Vermelho

Reduto da esquerda na Bahia, a cidade de Vitória da Conquista, administrada desde 1997 por prefeituras do PT, foi uma das surpresas eleitorais no primeiro turno. Terceira maior cidade do estado, Conquista rendeu uma votação a José Serra (PSDB) superior à obtida pela candidata petista, Dilma Rousseff (PT): 41,27% para o tucano, e 39,43% para Dilma.

Não por acaso, a maior e mais importante cidade do Sudoeste baiano, distante 512 km de Salvador, foi escolhida por Dilma Rousseff para intensificar a sua agenda de atividades de rua no estado que lhe rendeu mais de 4 milhões de votos, e onde venceu em 415 dos 417 municípios. A presidenciável desembarca em Vitória da Conquista na próxima terça-feira (26/10) para participar de carreata ao lado do governador reeleito, Jaques Wagner (PT), como parte da meta de ultrapassar a margem de 70% de votação na Bahia.

A concentração está marcada para as 18 horas. “A expectativa é grande, a militância está nas ruas e o clima é de virada”, afirma o vereador de Conquista, recém-eleito deputado estadual como o mais bem votado do PCdoB em todo estado, Jean Fabrício. O partido, inclusive, já está promovendo ações de panfletagem, bandeiraços e carros de som com propaganda pró-Dilma em toda cidade, desde o início do segundo turno.