Cristãos de Qamishli oram pela paz na Síria

Cristãos de Qamishli oram pela paz na Síria

Os cristãos do norte da Síria respiram mais aliviados desde que a criação da zona de segurança entre a fronteira da Turquia foi estabelecida. Além disso, o acordo que o exército turco fez de cessar fogo para que as tropas curdas se retirassem da área também trouxe uma calma à população.

De acordo com o pastor George, da Aliance Church em Qamishli, as notícias alegraram a todos que participaram da reunião de oração que fizeram no dia final do “cessar-fogo”. Com confiança, eles pediram a Deus para protegê-los e não permitir que nada ruim acontecesse. “Não podemos dizer que estamos em completa paz. As pessoas deslocadas não retornaram para as casas, mas o acordo deu esperança de que um dia poderão retornar. Nós estamos ansiosos para ver o que irá acontecer”, explicou o líder cristão.

Como um passo de fé, a igreja do pastor George, que tinha interrompido a construção desde 2013, voltou a ser edificada mesmo em tempos de incertezas. “Nós recomeçamos a reforma, apesar das circunstâncias. Eu coloquei o primeiro bloco para construção. Nós confiamos que Deus irá continuar o trabalho e que, apesar de tudo, ele nos ajudará e protegerá”, testemunha.

Para o pastor Naeem Yousef, da Alliance Church em Malikiyah, o acordo entre Rússia e Turquia, e os deslocamentos de pessoas podem ser usados para compartilhar o amor do Senhor: “Nós oramos para que Deus nos ajude a investir nestes tempos de dificuldades para refletir a beleza e a graça dele”. O líder conta que os deslocados dos municípios de Ras al Ain e de Afrin estão recebendo ajuda médica enviada pela igreja na cidade-abrigo de Al Maabadah.

As pessoas deslocadas também estão encontrando suporte na cidade de Al Hakasakah. A coordenadora do trabalho, Nazira, explica que os sírios têm necessitado mais do que suprimento com comida e abrigo. “Eles precisam de oração para se sentirem em segurança, estão com medo porque o futuro não está claro. E eu preciso de força, porque ter contato com eles é difícil. Tenho falado sobre Deus, isso tem dado boas experiências”.

Continue a orar e contribuir com irmãos na Síria

A Portas Abertas já atua na Síria em projetos de reconstrução de casas, igrejas e escolas, para que os cristãos deslocados possam voltar para as cidades de origem. Com os conflitos entre Turquia e Forças Armadas curdas no norte do país, a necessidade atual é de distribuição de alimentos. Faça uma doação e abençoe três famílias cristãs com cestas básicas.

Fonte: Portas Abertas