Foto: Divulgação

 

Em assembleia realizada no campus Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), em Jequié, na tarde desta terça-feira (7), os professores decidiram pela continuidade do movimento grevista até que o Governo reavalie as suas posições.  Na Assembleia Geral realizada na tarde desta terça-feira (7), ficou definido entendeu que a proposta do governo não contempla o anseio da categoria no que diz respeito à assinatura do termo de compromisso da campanha salarial, na alteração dos efeitos do Decreto 12.583/11 sobre as Universidades, além de não avançar na resolução dos pontos da pauta unificada com os estudantes. No entanto, os professores querem aprofundar a proposta do Termo de Compromisso e por isso novas sugestões serão levadas à reunião com o governo que ocorrerá na próxima sexta-feira (3).