Segue preso na cadeia pública de Itapetinga, no sudoeste do estado, o homem de 26 anos que estrangulou com as próprias mãos a esposa de 16 anos e em seguida ocultou o corpo dela em um açude da Fazenda Pé de Serra, na região de Barro Branco, município de Itapetinga, onde ambos moravam.

A polícia conseguiu chegar até o corpo de Daiane Araújo dos Santos, de 16 anos, depois denúncia de populares informando que havia um cadáver boiando no açude da referida fazenda.

A Polícia Técnica encontrou o corpo da adolescente preso a um caixote de plástico, amarado com um cinto de couro e pedaços de arame farpado.
A Polícia Militar de Itororó agiu rápido e conseguiu prender Leandro de Jesus Souza, de 26 anos, em uma Kombi que faz linha de Itororó para Firmino Alves.

Leandro de Jesus contou em depoimento na delegacia que matou Daiane Araújo durante uma briga entre eles. Também disse que estrangulou a jovem após ela tentar lhe ferir com uma faca. O assassino também confessou que colocou pedras no caixote para o corpo não boiar.
Informações colidas pela a polícia revelam que o criminoso não aceitava o fim do relacionamento. Ele foi preso na manhã desta sexta-feira (30), mesmo dia em que o corpo foi encontrado.
ItapetingaRepórter