Ascom/10ª COORPIN

A Polícia Civil, através da 2ª Delegacia, coordenada pelo delegado Dr. Neuberto Costa, indiciou em inquérito policial o detento JANILSON BARBOSA COSTA, de 32 anos, pela compra dos 04 artefatos explosivos (dinamites), com estopins e detonadores, apreendidos pela polícia militar, na mão de 03 mulheres, sendo uma menor de idade, no Bairro Cidade Modelo, no dia 28.02.2011, nesta cidade, que segundo investigações seriam utilizados para explodir o muro do Presídio Nilton Gonçalves, ocasionando a fuga em massa de presos na referida unidade prisional.

Após ser identificado pela Polícia Civil, como sendo o proprietário dos explosivos, o detento JANILSON foi interrogado na 2ª Delegacia, onde confessou o crime, e disse que os explosivos pertenciam ao infrator e foram adquiridos em Minas Gerais. O detento JANILSON encontra-se preso no Presídio regional desde o dia 07.09.2010, quando foi preso em flagrante pela PRF na BR 116, transportando 06 kg de crack de São Paulo para Rio Grande do Norte, ocasião em que foi indiciado pela polícia civil pelo crime de tráfico de drogas.

Agora o infrator foi indiciado no inquérito policial instaurado para apurar os fatos, pelos crimes de formação de quadrilha, aquisição de explosivos, e corrupção de menores, cuja pena somada pode chegar a mais de 12 anos de reclusão, e teve a prisão preventiva representada pela Polícia Civil, em razão da gravidade dos crimes praticados.