O secretário estadual de Saúde, Jorge Solla, e o deputado estadual Zé Neto (PT) se reúnem nesta segunda-feira (29) para discutir as 108 demissões no Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, a 109 km de Salvador. O prefeito local, Tarcízio Pimenta (DEM), justificou os desligamentos como forma de cortar gastos do Município para honrar outros compromissos financeiros. O encontro está marcado para as 18h e é aguardada a presença tanto do gestor, que já se colocou disponível para negociar a situação, quanto do titular da Saúde da cidade, Rafael Pinto Cordeiro, e da diretora-geral da unidade, Inalva Sapucaia “Entendo que Feira vem passando por dificuldades financeiras na saúde, mas acredito que é a partir do diálogo que devemos ajudar a prefeitura a ultrapassar as dificuldades. O problema não pode ser resolvido na supressão de serviços essenciais de saúde. Tenho esperança de encontrarmos saída e ampliarmos a proximidade entre estado e município no tocante ao enfrentamento da situação em que passa a rede municipal de saúde”, disse o petista. Bahia Noticias