G1

A 15ª vítima da chuva em Minas Gerais morreu em Belo Horizonte na tarde desta segunda-feira (23). Um homem que estava se afogando dentro do carro após uma enxurrada chegou a ser resgatado, mas não resistiu. Essa foi a primeira morte por causa de chuva confirmada na capital mineira pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec).

O homem de 56 anos tentou passar de carro por uma área alagada e o veículo, praticamente encoberto, sofreu uma pane. O motorista teve uma parada cardíaca dentro do carro, e estava internado no Hospital Risoleta Tolentino Neves, na Região de Venda Nova, na capital.

O balanço divulgado pela Defesa Civil nesta segunda-feira (23) mostra que 23 cidades decretaram situação de emergência em decorrência da chuva e uma pessoa está desaparecida. O período chuvoso deixou 563 desalojados e 139 desabrigados. Além disso,  222 casas foram danificadas e 15 destruídas.

Outras mortes
Na madrugada desta segunda-feira (23), em Itanhomi, no Leste do estado, uma casa desabou e matou uma mulher. A idade não foi confirmada, mas o órgão adiantou que ela tem aproximadamente 60 anos.

Em Governador Valadares, duas crianças morreram na noite deste domingo (22), após um deslizamento, no Bairro Vera Cruz. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a terra deslizou em cima do muro da casa em que elas estavam, arrastando o imóvel. As crianças de três e 11 anos, chegaram a ser resgatadas com vida, mas não resistiram.

Em Ipatinga, um homem de 33 anos morreu soterrado ao tentar salvar o cão de estimação, neste domingo (22). Na sexta-feira (20), em Timóteo, um idoso também foi vítima de soterramento, após deslizamento de terra em um lote.

Na quinta-feira (19), um homem de 30 anos morreu ao tentar atravessar o Córrego Bebedouro, em Francisco Sá. Já na quarta-feira (18), uma mulher de 61 anos morreu após o deslizamento de uma encosta sobre a rodovia MG-474, em Aimorés.

Outras cinco mortes foram contabilizadas em Sardoá, também no Leste de Minas. Os corpos de três crianças e dois adultos foram encontrados soterrados na terça-feira (17). Uma sexta pessoa também teria sido atingida pelo deslizamento, mas não foi localizada.

Os dois primeiros óbitos deste período chuvoso foram registrados em Caratinga, também no Leste de Minas, em Astolfo Dutra, na Zona da Mata. No último dia 6, uma adolescente, de 12 anos, morreu depois de um desmoronamento de uma casa, no município da Zona da Mata. Já no dia 4 de outubro, um homem, de 22, foi atingindo por um raio enquanto trabalhava em uma área rural de Astolfo Dutra.

Veja as cidades que decretaram situação de emergência
Ataléia
Bonfinópolis
Capelinha
Comercinho
Frei Inocêncio
Galiléia
Itambacuri
Jampruca
Mantena
Mathias Lobato
Padre Paraíso
Ponto Chique
Rio Pardo de Minas
Santo Anônio do Itambé
Santos Dumont
São Geraldo da Piedade
São Geraldo do Baixio
São João da Manteninha
Sardoá
Timóteo
Tumiritinga
Ubá
Vargem Alegre