O casal de missionários Benjamin e Sarah Vilela conta as bênçãos vividas no mês de junho.

Tivemos a oportunidade de participar de um treinamento cujo o tema era “Criando ciclos seguros”, com foco em crianças com traumas emocionais. Foi abordado sintomas psicológicos do trauma e como ajudar a essas crianças. Estamos trabalhando diretamente com meninos e meninas que infelizmente passaram por situações de abuso. Algumas por parte da própria família e outras que foram resgatadas do tráfico humano. Foram vendidas, muitas vezes pela própria família, para bordéis. Louve a Deus conosco pois temos visto mudança na vida de algumas jovens, com resgate da autoestima e dos sonhos.

Outro motivo para louvarmos a Deus é que há um tempo, uma professora da escola veio se consultar conosco dizendo que estava tentando engravidar e não conseguia. Após fazer algumas perguntas e checar alguns exames, compartilhei da minha fé com ela e perguntei se poderia orar. Ela aceitou. Este mês, recebemos a notícia que ela engravidou.

Não posso me esquecer também de Bigruhit, um refugiado de Guerra. Ele nasceu no Burundi e foi para Moçambique ainda criança. Bigruhit conheceu a Cristo na Faculdade de Medicina, na cidade da Beira, onde eu lecionava. Tivemos o privilégio de discipular esse rapaz, que em junho se graduou e nos escreveu agradecendo pelos conselhos e por ajuda-lo na forma de estudar.

Fez-se além de um médico, alguém com grande potencial de influenciar a sua sociedade e acima de tudo um discípulo do Mestre.

Agradeço a Deus e a você por mais estas grandes vitórias. Você faz parte destas histórias. Ore por nossas vidas, pelos alunos graduados em teologia onde Benjamin leciona e pelo ministério que irão exercer.

Sarah Vilela
missionária no Sul da Ásia

Fonte: JMM