EBand

Apresentador deve começar a pagar empréstimo a partir de 2013.

O empresário Silvio Santos deu todas as 44 empresas, incluindo o SBT, como garantia de empréstimo para conseguir um aporte de recursos feito pelo FGC (Fundo Garantidor de Créditos) de cerca de R$ 2,5 bilhões no banco PanAmericano. A operação, solicitada pelo Banco Central, foi finalizada nesta terça-feira.

O empréstimo foi feito para salvar o PanAmericano após fraude que provocou prejuízo de R$ 2,5 bilhões. Além do SBT, a garantia inclui a empresa de cosméticos Jequiti, a Liderança Capitalização, as lojas do Baú da Felicidade e o próprio banco PanAmericano. O valor total de todas as empresas soma R$ 2,7 bilhões.

O grupo Silvio Santos começará a pagar o empréstimo daqui a três anos, quando se encerra a carência concedida pelo FGC. O valor aportado ao banco será corrigido pelo IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado).