Hermínio Oliveira aposta no fortalecimento do PDT em Conquista

As definições por parte dos partidos quanto às políticas de alianças encerram sua primeira fase no próximo dia 7 de outubro, prazo final estabelecido pela Justiça Eleitoral para filiação de eventuais candidatos a cargos eletivos – no caso de 2012, para vereador e prefeito. É também nesse período que prosperam as especulações e informações desencontradas, algumas plantadas com má-fé e que acabam ganhando repercussão na mídia, nem sempre rigorosa na apuração das informações. Em conversa na manhã de hoje com o vereador Hermínio Oliveira, que vem conduzindo, ao lado do ex-reitor Abel Rebouças e presidente do PDT a política de aliança da legenda, o Blog do Fábio Sena apurou que o parlamentar acredita piamente na idéia de fortalecimento do seu partido, que já está finalizando a composição da chapa proporcional, que já conta com 34 nomes “de pessoas com relevantes serviços prestados à comunidade conquistense, o que os credencia a uma candidatura a vereador”.

Segundo Hermínio, o PDT local foi “totalmente reestruturado e vive uma nova fase”, daí porque sua crença de que o partido “vem forte” para a disputa que se avizinha, tendo como nome majoritário para a disputa de prefeito o próprio Abel Rebouças que, até onde se sabe, vem contando inclusive com apoio do diretório estadual que fazer prevalecer a diretriz de lançar candidaturas próprias nas principais cidades baianas – entre as quais se inclui, evidentemente, Vitória da Conquista. “O nosso presidente estadual, Alexandre Brust, esteve em Conquista nos mostrando o crescimento do PDT baiano nas últimas eleições; por este crescimento e para o fortalecimento da nossa legenda estaremos lançando nossa candidatura em Vitória da Conquista”, afirmou Hermínio Oliveira.

Sobre a política de alianças, o vereador deixou claro que o partido adotará uma postura de somente se aliar a partidos que tenham programa semelhante ao do PDT, que valorize especialmente a questão da educação como principal meta. “O PDT é o partido da Educação”. Segundo Hermínio, os debates em torno dessa questão serão feitos com a maior responsabilidade. Blog do Fábio Sena