Do G1 SP

A professora baleada por um aluno de 10 anos dentro da sala de aula de uma escola de São Caetano do Sul, no ABC, nesta quinta-feira (22), teve alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas de São Paulo no início da tarde desta sexta (23). Segundo o HC, Rosileide Queiros de Oliveira, de 38 anos, já está no quarto e seu quadro de saúde é estável. Ela está consciente e conversando. Ainda de acordo com o hospital, Rosileide passou por uma cirurgia da noite desta quinta-feira que durou três horas para a retirada de um projétil na região abdominal.

Nesta quinta, o funcionário público Luiz Eduardo Hayakawa, namorado de Rosileide, a visitou no Hospital das Clínica. Ele disse ao G1 que ela descreveu o autor do disparo como “um aluno exemplar, tranquilo, quieto, que tirava boas notas”.

Na Escola Municipal Alcina Dantas, as aulas continuavam suspensas nesta sexta-feira. A escola amanheceu fechada e não deverá haver atividades ao longo do dia. As aulas só devem retornar na quarta-feira (28). Na sala de aula havia outras 25 crianças do 4º ano do ensino fundamental. O motivo do crime ainda é desconhecido.

Velório
O corpo do estudante David Mota Nogueira começou a ser velado às 23h30 desta quinta-feira no Velório Municipal do Cemitério das Lágrimas, em São Caetano do Sul. O enterro está previsto para as 16h desta sexta-feira.