonte Nova Participações (FNP), composto pelas empresas Odebrecht e OAS. De acordo com laudo pericial, a obra foi superfaturada em valores que podem chegar a mais R$ 450 milhões de reais após correção, sendo grande parte desviado para o pagamento de propina e o financiamento de campanhas eleitorais. Fonte: Bahia Notícias

“Em 10 anos Brasil será de maioria evangélica”, calcula IBGE

Segundo os dados do último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – de 2010 – a cada ano os católicos vinham perdendo 1% dos fiéis e os evangélicos ganhando 0,7%. O Instituto calcula que essa perda dos católicos se acelerou, enquanto ao mesmo tempo crescem os índices de evangélicos e grupos “sem religião”.

O próximo Censo oficial ocorrerá apena em 2020, mas são feitas amostragens de tempos em tempos para estabelecer tendências. “Possivelmente em cerca de 10 e 15 anos o Brasil não terá mais maioria católica”, avalia o demógrafo José Eustáquio Diniz Alves, da Escola Nacional de Ciências Estatísticas do IBGE.

Uma pesquisa do Instituto Pew, sediado nos EUA, em 2015, analisou a situação religiosa na América Latina. Feita por amostragem, abordou 18 países. Ficou evidenciado que um em cada cinco brasileiros é ex-católico. O estudo concluiu também que a busca por uma “maior conexão com Deus” foi o motivo apontada por 81% dos entrevistados para a mudança religiosa. Já 69% disseram que preferiam o estilo da nova igreja enquanto  60% asseguram que a escolha era devida a “maior ênfase” em questões morais. :: LEIA MAIS »

Ligações de fixo para móvel ficam mais baratas a partir de hoje

da Agência Brasil*
Telefone fixo
O preço médio das ligações locais de telefone fixo para móvel vai passar de R$ 0,18 para R$ 0,12, sem impostoMarcello Casal Jr./Agência Brasil

A partir de hoje (25), as ligações locais e interurbanas de telefones fixos para móveis ficarão mais baratas. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a redução das chamadas locais vai variar entre 10,58% e 12,75% e a das tarifas interurbanas, entre 3,98% e 7,41%.

A queda vai ocorrer devido à redução das tarifas de interconexão, que é o valor cobrado de uma empresa pelo uso da rede de outra operadora para a realização de serviços. O cálculo das tarifas é feito pela Anatel. De acordo com a agência, as tarifas de inteconexão foram usadas inicialmente para subsidiar a instalação de redes das operadoras móveis.

A redução das tarifas vale para as ligações originadas nas redes das concessionárias de telefonia fixa – Oi, Telefônica, CTBC, Embratel e Sercomtel – destinadas às operadoras móveis. O preço médio das ligações locais de telefone fixo para móvel vai passar de R$ 0,18 para R$ 0,12, sem imposto.

Para as ligações interurbanas feitas de fixo para móvel com DDD iniciando com o mesmo dígito, por exemplo, DDDs 61 (Brasília) para 62 (Goiânia), o preço médio cairá de R$ 0,55 para R$ 0,39. Enquanto o preço médio das demais ligações interurbanas de fixo para celular, vai ser reduzido de R$ 0,62 para R$ 0,45.

Desde 2014, a tarifa de interconexão vem caindo e novas reduções devem acontecer até 2019. A lista com a redução de cada concessionária está disponível no site da Anatel.

*Com informações da Anatel

Conquista: Mais de 6 mil pessoas são beneficiadas pela Prefeitura Móvel em Bate Pé

Edição do Prefeitura Móvel movimentou o distrito de Bate-Pé

Foram realizados 3306 atendimentos no dia do evento, e na semana que antecedeu a Prefeitura Móvel o governo municipal realizou diversas intervenções na macro região, beneficiando mais de 6 mil moradores

Este sábado (24) foi de grande movimentação em Bate-Pé, a 33 km do perímetro urbano de Vitória da Conquista. O distrito foi a segunda localidade rural a receber o projeto Prefeitura Móvel, uma das ações mais exitosas da atual gestão municipal.

IMG-20180224-WA0076

Ao reunir os serviços oferecidos pelas diversas secretarias municipais, a iniciativa facilita a vida do cidadão que encontra, perto de casa, o atendimento que mais precisa. “Esta iniciativa é necessária e traz a Administração Municipal para perto dos distritos”, salientou o prefeito Herzem Gusmão.

IMG-20180224-WA0055

Na Escola Municipal Eurípedes Peri Rosa, foram oferecidos à comunidade local diversos serviços, como o Bolsa Família Móvel, a atualização do Cartão SUS, palestras, oficinas ministradas pela coordenação de políticas para as mulheres, atendimentos pelo CRAS e CREAS Rural, Ouvidoria Municipal, Feira de Saúde, Orientações técnicas da Defesa Civil e Simtrans, elaboração de currículos pela coordenação de Recursos Humanos da Semad, atendimento odontológico, feira de artesanato, Projeto Hortas nas Escolas e atividades recreativas com projeto Educarte. Agricultores receberam orientações técnicas sobre o Garantia Safra, a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Foram realizados 3306 atendimentos.

Ao lado da vice-prefeita, Irma Lemos e da vereadora Lúcia Rocha, prefeito entregou Cadastros de Imóveis Rurais

Além disso, foram entregues aos trabalhadores rurais mais de 460 títulos do Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (Cefir). Com esta certificação, fornecida pelo Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), o agricultor pode ser beneficiado com os vários programas voltados à agricultura familiar.

Outro ponto alto do evento foi a palestra sobre a importância da Palma forrajeira, e o cultivo do umbu gigante, projeto mantido pela Prefeitura na Fazenda Experimental em Pedra Mole. Mudas da planta foram distribuídas entre os participantes.

Para o agricultor e morador da região, Antônio Libarino dos Santos, o projeto só tem a contribuir com a melhoria da vida dos moradores de Bate-Pé. “A Prefeitura está de Parabéns, e a gente trabalhadora de Bate-Pé agradece a esta gestão por esse verdadeiro presente que ela deu para nós”.

IMG-20180224-WA0064
Wal Cordeiro coordenador do comitê gestor da Prefeitura Móvel ministrou palestra sobre economia doméstica para os agricultores


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia