WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘missões’

Missões: Estudantes falam sobre a experiência de sofrer por Cristo

Sete estudantes ficaram gravemente feridos durante invasão a campus da faculdade bíblica em Mumbai

 Estudantes falam sobre a experiência de sofrer por Cristo

Os missionários em treinamento pela Gospel for Asia falaram sobre o privilégio que sentiram ao sofrer por Cristo após serem atacados em sua Faculdade Bíblica em Mumbai, Índia, no início do mês.
Sete estudantes ficaram gravemente feridos quando um grupo invadiu o campus da faculdade durante a noite em Mumbai. Os alunos estavam preparando sua refeição quando os agressores, armados com paus e barras de ferro, entraram no campus e começaram a bater neles. Os cristãos tentaram conversar com seus agressores e perguntar qual era a queixa contra eles, mas não obtiveram resposta. Hemanti Kashyap ficou ferido quando os agressores o atingiram no estômago com uma barra de ferro.
Ele afirma que o incidente deu a oportunidade de colocar em prática todas as lições que ele aprendeu na faculdade. “Através dessa situação, aprendi o que a Bíblia quer dizer quando afirma: ‘Bem-aventurados os que sofrem por Cristo’. Essa oposição foi o teste para que minha fé siga em frente, e para que eu compartilhe o Evangelho. Eles atingiram meu estômago com uma barra de ferro, e me feriram, mas sou grato ao Senhor Jesus, que me guardou, para ser uma testemunha dEle”.
:: LEIA MAIS »

Missões: Funcionários de entidade cristã são sequestrados no Sudão

Samaritans´s Purse pede oração para a libertação

 Funcionários de entidade cristã são sequestrados no Sudão

Dois homens e uma mulher da equipe Samaritans’s Purse, (Bolsa do Samaritano, em uma tradução livre), foram sequestrados por um grupo de homens armados, ontem à noite. O sequestro aconteceu perto de Nyala, a capital do Sul do Estado de Darfur. A entidade está trabalhando com os governos dos Estados Unidos e do Sudão para garantir o retorno seguro de seus trabalhadores.
Para o presidente da Samaritans’s Purse, Franklin Graham, Darfur é um dos lugares mais difíceis do mundo para trabalhar. “Eu estou pedindo as orações de pessoas ao redor do mundo para uma resolução rápida e retorno seguro de nosso pessoal”, disse ele em um comunicado.
Desde 2001, a Bolsa do Samaritano apresentou 83.700 mil dólares em ajuda humanitária a Darfur. Dentre os serviços prestados estão: socorro médico, projetos de água potável, distribuição de alimentos, projetos agrícolas e para a reconstrução de centenas de igrejas destruídas na guerra civil sudanesa.
:: LEIA MAIS »

Missões: Obediência Radical em Fortaleza!

Obediência Radical em Fortaleza!

“Aquele que diz que permanece nele, esse deve também andar assim como ele andou” I Joao 2:6
 
Faltam apenas 65 dias! E você esta preparado?

A Escola Obediência Radical acontece de 16 a 31 de Julho em Fortaleza, CE.  Já temos recebido pedidos de formulários de pessoas de mais de 10 estados do Brasil.  Se você ainda não se inscreveu ou enviou o seu formulário, nós gostaríamos de convidar você a se inscrever logo e enviar o seu formulário até esta próxima sexta-feira, dia 14 de Maio.
 
Já estamos bem perto de preencher todas as vagas e gostaríamos de ver você fazendo parte dessa escola, pois, temos certeza que esse tempo de treinamento será um marco em sua vida. Então, não deixe para a última hora! Envie o seu formulário ainda nessa semana.
 
A Escola Obediência Radical vai preparar e encorajar pessoas em nível de desenvolvimento pessoal, para que venham  entender o que é cultivar um relacionamento ativo com DEUS e viver um estilo de vida de Obediência Radical ao Senhor, para assim, ser instrumento Dele para trazer transformação para essa geração. :: LEIA MAIS »

Missões: Estudantes cristãs são discriminadas e humilhadas por professoras

Paquistão –  Professoras muçulmanas de uma escola de meninas no Paquistão ridicularizaram as alunas por causa de sua fé, as agrediram, as pressionaram a se converter ao islamismo e as forçaram a limpar os banheiros da escola depois do horário letivo.
As professoras da Escola Secundária Pública em Sargodha, província de Punjab, ofenderam tanto as alunas cristãs que duas meninas abandonaram os estudos.
“As estudantes cristãs são provocadas e ridicularizadas pelas professoras muçulmanas desde o primeiro dia de aula”, conta Sana, uma aluna de 16 anos. “Devido ao comportamento preconceituoso da diretora muçulmana e dos funcionários, as alunas cristãs sentem-se rejeitadas, deprimidas e frustradas. Estou muito triste com essa intolerância e discriminação.”
:: LEIA MAIS »

Missões: Meninas cristãs raptadas no Iêmen são resgatadas

Destino dos pais é incerto. Ambos continuam desaparecidos

 Meninas cristãs raptadas no Iêmen são resgatadas

Duas crianças pertencentes a uma família cristã alemã, que foram sequestradas no Iêmen do Norte por rebeldes xiitas, foram libertadas depois de 11 meses desaparecidas. Membros da família disseram à agência alemã de notícias evangélicas que as duas filhas, Lydia, com idades de 6, e Anna, 4, estão livres.
De acordo com o ministro alemão das relações exteriores, Guido Westerwell, “devido à situação, elas estão razoavelmente bem”. Ele disse que as duas crianças tinham sido libertadas pelas forças de segurança da Arábia Saudita, e que ele tinha “grande preocupação” sobre os outros membros da família, que continuam desaparecidos.
O destino dos pais, ambos 38 anos, é incerto. E o filho mais novo do casal, Simon, de 2 anos, acredita-se estar morto. Martin Bishop Schindehütte, chefe de relações exteriores da Igreja Evangélica na Alemanha (EKD), disse em um comunicado que tinha sentimentos de “alegria e esperança, tristeza e dor ao mesmo tempo” sobre o destino da família.
As duas filhas foram libertadas pelas forças especiais militares na região de fronteira com o Iêmen.

Fonte: Christian Telegraph

Missões: Homem é condenado por possuir livros cristãos

Argélia – Um cristão da Argélia foi condenado a dois anos de prisão e multado em 5 mil dinars. Ele foi acusado de proselitismo.
O advogado deste caso tem dez dias para apelar da sentença.
O cristão estava fazendo negócios em alguns mercados, e a polícia estava fazendo a ronda comum. Eles o abordaram, mas ele tinha deixado seus documentos no carro. A polícia acompanhou o cristão até o veículo, mas, juntamente com seus documentos, dentro do porta-luvas, estavam uns 5 ou 6 livros cristãos que ele havia ganhado de presente.
Isso foi o suficiente para que a polícia o acusasse de proselitismo e para que ele fosse condenado. :: LEIA MAIS »

Testemunho do filho de fundador do Hamas: de líder extremista a cristão evangélico

A vida do palestino Mosab Hassan Yousef, de 32 anos, desafia a lógica do conflito árabe-israelense, em que as rivalidades são quase sempre hereditárias. Filho mais velho do xeque palestino Hassan Yousef, um dos sete fundadores do Hamas, grupo terrorista transformado em partido, o jovem foi criado para ser um líder extremista. Contra todas as possibilidades, traiu o pai, colaborou com o inimigo, denunciou os companheiros e converteu-se ao cristianismo. Após dez anos de bons serviços prestados como agente duplo do Shin Bet, o serviço secreto militar de Israel, hoje Mosab Yousef vive na Califórnia, nos Estados Unidos, onde divide o seu tempo entre o surfe e os cultos em uma igreja evangélica de San Diego. Em entrevista concedida a VEJA por telefone, ele definiu o Corão como “um livro doente que deveria ser banido das escolas, das bibliotecas, das mesquitas”. Em sua biografia, Filho do Hamas (Sextante), lançado no Brasil na semana passada, a vocação de Yousef para fazer proselitismo religioso ganha, felizmente, menos espaço do que as histórias de espionagem e traição que envolvem sua trajetória.

:: LEIA MAIS »

Missões: Estudantes feridos falam sobre o privilégio de sofrer por Cristo

Índia – Os missionários em treinamento pela Gospel for Asia falaram sobre o privilégio que sentiram ao sofrer por Cristo após serem atacados em sua faculdade bíblica em Mumbai, Índia, no início do mês.
Sete estudantes ficaram gravemente feridos quando um grupo invadiu o campus da faculdade bíblica na noite de domingo em Mumbai, Índia. Os alunos estavam preparando sua refeição quando os agressores, armados com paus e barras de ferro, entraram no campus e começaram a bater neles. Os cristãos tentaram conversar com seus agressores e perguntar qual era a queixa contra eles, mas não obtiveram resposta (saiba mais).
Hemanti Kashyap ficou ferido quando os agressores o atingiram no estômago com uma barra de ferro. Ele afirma que o incidente deu a oportunidade de colocar em prática todas as lições que ele aprendeu na faculdade.
“Através dessa situação, aprendi o que a Bíblia quer dizer quando afirma: ‘Bem-aventurados os que sofrem por Cristo’. Essa oposição foi o teste para que minha fé siga em frente, e para que eu compartilhe o evangelho. Eles atingiram meu estômago com uma barra de ferro, e me feriram, mas sou grato ao Senhor Jesus, que me guardou, para ser uma testemunha dele.”
:: LEIA MAIS »

Missões : Estudantes ficam feridos em ataque à faculdade bíblica

Sete estudantes ficaram gravemente feridos quando um grupo invadiu o campus da faculdade bíblica na noite de domingo em Mumbai, Índia. Os alunos estavam preparando sua refeição quando os agressores, armados com paus e barras de ferro, entraram no campus e começaram a bater neles.
Os cristãos tentaram conversar com seus agressores e perguntar qual era a queixa contra eles, mas não obtiveram resposta.
Não se sabe o motivo da agressão.
Os sete estudantes estão se recuperando no hospital. Dois deles tiveram ossos quebrados. Um perdeu três dentes, e os outros tiveram vários ferimentos.
O campus também foi danificado. Janelas foram quebradas. Alguns móveis foram e materiais foram destruídos.
Por serem férias de verão, só havia 20 alunos no campus. A polícia está investigando o ataque. A liderança do campus fez os seguintes pedidos de oração:
:: LEIA MAIS »

Missões: Grande parte dos cristãos mantém sua fé em sigilo

Turcomenistão – As primeiras conversões de turcomanos aconteceram na década de 1990, pelo testemunho da Igreja protestante russa e pelo trabalho missionário. No início, os pequenos grupos de crentes foram formados como uma extensão da Igreja russa, mas logo estabeleceram sua própria identidade cultural.
O grau inicial de liberdade no país logo foi reduzido, e o governo começou a pressionar os cristãos. Muitos cristãos russos deixaram o país por causa do agravamento da situação e, assim, a Igreja ortodoxa sofreu perdas significativas.
Grande parte dos cristãos turcomanos mantém sua identidade religiosa em sigilo.
:: LEIA MAIS »

Missões: Pastor fala das necessidades do Haiti

Por Marcia Pinheiro

A parceria entre a Junta de Missões Mundiais e a Associação das Igrejas Batistas Haitianas para a Missão Integral (AEBHMI) já dura um ano. Antes mesmo do terremoto de 12 de janeiro o país já era classificado como o mais miserável das Américas. A tragédia tornou a ação de socorro àquela nação da América Central mais urgente e o Projeto Por Um Novo Haiti tem sido abraçado pelos batistas brasileiros. O Pr. Jonathan Joseph, obreiro da terra da JMM no Haiti, esteve no Brasil recentemente para compartilhar com algumas igrejas a situação dos irmãos em Cristo haitianos e da obra missionária em seu país, após esse terremoto devastador.
“São muitas as nossas necessidades, frente à tragédia que vivemos, especialmente três kits de evangelização em massa para projetar o filme Jesus e outros. Este kit é composto de projetor, amplificadores com cornetas, telão, gerador e uma caminhonete para cada uma das equipes. Depois do terremoto, o povo haitiano está muito aberto a escutar a Palavra de Deus. Sabemos que o Evangelho é gratuito, mas a evangelização custa muito”, diz o pastor, que revelou ainda a intenção de utilizar o esporte como estratégia da evangelização e que, para isso, necessita de uniformes e material esportivo.
:: LEIA MAIS »

Missões: Cristãos evangelizam universitários russos por meio da literatura

Ideia é fomentar a discussão do evangélio e aprimorar o inglês

 Cristãos evangelizam universitários russos por meio da literatura

Cristãos de Tyumen, Rússia, encontraram uma maneira criativa para evangelizar os estudantes do curso de Inglês de uma universidade próxima. Eles criaram uma biblioteca com materiais cristãos em inglês.
Para o representante da Christian Resources International (CRI), John Lowreyn, essa é uma oportunidade de construir um relacionamento com os estudantes. “Eles entram na biblioteca para adquirir materiais que os auxiliem na pronúncia do idioma. Nada melhor do que aproveitar essa oportunidade para falar de Deus através dos CDs, DVDs e livros cristãos”, revela.
A equipe do CRI afirma ser necessário ofertar mais literatura para complementar os recursos limitados de uma biblioteca, para isso, eles vão concluir a configuração da biblioteca, participar dos cultos e envolver os estudantes russos em conversas sobre Deus. “Nós vamos criar grupos para discutir discussão com os alunos que estão lendo os livros cristãos. Eles apresentam as perguntas, e nós entramos com as respostas em Inglês. Assim eles praticam o idioma e a fé”.
:: LEIA MAIS »

Missões: Cristãos expulsos de suas vilas passam fome e estão doentes

Saldo: um morto, dois internados e chefe da aldeia ameaçam os outros moradores

 Cristãos expulsos de suas vilas passam fome e estão doentes

Apesar das garantias de direitos religiosos, cristãos foram expulsos de uma aldeia na província de Saravan e sofrem com falta de alimentação e água potável. A falta de recursos básicos levou a diarreia, desidratação, infecções na pele e nos olhos, desmaios e fraqueza.
Dentre os cristãos expulsos da vila de Katin, uma pessoa morreu e outros dois foram hospitalizados com doenças causadas por suas condições de vida. Foi o que relatou Human Rights Watch para Liberdade Religiosa Lao (HRWLRF).
Expulsos de sua aldeia, por homens armados no início do ano, por não renunciar à sua fé, os 48 cristãos foram obrigados a construir abrigos temporários na orla da selva, seis quilômetros longe da aldeia.
Eles sobrevivem com alimentos encontrados na selva e água a partir de um poço cavado a mão, água que é imprópria para beber ou cozinhar, disseram fontes HRWLRF.
:: LEIA MAIS »

Missões: Para fugir da punição, acusados de matar cristãos se dizem loucos

No Egito, cristãos são mortos brutalmente e assassinos não são punidos

 Para fugir da punição, acusados de matar cristãos se dizem loucos

Uma conhecida jornalista do Oriente Médio, Mary Abdelmassih, relata que no Egito os muçulmanos acusados de matar cristãos estão usando como defesa a “insanidade”.
A jornalista escreveu para o Internacional Assiria News Agency (AINA) que os investigadores islâmicos, juízes e psiquiatras estão dispostos a confirmar o diagnóstico de insanidade. “Com esse pretexto, eles permitirão que seus irmãos muçulmanos fujam da culpa de assassinato, baseados na lei islâmica, que diz: ‘Ajuda teu irmão, se ele for um opressor ou oprimido’”, afirma ela. Ela lembra ainda que um dos exemplos mais recentes utilizando a defesa de insanidade foi o assassinato do diácono cristão George Fathi, que foi morto em Alexandria em 6 de outubro de 2009, deliberadamente e com premeditação, por dois fundamentalistas: Mohamed Abdel-Moneim (21) e seu irmão Ahmed (17).
Mary Abdelmassih disse que George foi encontrado em seu apartamento, estrangulado e eletrocutado. “Seu pai, que estava sentado em um café de frente para o apartamento, viu fumaça saindo e, quando ele abriu a porta, encontrou seu filho morto. Os assassinos abriram um botijão de gás e fizeram uma fogueira para causar uma explosão. Mas, isso foi evitado pelo pai com ajuda dos vizinhos, que testemunharam três homens barbudos entrarem no apartamento anteriormente”.
:: LEIA MAIS »

Missões: “Louve a Deus, eu me sinto melhor agora”

Etiopia – No início de março, Hailu e Fikiru, colaboradores de Portas Abertas Internacional, visitaram pela segunda vez Daniel, um líder cristão da Etiópia. Passaram-se aproximadamente oito meses desde que o braço de Daniel foi quebrado num ataque violento, numa disputa de terra entre a igreja local, Kale Hiwot, e um muçulmano.
“Louve a Deus, eu me sinto muito melhor agora”, disse Daniel, que está passando ainda por sessões de fisioterapia para recuperar a força em sua mão esquerda.
Embora Daniel esteja se recuperando lentamente dos ferimentos que sofreu no ataque em julho de 2009, seu braço esquerdo permanece com ferimento permanente. Os médicos conversaram com Daniel, explicando-lhe que tentaram todas as alternativas possíveis para salvar seu braço. Ambos os ossos de seu antebraço foram fraturados e os médicos se programaram para reparar um dos dois ossos, mas o outro saiu do lugar e foi necessária uma cirurgia e mais 6 meses de tratamento intensivo.
“O ferimento está agora desaparecendo e eu posso movimentar meus dedos, mas não consigo segurar ou carregar qualquer coisa com firmeza. Todavia, sou grato a Deus. Ele não me abandonou. Eu não tenho palavras para agradecer a vocês pelo suporte que vocês têm me oferecido,” disse Daniel.
:: LEIA MAIS »

Missões: Oficiais prendem cristãos em reunião de oração

Eritréia – No dia 9 de maio, oficiais eritreus prenderam onze cristãos, incluindo mulheres e crianças em Asmara, capital da Eritreia.
O pastor Mesfin, o pastor Tekie, Isaac e seus quatro filhos e quatro mulheres foram presos enquanto realizavam uma reunião de oração em uma casa em Maitemenai.
Os cristãos detidos são membros da Igreja Fé Cristã. Ela existe na Eritreia desde 1950, e está entre as igrejas evangélicas que foram banidas pelos oficiais em 2002. A Eritreia só reconhece quatro grupos religiosos: islamismo, a Igreja ortodoxa eritreia, a Igreja católica romana e Igreja evangélica luterana. Todos os outros grupos são considerados ilegais e não podem realizar cultos nem mesmo em casas.
Os oficiais eritreus prenderam mais de 3 mil cristãos por praticarem sua liberdade religiosa. Os cristãos presos são mantidos em condições desumanas em calabouços, contêineres e acampamentos militares. Muitos cristãos ficaram paralisados, cegos e morreram nas prisões. Muitos nunca foram acusados formalmente perante um tribunal.
:: LEIA MAIS »

Missões:Empregador manda prender ilegalmente funcionários cristãos

 Paquistão – A polícia prendeu ilegalmente três cristãos sob acusações falsas de posse de bebida alcoólica em Sialkost na semana passada, a pedido do empregador muçulmano.
Os homens – trabalhadores da fábrica de roupas – , Atif Masih, Kamran Masih e Naveed Gill, disseram que eles discordaram de seu chefe, que pediu para que eles trabalhassem aos domingos. Então, o dono da fábrica, Rana Ejaz, os acusou de vender bebida alcoólica, o que é proibido para muçulmanos no Paquistão, e de venda ilegal se não tiver a permissão.
No dia 4 de maio, o delegado de Paka Garah, em Sialkot, prendeu os três cristãos apesar de Ejaz não ter prestado queixa por escrito ou registrado um boletim de ocorrência.
:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia