CORREIO

Um homem foi encontrado morto dentro de um matagal, na BR 324, em Salvador, por volta das 6h15 deste domingo (5). A vítima teve os pés e as mãos amarrados por cordas e arames, e o corpo apresentava marcas de estrangulamento. Segundo a 13ª Delegacia de Polícia (Cajazeiras), responsável pela investigação do crime, o homem já tinha passagens pela polícia por tráfico de drogas.

O corpo, que estava na entrada do bairro de Águas Claras, já foi periciado por agentes do Departamento de Polícia Técnica (DPT) e será encaminhado ao Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IML).

Seis homicídios
Além deste crime, a Central de Telecomunicações das Polícias Civil e Militar (Centel) registrou outros seis homicídios entre a noite de ontem e a madrugada deste domingo em Salvador. Um adolescente identificado como Élder Xavier dos Santos, de 17 anos, foi morto a tiros às 19h40 de sábado (4), no bairro de Castelo Branco. Ele morreu antes de ser socorrido. A 10ª Delegacia (Pau da Lima) investiga o caso.

Já em Tancredo Neves, Paulo Roberto Teles de Jesus, 29, também foi morto a tiros. Ele foi atingido por volta das 21h10 de sábado (4). O primeiro homicídio deste domingo (5) foi registrado às 05h50 em Vila Canária, onde um homem ainda não identificado foi assassinado por disparos de arma de fogo.

O jovem Luan Andrade Martins, 18, e outro homem não identificado também foram mortos a tiros. Eles foram atingidos na Ribeira e no Alto da Bola, localidade da Federação, respectivamente. E na Baixa de Quintas, Anderson Santos Passos, de 27 anos, morreu por golpes de arma branca.