Correio

As madeiras e os carvões apreendidos foram encaminhados aos órgãos ambientais das respectivas localidades.

Durante o final de semana, a Polícia Rodoviária Federal intensificou ações no combate ao crime ambiental e apreendeu nas rodovias federais baianas 41,6 m³ de madeira nativa e 94 m³ de carvão vegetal. Na sexta-feira, em Jequié, os policiais apreenderam, no Km 713,2 da BR 330, dois caminhões carregados de madeira oriundas da mata nativa, totalizando 20m³ sem qualquer documento fiscal ou autorização de órgão ambiental.

No sábado, em Vitória da Conquista, no Km 830 da BR 116, os agentes abordaram o veículo VW/13.130, placa JOI 3936/BA , que transportava 21,6m³ de madeira Eucalipto, sem documento fiscal. Na tarde de domingo, em mais uma fiscalização de combate ao crime ambiental, no Km 594 da BR 101, em Camacan, os policiais apreenderam 94m³ de carvão vegetal nativo, os quais estavam sendo transportados no semi-reboque de placa MQS1206/ES, tracionado pelo veículo Scania/L 111 S, de placa MQV4903/ES.

A carga, que saiu do Estado de Pernambuco e seguia para siderúrgicas no Espírito Santo, era superior aos 80 m³ declarados na nota fiscal e no DOF apresentados, caracterizando desta forma o transporte ilegal de carvão vegetal nativo. Ao todo, duas pessoas foram presas pela prática de crime ambiental. As madeiras e os carvões apreendidos foram encaminhados aos órgãos ambientais das respectivas localidades.