Correio da Bahia

Os novos prefeito e vice de Cordeiros, no sudoeste da Bahia, serão escolhidos em eleições suplementares no próximo domingo (5). No município de Ourolândia, no centro norte, que estava com o pleito agendado para a mesma data, as eleições foram suspensas por decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A Corte entendeu que o pleito não deve ser realizado até que seja julgado o recurso especial interposto pelo vice-prefeito eleito em 2008, José Neitom de Oliveira, afastado do cargo. A decisão chegou oficialmente a sede da Zona Eleitoral por volta das 14h desta terça-feira (1º).

Nas duas cidades, prefeitos e vices eleitos em 2008 tiveram os mandatos cassados em decorrência de condenação por crimes eleitorais.

Cordeiros
Em Cordeiros, integrante da 60ª Zona Eleitoral (Condeúba), cerca de 5.700 eleitores devem comparecer às urnas para escolher o novo chefe do Executivo.

Estão na disputa a coligação “Unidos por Cordeiros (PT/PR)”, que tem o candidato Edvar Ribeiro da Silva (PR), o Vavá, pleiteando o cargo de prefeito, e Delci Alves Luz (PT), o Professor Delci, como vice.  Concorrem com eles os candidatos do PMDB Oldaildo Altino Ribeiro (à prefeito) e Fabiano Gomes de Souza (vice).