Euzeni Daltro, do A TARDE

Raul Spinassé/ Ag. A TARDE

Jovem de 16 anos e o traficante Lucas Nascimento foram levados à 34ª CP

Jovem de 16 anos e o traficante Lucas Nascimento foram levados à 34ª CP

Um homem morreu durante confronto entre a polícia e supostos traficantes da localidade de Pé Preto, em Portão, na madrugada desta sexta-feira, 31. A operação foi comandada por policiais da 34ª CP (em Portão), com apoio de agentes do Comando de Operações Especiais (COE) e da 27ª CP (em Itinga).

Cristiano Reis, 22, conhecido como Colomy e um dos líderes do tráfico da facção do Pé Preto, foi morto. Ele chegou a ser levado para o Hospital Menandro de Farias, mas não resistiu.

Um traficante identificado apenas como Rosimar, conhecido como Rosito, conseguiu fugir. A mesma sorte não teve Lucas Nascimento Fonseca. Identificado pelo apelido de Coroa, ele foi preso por ser considerado um dos principais distribuidores de drogas da área.

Os policiais apreenderam também um adolescente de 16 anos. O rapaz não chegou a trocar tiros com os policiais, mas estava armado com um revólver calibre 38 e tentou fugir pulando o muro de três casas. Ele é procurado por homicídios, tentativas de homicídios, tráfico de drogas e porte ilegal de armas. Na delegacia, confessou já ter matado duas pessoas e participado do assassinato de outras quatro.

“Entrei para o tráfico aos 13 anos porque Paulo Gil me ameaçou de morte”, disse. Paulo Gil, a quem o menor se referiu, é um dos líderes do tráfico de drogas da localidade de Fonte das Pedras, rival da localidade de Pé Preto.

“Todos eles são muito perigosos, inclusive o adolescente. Essa foi a terceira vez este mês que os agentes da 34ª CP foram recebidos a tiros por eles”, informou a delegada titular Aymara Bandeira.

A segunda vez ocorreu esta semana, quando agentes foram entregar uma intimação na localidade de Pé Preto e foram recebidos a tiros. Na ocasião, os bandidos conseguiram fugir.

Além da arma que estava com o adolescente, a polícia apreendeu mais um revólver calibre 38, 18 pedras de crack, seis cápsulas de cocaína e um brucutu (espécie de capuz preto usado para esconder o rosto).