Numa verdadeira cruzada em apoio à candidata Dilma Rousseff, de quem recebeu o convite para ser um dos coordenadores da campanha em nível nacional, o senador eleito Walter Pinheiro (PT-BA) já percorreu mais de 40 municípios brasileiros neste segundo turno. “Em 2002, percorremos o Brasil combatendo uma corrente de mentiras da campanha adversária, com o mesmo candidato de agora, que dizia que Lula ia fechar igrejas”, disse Pinheiro, que retorna de um ato com lideranças evangélicas em Recife (PE), onde esteve ao lado do deputado federal Bispo Márcio Marinho (PRB) e do senador Magno Malta (PR-ES).

Foram carreatas, caminhadas e reuniões em municípios baianos – como Camaçari, Itabuna, Salvador, Ilhéus, Feira de Santana, Alagoinhas, Guanambi, Brumado, Caetité, Vitória da Conquista, Jequié, Itapetinga, Jacobina, Porto Seguro, Irecê, Teixeira de Freitas, Eunápolis, Cipó, Juazeiro, Barreiras, Senhor do Bonfim, entre outras – e nas cidades de Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Teresina (MG), Belém (PA), Suzano (SP), Brasília (DF), Fortaleza (CE), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), Porto Velho (RO), Cuiabá (MT) e Macapá (AP). Amanhã (30), Pinheiro ainda tem um encontro com líderes religiosos em Goiânia (GO) pela manhã. Da Assessoria do Senador