DIA 19

12 DE MAIO

 

Mahnaz toca nervosamente a campainha do apartamento. Quando seus anfitriões pedem que ela entre rapidamente, ela vê algumas Bíblias bem usadas e sorri para seis rostos familiares: ela está no lugar certo. Essa pequena comunhão cristã de novos crentes se reúne em um lar diferente a cada semana, como parte de seus esforços para evitar a detecção.

Eles começam a reunião cantando canções de adoração, mas silenciosamente, para não alertar os vizinhos. Após o louvor, eles compartilham testemunhos e depois ouvem um sermão online. O ensino, baseado em Mateus 10, é difícil de ouvir: Jesus disse a seus seguidores que deviam esperar sofrer por Seu nome. De fato, o próprio pregador foi forçado ao exílio por causa da perseguição. Mahnaz ouve com atenção, ela já conhece os riscos e decidiu que Jesus vale a pena.

Mahnaz faz parte do movimento de igrejas domésticas no Irã que tem crescido rapidamente.

As primeiras igrejas domésticas do Irã surgiram ao final dos anos 90. Após décadas de restrições a reuniões de igreja após a Revolução Islâmica de 1979, os líderes perceberam que a única maneira de continuar compartilhando o Evangelho com os iranianos de origem muçulmana era operar em segredo.

O que começou como uma gota se tornou uma inundação. Agora, grupos de comunhão secretos têm se formado semanalmente, à medida que o evangelho se espalha. Não é incomum ouvir histórias de famílias inteiras se convertendo ao mesmo tempo.

O governo do Irã responde duramente quando uma igreja doméstica é descoberta. No entanto, há muitos como Mahnaz que estão famintos por se reunir com outros crentes para aprender mais sobre seu precioso Salvador. À medida que os não-cristãos vêem os crentes dispostos a sofrer por sua fé, a curiosidade sobre Jesus se espalha ainda mais.

Como podemos orar?

  1. Ore para que Deus abençoe os novos crentes como Mahnaz à medida em que crescem em sua fé e por proteção às suas igrejas.
  2. Ore por paz, prosperidade e estabilidade no Irã e por liberdade para que todos os iranianos possam cultuar como quiserem.
  3. Ore para que as autoridades do Irã sejam justas em relação aos cristãos e para que os cristãos sejam sal e luz. (Mateus 5:13-16).