Encontro internacional trata sobre liberdade religiosa
 Um dos depoimentos no evento foi da esposa de pastor preso que atuava em Mianmar (Foto representativa)

Na semana passada, ocorreu na capital dos Estados Unidos a abertura do primeiro Ministerial para Avanços na Liberdade Religiosa. O encontro, que durou três dias, reuniu 350 delegados de 80 países, além de representantes de diversas fés, líderes governamentais, políticos e sociedade civil. De acordo com Sam Brownback, embaixador americano para Liberdade Religiosa Internacional, o objetivo era trabalhar juntos para melhorar a questão ao redor do mundo.

Em seu discurso, Brownback falou que a liberdade religiosa está sob ataque e sua falta “em qualquer lugar é uma ameaça à paz, prosperidade e estabilidade”. Os participantes puderam ouvir algumas vítimas da perseguição. Uma delas foi Jamie Powell, esposa de um pastor chinês sentenciado a sete anos de prisão. Ele estava envolvido com trabalho humanitário em Mianmar. Segundo ela, o marido já perdeu quase 23kg e não é capaz de falar com a família. “Meu filho e eu viajamos até lá, cerca de 16.000 km, e não tivemos permissão de vê-lo”.

Também foi abordada a situação dos uigures e cazaques na província de Xinjiang, no nordeste da China. A informação é que centenas de milhares – podendo chegar a mais de um milhão – de homens têm sido detidos e levados para “campos de reeducação”, onde ficam presos por semanas ou meses. Famílias e comunidades têm sido separadas e muitas crianças acabam em orfanatos.

O Secretário de Estado americano, Mike Pompeo, foi quem anunciou a iniciativa em maio e disse desejar que o encontro seja mais que “apenas conversa”. “Nós acreditamos que apenas colocando pessoas de todo mundo em uma sala e falando sobre esse tópico as capacitaremos a voltar para seu país de origem e defender a liberdade religiosa também”, concluiu.

Pedidos de oração

  • Ore por cada um dos participantes desse encontro. Que eles possam ser usados por Deus para trabalhar por mais liberdade religiosa em seus países.
  • Apresente a Igreja Perseguida, que eles possam estar firmados em Cristo para enfrentar a perseguição.
  • Interceda pelo marido de Jamie, que o Senhor possa ajudá-lo no período em que estiver na prisão e que ele possa ser liberto.
  • Fonte: Portas Abertas