WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

ebook gestao financeira


setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  


:: 1/set/2020 . 9:57

Após 20 anos, perseguidor ouve sobre Jesus no Uzbequistão

Após perseguir o irmão por 20 anos, muçulmano fica doente e abre o coração para ouvir sobre o evangelho (foto representativa)

Após perseguir o irmão por 20 anos, muçulmano fica doente e abre o coração para ouvir sobre o evangelho (foto representativa)

Desde 1991, na data de hoje é comemorado o Dia da Independência do Uzbequistão. O país é o 18º na Lista Mundial da Perseguição 2020, um dos mais perigosos da Ásia Central para os cristãos, que são vistos como ameaças pelo governo e pela família e comunidades islâmicas. Para o povo uzbeque, a identidade nacional está completamente ligada à religião muçulmana. Por isso, quando uma pessoa decide seguir a Cristo, ela é considerada uma traidora, enfrentando rejeição e ataques. Aziz* experimentou a oposição de familiares desde que encontrou Jesus, principalmente do irmão mais velho.

Quando visitava os pais e outros familiares, o cristão ex-muçulmano tentava encontrar o irmão mais velho, que morava na mesma vila. Mas o desejo  era impossível de realizar, já que o irmão ficava constantemente zangado com Aziz e sempre dizia: “Vá embora, o que você está fazendo aqui? Não quero ter nada a ver com você!”. O distanciamento entre eles durou 20 anos.

Mas, há quatro anos, o sobrinho de Aziz (filho do irmão mais velho) passou a seguir a Jesus também e por ter medo da reação do pai, procurou o tio, juntamente com esposa e filhos. Quando o irmão mais velho soube do acontecido, ligou ameaçando os seguidores de Cristo: “Se meu filho estiver em sua casa, vou colocar fogo aí, com tudo e todos dentro dela!”.

O sobrinho de Aziz e a família dele fugiram, mas o pai dele um dia o pegou e o agrediu gravemente. “Ele foi levado para o hospital. Teve que ser operado no rosto e o nariz foi quebrado”, explica o cristão. Apesar da oposição do irmão dele, Aziz incentivava o sobrinho a procurar o pai e se reconciliar com ele. Então, há um ano as coisas começaram a mudar. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia