Na noite desta terça-feira, dia 23/11, o cantor Regis Danese recebeu o 1º Prêmio de Música Digital durante cerimônia realizada no teatro Oi Casagrande, no Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro. O mineiro, que estava concorrendo com o hit “Faz Um Milagre em Mim”, na categoria “Prêmio Por Vendas” (segmento religioso), se mostrou feliz com a premiação e dedicou a conquista ao Senhor Jesus.

“Toda honra e toda glória é para o Senhor Jesus. Através desta música nós rompemos barreiras, paradigmas e preconceitos que anteriormente existiam com a música gospel. Estou muito feliz por isso”, disse Danese ao receber o prêmio.

Patrocinado pela operadora de telefonia Oi com o objetivo de fortalecer o comércio de música digital no Brasil e incentivar os fãs a consumirem legalmente o conteúdo digital de seus artistas, o Prêmio de Música Digital contou com o apoio cultural do Oi Futuro e chancela das entidades do mercado fonográfico, como a ABPD, ABDMI, ABEM e ABER, além das principais plataformas digitais de música brasileira: Oi, TIM, Claro, Vivo, UOL, Baixa Hits, Terra e iMusica.

Participaram do evento grandes nomes da música nacional, como Ivete Sangalo, Milton Nascimento, Martinho da Vila, Carlinhos Brown, Margareth Menezes, Pato Fu, Exaltasamba, entre outros. Via Skype, o cantor Gilberto Gil apresentou ao vivo o sucesso “Pela Internet”.

O Presidente do Conselho Regional de Combate à Pirataria, Rafael Tomaz Favetti, também compareceu ao prêmio e entregou um certificado de reconhecimento ao idealizador do evento, o produtor Marco Mazzola.

A escolha das músicas vencedoras considerou basicamente o sucesso comercial, aferido pelos números de downloads pagos em todas as plataformas, como celular e internet. No caso de “Faz Um Milagre em Mim”, a música rendeu ao intérprete Disco de Ouro (100 mil cópias) em apenas um mês; de Diamante (500 mil cópias) em quatro meses; e quatro estatuetas na 14ª edição do Troféu Talento, maior premiação da música gospel brasileira. Com este álbum, Regis Danese ainda faturou os Discos de Diamante Duplo e Triplo, certificações referentes à vendagem superior a 1 milhão de cópias.

Fonte: O Verbo / Assessoria de Imprensa Line Records