G1

 O vice-presidente da República, José Alencar, não apresenta mais sangramento no abdome desde esta sexta-feira (24), informou neste sábado o médico Roberto Kalil Filho, um dos responsáveis por seu tratamento.
Internado desde quarta-feira (22) no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, Alencar luta contra as complicações do câncer na região de abdome.
Segundo Kalil Filho, o vice-presidente está consciente, bem-disposto e continua fazendo hemodiálises e transfusões de sangue.
Em boletim médico divulgado no início da tarde deste sábado, o hospital informa que o quadro clínico de Alencar é de melhora, e que o sangramento intestinal cessou há 20 horas.
Alencar ficará internado na UTI e, de acordo com o Kalil Filho, ainda não há como saber se ele poderá estar na posse de Dilma Rousseff.  “O desejo dele é realmente ir à posse. Ele fala a todo minuto isso”, disse. “Se ele estiver estável, vai à posse por algumas horas e volta. Hoje ele não teria essa condição”, afirmou, complementando que o uso de um avião UTI está descartado. O médico voltou a comentar que a hemorragia foi controlada, mas pode voltar.
O filho de José Alencar, Josué Gomes, disse nesta manhã que o vice-presidente passou a noite bem, ao lado da família. Segundo a equipe médica, o vice-presidente conversou com Lula ao telefone às 23h.