O presidente da Fundação Petrobras de Seguridade Social (Petros), Wagner Pinheiro de Oliveira, será o novo presidente da Empresa de Correios e Telégrafos. Há muito tempo, o controle dos Correios era do PMDB, que comandava o Ministério das Comunicações. Pinheiro de Oliveira preside o fundo de pensão da Petrobras, um dos mais importantes do país, desde 2003. Anteriormente, foi diretor financeiro do Banesprev, fundo de pensão do Banespa. Ele participou da equipe de transição de Lula, em 2002, e é ligado ao petista Ricardo Berzoini, ex-ministro da Previdência. Informações da Folha.