Brumado Notícias

O protesto que foi realizado na manhã dessa quinta-feira (24), serviu para chamar a atenção das autoridades, e da sociedade organizada, devido aos sucessivos atos de violência, que vem acontecendo, em Brumado. Com isso, objetivando melhorias na estrutura da segurança no município, todo o comércio aderiu à causa, fechando as portas, por 30 minutos, em sinal de protesto, a crescente onda de violência.

Este início de ano está sendo o mais violento dos últimos 15 anos, na cidade, o que vem amedrontando a população, acostumada com o título de ‘cidade pacata’, mas que vivencia um período de turbulência, que interrompeu o sossego da comunidade. Nesse momento, espera-se que as autoridades governamentais, e de segurança, olhem com mais atenção, para a reestruturação, não só da polícia, como também, das políticas publicas de ações sociais, como foi falado, pelo presidente do Conselho Municipal de Segurança, Manoel Gonçalves.