Os partidos PTN e PSC, que juntos formam uma bancada de oito partidos, bem que querem participar do governo do Estado, mas até agora não foram convocados pela articulação governista para conversar. As duas legendas estiveram juntas também na coligação do então candidato oposicionista ao Palácio de Ondina, Geddel Vieira Lima (PMDB). Segundo os presidentes dos dois partidos, já houve uma manifestação informal de governistas que sinaliza uma aproximação, embora até o momento não tenham sido convidados para compor a equipe de governo. “O governo tem que se pronunciar”, disse Eliel Santana, que comanda o PSC. “Estamos esperando para conversar”, posicionou-se João Carlos Bacelar, mandatário do PTN e secretário de Educação do Município. Em fase final de montagem de equipe, o governador Jaques Wagner (PT) espera apenas resolver o impasse com o PDT para anunciar toda o seu secretariado. (Rafael Rodrigues) Bahia Noticias