R7

Relatório da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) mostra que novas operadoras via satélite, como as telefônicas Oi e Via Embratel, estão levando a TV paga para os rincões do Brasil.

As regiões Norte e Nordeste são as que apresentam maior crescimento no número de assinantes. Em Roraima, o número de usuários de TV paga dobrou em 2010.

Segundo a Anatel, o Brasil atingiu em setembro a marca de 9.073.817 domicílios com TV por assinatura, quase o dobro de 2006 (4.583.125). Isso quer dizer que 15% dos 60 milhões de residências do país já contam com o serviço.

A maior parte dos assinantes, contudo, se concentra no Sudeste. A região tem 5.966.934 de domicílios com TV paga, ou 66% do total. Essa concentração, no entanto, tende a se reduzir.

Nos nove primeiros meses deste ano, a TV paga cresceu 26,2% no Sudeste. No Norte, o crescimento foi de 62,3%, mas a região tem apenas 311.651 domicílios com TV por assinatura. No Nordeste atingiu 850.727 usuários, uma alta de 43,7% em relação a 2009.

Entre os Estados, Roraima apresentou um crescimento de 109% nos últimos meses, com 14.707 assinantes em setembro. Amapá (103%), Maranhão (78%) e Piauí (69%) completam o ranking dos que mais cresceram.

Operadoras

As operadoras via satélite (tecnologia conhecida como DTH, de direct to home) aumentaram seus assinantes em 42% de janeiro a setembro de 2010 e já representam 43% do mercado, contra 37% no ano passado. A Sky, com pouco mais de 2 mihões de clientes, é a maior operadora de DTH.

A TV paga via cabo, que tinha 58% do mercado em 2009, cresceu 11,4% em 2010, mas perdeu participação de mercado. O serviço detém agora 53%  dos assinantes. O MMDS (microondas) continua perdendo espaço: regrediu 1,4% neste ano.