VEJA.com

A morte do ator foi anunciada por seu sobrinho, Doug Nielsen, através da rádio CJOB de Manitoba, Canadá. Leslie Nielsen faleceu aos 84 anos de idade, na tarde de domingo, dia 28 de novembro, vítima de pneumonia.

Leslie William Nielsen nasceu no dia 11 de fevereiro de 1926, em Regina, Saskatchewan, Canadá, filho de um oficial da Polícia Montada. Aos 17 anos, alistou-se na Força Aérea canadense, mas não chegou a ser enviado ao combate durante a 2ª Guerra Mundial, por ser menor de idade. Depois de trabalhar como disc jockey, Leslie decidiu seguir a carreira do tio, o ator de rádio Jean Hersholt. Assim, matriculou-se na Lorne Greene Academy of Radio Arts, em Toronto. Leslie passou pouco tempo na escola de Greene, ator que ficaria famoso como o patriarca da série “Bonanza”. Tendo ganho uma bolsa de estudos em Nova Iorque, Leslie se mudou para os EUA, onde estudou na Neighborhood Playhouse e no Actor’s Studio.

Atuando em teatro amador, Leslie fez sua estreia na televisão em 1950, em um episódio do teleteatro “Studio One”. Entre as décadas de 1950 e 1990, Leslie teve participações especiais em mais de 1000 episódios de séries, dentre os quais, cerca de 400 foram programas ao vivo.

Entre as séries mais conhecidas, Leslie esteve em “Os Intocáveis”, “Alfred Hitchcock Apresenta”, “Rota 66?, “O Fugitivo”, “Daniel Boone”, “Os Defensores”, “A Caravana/Wagon Train”, “Viagem ao Fundo do Mar”, “Ben Casey”, “Dr. Kildare”, “James West”, “Cidade Nua”, “Bonanza”, “O Rei dos Ladrões”, “Judd”, “O Agente da UNCLE”, “Gunsmoke”, “Big Valley”, “O Homem de Virgínia”, “Os Audaciosos”, “Galeria do Terror”, “O Carro da Morte”, “Centro Médico”, “Mod Squad”, “Mash”, “São Francisco Urgente”, “Havaí 5-0?, “Kojak”, “Kung Fu”, “Columbo”, “Cannon”, “A Família Robinson”, “Vega$”, “O Barco do Amor”, “A Ilha da Fantasia”, “O Teatro de Ray Bradbury”, “Assassinato por Escrito”, “O Homem que Veio do Céu”, “As Supergatas” e “Rumo ao Sul”.

Geralmente interpretando vilões, o ator chegou a estrelar as séries “The New Breed”, produzida entre 1961 e 1962, com uma temporada de 34 episódios. Nela, Leslie interpretou um policial. Ele tentaria novamente com “The Bold Ones: The Protectors”, produzida entre 1969 e 1970, que teve apenas sete episódios, nos quais interpretou um chefe de polícia. Em 1965, interpretou um personagem recorrente na novela noturna “Caldeira do Diabo/Peyton Place”. Em 1970, ele voltaria a interpretar um personagem semiregular na série “Braken’s World”, produção que apresentava o cotidiano de um estúdio.

A carreira de Leslie no cinema não foi tão prolífera quanto na TV. O ator esteve no clássico da ficção científica, “O Planeta Proibido/The Forbidden Planet”, de 1956, e em “O Destino do Poseidon”, de 1972, entre outros. Acreditando que seria lembrado como ‘um rosto conhecido da TV’, Leslie viu sua carreira sofrer uma reviravolta em 1980, quando integrou o elenco do filme “Apertem os Cintos o Piloto Sumiu”.

O sucesso da produção levou os produtores a desenvolverem uma série de TV que seguiria o mesmo tom debochado do filme. Com o título de “Police Squad”, a produção satirizava o gênero policial televisivo das décadas de 1950 a 1970. “Police Squad” estreou em 1982 trazendo Leslie Nielsen interpretando o incompetente detetive da polícia Frank Drebin.

A série teve apenas seis episódios produzidos, mas muitas das situações apresentadas seriam resgatadas para a versão cinematográfica “Corra que a Polícia Vem Aí”, de 1988. Novamente interpretando o detetive Drebin, Leslie conquistou fama mundial, estrelando mais duas sequências.

A partir dessa produção, o ator dramático que adorava ‘pegadinhas’ passaria a ser conhecido como comediante, atuando em outros filmes que seguiram o mesmo tom satírico estabelecido por “Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu”.

Leslie foi casado quatro vezes e teve duas filhas com a segunda esposa, Maura Nielsen Kaplan e Thea Nielsen Disney: Monica Boyer (1950–1956), Alisande Ullman (1958–1973), Brooks Oliver (1981–1983) e Barbaree Earl (2001).

Há 12 dias o ator foi internado em um hospital da Flórida, onde morava, com sintomas de pneumonia. Segundo seu sobrinho, Leslie faleceu enquanto dormia.