Polícia Federal (PF) poderá realizar concurso ainda este ano com 1.352 vagas, porém isso depende da autorização do Ministério do Planejamento (MPOG). Serão oportunidades para agente, escrivão, agente administrativo, papiloscopista e delegado. De acordo com a tabela de remuneração dos servidores federais, o salário pode chegar a R$ 13.368,68.

Depois do corte orçamentário de R$ 50 bilhões, os processos seletivos foram minimizados para conter gastos na esfera pública. A ministra do Planejamento Miriam Belchior é quem dá o aval de liberação ou não da seleção pública. Um dos fatores que a ministra deve considerar é o déficit de profissionais.

Hoje há um número insuficiente de profissionais para atuar no Plano Estratégico de Fronteiras. A Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas, em 2016, que serão realizadas no Brasil também são evidências de que é necessário o concurso da PF e aumento do efetivo. A corporação também está sofrendo com as saídas motivadas por um grande número de pedidos de aposentadoria. Foram 750 desde 2008 e são esperadas outras 1,1 mil nos próximos três anos.

Segundo a assessoria de imprensa do órgão, a expectativa é que o concurso ocorra a partir de janeiro de 2012, por isso o edital é esperado ainda neste semestre. Congresso em Foco