Raíza Tourinho l A TARDE

Para a contratação de estagiários de direito, as defensorias públicas do Estado (DPE) e da União (DPU) abriram, simultaneamente, dois processos seletivos. No total, são oferecidas 80 vagas para os estudantes baianos que queiram atuar nos órgãos, na capital e nos municípios do interior.

Os universitários interessados em estagiar na DPE poderão disputar uma das 40 oportunidades disponíveis para este fim de ano. Destas vagas, 20 são para estágios em Salvador e 20 para o interior do Estado. A jornada é de 20 horas semanais e o estagiário receberá uma bolsa-auxílio de R$ 602, incluindo o valor do auxílio-transporte.

Podem se inscrever neste processo estudantes de direito a partir do 5º semestre. As inscrições serão efetuadas pela internet, preenchendo requerimento no endereço eletrônico (clique aqui para acessar). Após essa etapa, os candidatos deverão enviar o formulário para o e-mail [email protected], até o dia 16 de novembro. A prova será aplicada no dia 12 de dezembro.

A DPU, por sua vez, oferece vagas para cadastro de reserva. A estimativa é que, no mínimo, 40 estudantes sejam convocados em até seis meses após o exame. Segundo a coordenadora de estágio da instituição, a defensora federal Diana Alves Argentino, as convocações “poderão ser realizadas de imediato para suprir as necessidades da defensoria, diante da chegada ao órgão de novos defensores federais”.

Ela informa, ainda, que o estagiário poderá optar pela jornada de 20 ou de 30 horas semanais, sendo que as bolsas oferecidas correspondem a R$ 364 e R$ 520, respectivamente. Além do auxílio financeiro, o estagiário terá direito a outros benefícios, como auxílio-transporte (de R$ 6 por dia), seguro contra acidentes pessoais e recesso remunerado. A duração do estágio é de seis meses a dois anos.

Para participar , os estudantes matriculados nos quatro últimos semestres de direito deverão preencher a ficha de inscrição no site da DPU (clique aqui para acessar) e, depois, enviar o formulário também para o e-mail [email protected] O prazo para isso é 12 de novembro. A previsão é que a prova seja realizada no dia 28.

A aluna Nicole Galvão, estagiária da DPE, conta que a atuação no órgão ajudou-a a colocar a teoria que aprende na faculdade em prática. “Atuando na área, entendemos por que o direito existe”, alegra-se a estudante.