do R7

Uma aluna de uma escola particular do Rio de Janeiro foi suspensa por criar uma página no Facebook para trocar informações sobre as aulas.

O grupo na rede social virou febre entre os alunos. A ideia era permitir que os estudantes trocassem experiências sobre as aulas. A direção do colégio entendeu que o grupo foi criado para permitir a cola nas provas.

A estudante, que tem 15 anos, afirma ter sido perseguida, suspensa e ter recebido nota zero em um dos testes.

A diretora não quis gravar entrevista. Em nota, a escola afirma que tomou a decisão para impedir que o material didático fosse divulgado sem autorização da instituição.