Em um único dia foram realizaram 8 cultos com a população carcerária e agentes penitenciários

 Campo missionário na penitenciária de Catanduva

A Penitenciária de Segurança Máxima de Catanduva, PR, para onde foram enviados criminosos de grande periculosidade do Rio de Janeiro, tem sido assistida espiritualmente por obreiros de Missões Nacionais.
Na primeira semana de novembro, voluntários de Curitiba e o pastor Luiz Carlos Magalhães realizaram 8 cultos com a população carcerária e agentes penitenciários em um único dia.
Além de Catanduva, outros presídios do Paraná estão sendo alcançados. A ideia, segundo o pastor, é plantar uma igreja em cada penitenciária.
Fonte: JMN